Welcome to EverybodyWiki 😃 ! Nuvola apps kgpg.png Log in or ➕👤 create an account to improve, watchlist or create an article like a 🏭 company page or a 👨👩 bio (yours ?)...

A Ilha das Trevas

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki


A Ilha das Trevas
Autor(es) José Rodrigues dos Santos
Idioma português
País Portugal Portugal
Gênero romance
Editora Temas & Debates
Lançamento 2002
Páginas 228
ISBN 972-759-570-7
Cronologia
A Filha do Capitão

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

A Ilha das Trevas é o primeiro romance de José Rodrigues dos Santos, publicado em 2002 pela editora Temas & Debates e reeditado em 2007 pela Gradiva. O romance retrata o período conturbado que se inicia com a ocupação indonésia da antiga colónia portuguesa de Timor-Leste até à independência daquele território como país.

A vida e a tragédia de uma família timorense servem de ponto de partida para este romance que seria o precursor de grandes êxitos editoriais como A Filha do Capitão, O Codex 632 e A Fórmula de Deus. Paulino da Conceição, um personagem timorense ficcionado, esconde um terrível segredo que necessita de coragem para confessar o que o atormenta, existindo uma única pessoa a quem o deve fazer. Junto com a família, assistiu à saída dos portugueses de Timor-Leste e a todos os acontecimentos que se seguiram, tornando-se um mero peão nas circunstâncias que mediaram a invasão pela Indonésia em 1975 e o referendo que deu a independência ao país em 1999. Trata-se de um romance pungente, onde a ficção é entretecida com a realidade, para expor - num ritmo dramático, poderoso e intenso - a trágica verdade que muitas vezes só as obras literárias de ficção, aliadas à narrativa histórica, podem realmente revelar.

Até ao final de 2008, A Ilha das Trevas já havia alcançado a sua 6ª edição, com uma tiragem total de 40 000 exemplares.

Enredo[editar]

A história tem início numa igreja timorense, onde o personagem principal Paulino da Conceição confessa um pecado mortal que cometeu durante a guerra que abalou Timor-Leste durante um período superior a vinte anos.

O livro começa por narrar os factos que deram origem à guerra entre Timor e a Indonésia e explicar de forma resumida a Operação em que participaram países como a Indonésia, os Estados Unidos da América e a Austrália para pôr termo à ameaça comunista que se afigurava um perigo para estas três nações por diversos motivos.

Após a explicação inicial, o livro narra o trabalho e a vida de repórteres de guerra portugueses da RTP que atuaram em Timor-Leste durante a guerra, chefiados pelo jornalista Adelino Gomes.

Nesta primeira parte da história, podemos entrar na vida de repórteres de guerra que trabalharam durante a guerra de Timor-Leste, não só jornalistas portugueses, mas também jornalistas de outros países que morreram de forma dolorosa pelas mãos dos indonésios que naquele momento inicial queriam esconder a sua identidade e passar uma ideia falsa a Timor-Leste fazendo-se passar pelo principal inimigo político da Fretilin, a UDT.

O livro retrata igualmente a vida dos habitantes de Timor-Leste, as matanças descriminadas dos indonésios, os genocídios que existiram durante a guerra, e a maneira deplorável e fria como tratavam os habitantes, chegando a raptar mulheres de timorenses e violá-las, para depois as matarem.

A parte final do livro retrata a forma como foram feitos esforços políticos de várias organizações internacionais, como a União Europeia ou a ONU para terminar com a guerra que já matara mais de 200 000 timorenses.

Os esforços da União Europeia foram na sua maioria em prol de Portugal, porque era o país mais chegado a Timor, por isso sentia-se na obrigação de ajudar a antiga colónia. Esta ajuda teve consequências desastrosas, levando mesmo a União Europeia a recusar um acordo económico milionário com os países asiáticos mais desenvolvidos como a Indonésia.

Porém, todos estes esforços não foram suficientes para que Suharto, o presidente indonésio na altura da Guerra desistir de Timor. Esta situação levou a que a Indonésia fosse altamente criticada pela comunidade internacional, e além disso foi humilhada pelo facto de D. Ximenes Belo, o bispo de Díli e José Ramos Horta, um dos rostos mais conhecidos da Fretilin receberem o Prémio Nobel da Paz.

Suharto acabou por sair do governo e o novo presidente, determinado a terminar a guerra lançou um referendo a Timor-Leste.

Esta ideia era ideal, mas foi acompanhada por uma conspiração militar, que impediu várias vezes que o referendo se concretizasse.

Vendo a situação política da Indonésia a ficar cada vez pior, foram lançadas medidas para acelerar a contagem dos votos quando o referendo finalmente se concretizou para que desta forma não houvesse qualquer hipótese de uma possível sabotagem dos votos por parte do Exército Indonésio.

Correu tudo da melhor forma e a independência ganhou.

Contudo, o problema ainda não estava resolvido, faltava eliminar as tropas indonésias de Timor-Leste de uma vez por todas.

Após muito esforço político, as armas silenciaram-se e a paz voltou a Timor-Leste.

Referências

Ícone de esboço Este sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).


Outros artigos dos temas Portugal E Arte E LiteraturaA Filha do Capitão, O Codex 632, A Vida num Sopro

Outros artigos dos temas Portugal E ArteIn Peccatum, Abdul Razac Seco, A Vida num Sopro, 3.º Capítulo, Sandra (filme português), alkantara, A Loja do Camilo

Outros artigos dos temas Portugal E LiteraturaA Filha do Capitão, O Codex 632, Chiado Books, A Vida num Sopro

Outros artigos dos temas Arte E LiteraturaA Vida num Sopro, Carlos Drummond de Andrade, The Medusa Syndrome, El caso Eva Perón: apuntes para la historia, O Codex 632, Safári dos Monstros, Livro das Sombras (Charmed)

Outros artigos do tema Portugal : Dá-me a Tua Mão, Ernesto Augusto Pereira de Sales, Miguel Pinto Luz, Presidente da Iniciativa Liberal, Henrique José de Carvalho e Melo, Relações entre Angola e Portugal, Bizarra Locomotiva

Outros artigos do tema Arte : 'Ajde, kroči, Coro MC, Amrod, Marcos Belby, The Girls Next Door, Carnage Visors, Next (série)

Outros artigos do tema Literatura : Tude Martins de Sousa, Fabio Bahia, Caminhos do Pajeú, Planetenromane, Mia penso, Sulema Mendes, A Hora da Verdade



Este artigo "A Ilha das Trevas" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:A Ilha das Trevas.