30º Batalhão de Polícia Militar (PMERJ)

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki
30° Batalhão de Polícia Militar
Erro Lua em package.lua na linha 80: module 'Módulo:Wikidata/i18n/Testes' not found.
Brasão
País  Brasil
Estado  Rio de Janeiro
Corporação Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro
Subordinação 7º Comando de Policiamento de Área
Sigla 30° BPM
Criação 2003
Aniversários 23 de setembro
Sede
Sede Teresópolis
Bairro Pimenteiras
Endereço Rua Guandu, nº 680

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

O Trigésimo Batalhão de Polícia Militar (30º BPM) é uma Organização Policial Militar (OPM) da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ). Ele está subordinado ao 7º Comando de Policiamento de Área (7º CPA).


Histórico[editar]

Originalmente, o município de Teresópolis era policiado uma pequena guarnição da Polícia Militar fluminense, que era formado por cerca 20 soldados e cabos a comando de sargentos, constituindo o efetivo de um destacamento.

Com a abertura e inauguração da Rodovia Rio-Teresópolis, em 1959, a população do município teve um grande crescimento e o governo do estado do Rio de Janeiro, juntamente com o comando da PMERJ, atendendo apelos da população local, criou, em 1971, 1ª Companhia Independente de Polícia Militar em Nova Friburgo, que também ficou responsável pelo patrulhamento de Teresópolis, onde ficou sediado o 3º Pelotão daquela CIPM.

Em 1975, com a fusão dos estados do Rio de Janeiro com a Guanabara, foi transformado no 4º Pelotão da 1ª CIPM, que posteriormente, em 1984, se transformaria em 2º Companhia do 11º Batalhão de Polícia Militar.

Em 1987, o governo do estado e o comando da PMERJ criaram, com o Ofício nº 013, da IGPM/3, de 09/02/87, publicado no Boletim da PM nº 32, de 18 de fevereiro daquele ano, em acordo com o art. 7º do R-200, a Oitava Companhia Independente de Polícia Militar (8ª CIPM).

Alguns anos depois, em 1991, foi publicada a Resolução nº 082, da Secretaria de Estado de Polícia Militar, datado de 27 de fevereiro, contendo a renumeração das unidades d PMERJ, com a 8ª CIPM reclassificada para Quarta Companhia Independente de Polícia Militar (4ª CIPM), ato publicado em BOL PM nº 40 daquele mesmo ano.

Anos mais tarde, em 1998, a 4ª CIPM se tornou Núcleo do 30º BPM (Nu/30º BPM), de acordo com o Decreto nº 24989, de 9 de dezembro, ato publicado no Bol PM nº 230, de 11 de dezembro. Finalmente, através da Resolução nº 645 da Secretaria de Estado de Segurança Pública, de 23 de setembro de 2003, o Nu/30º BPM foi elevado à condição de 30º Batalhão de Polícia Militar, de acordo com o disposto no art. 47 do Decreto-Lei nº. 92, de 08 de maio de 1975, conforme Bol PM nº 181, de 29 de setembro de 2003.

Área de Atuação[editar]

O batalhão está sediado no município de Teresópolis (onde está sediada a 1ª Companhia), e é responsável ainda pelo policiamento da municipios fluminenses de São José do Vale do Rio Preto (2ª Cia), Sumidouro (3ª Cia) e Carmo (4ª Cia) com uma população total aproximada de 215.000 pessoas, em uma área aproximada de 1.565,9 KM².


Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

📰 Article(s) of the same category(ies)[editar]

Este artigo "30º Batalhão de Polícia Militar (PMERJ)" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:30º Batalhão de Polícia Militar (PMERJ).