Welcome to EverybodyWiki ! Nuvola apps kgpg.png Sign in or create an account to improve, watchlist or create an article like a company page or a bio (yours ?)...

Alberto de Sampaio

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Vida Pessoal[editar]

Alberto de Sampaio (1870-1931 Rio de Janeiro[1]). Filho do advogado Bento Pinto Ribeiro Pereira Sampaio[2] e Luiza Machado Coelho. Seu avô paterno, o juiz Manuel Pinto Ribeiro Pereira Sampaio[3] exerceu os cargos de ministro e presidente do Supremo Tribunal de Justiça enquanto seu avô materno, José Machado Coelho de Castro, foi presidente do Banco do Brasil[4].

Em 1887, Alberto de Sampaio e seu pai fixaram residência em Petrópolis[5], cidade onde constituiu família ao se casar, em 1895, com Cecília Teixeira Soares, filha do engenheiro João Teixeira Soares[6], responsável pela construção de ferrovias, como a Curitiba-Paranaguá [7]. O casal teve oito filhos Álvaro, João, Bento, Luiz, Alberto, Luiza, Eduardo, Zulmira e Maria Helena. Alberto Soares participava dos eventos sociais da cidade, foi membro do Clube Petrópolis, do Clube de Tiro Petropolitano, um dos fundadores do Cicle Club do Brasil e integrante do grupo responsável pela organização da festa “No Verão de Petrópolis”, de 1906.

Trajetória[editar]

Alberto de Sampaio atuou como advogado e também trabalhou em empresas ligadas às atividades do sogro: na Estrada de Ferro Peçanha Araxá[7], na Cia. Estrada de Ferro Vitória-Minas [8] e na Itabira Iron Ore Company, empresa que pertenceu ao industrial Percival Farquhar [9]. Como empresário, foi sócio da Cia. Mineira de Mineração e da transportadora de minério Lellis e Cia.. Anos depois, seus filhos Álvaro, João, Bento e Alberto constituíram com o avô Teixeira Soares, a empresa Soares & Cia. e na década de 1940,  foram responsáveis pela instalação da Refinaria e Exploração de Petróleo União S.A.[10]. Em 1969, o filho Alberto, ingressou na sociedade da UNIPAR – União de Indústrias Petroquímicas S.A.[11], empresa envolvida na criação da Petroquímica União S.A. no início da década de 1970.

Fotografia[editar]

Como fotógrafo amador, Alberto de Sampaio registrou sua família, as mudanças na paisagem urbana de Petrópolis e do Rio de Janeiro, com a utilização de equipamentos modernos, como a câmera estereoscópica[12], que permitia a visualização em três dimensões de um par de fotografias idênticas.  A partir da década de 1920, encontrou no cinema amador um meio para registrar a memória de seu tempo, com uma câmera Bell&Howell[13]. Em 1930, Alberto de Sampaio utilizou seu equipamento para a passagem do dirigível zepelim[14] sobre a cidade do Rio de Janeiro.

Acervo[editar]

O acervo produzido por Alberto de Sampaio, um dos pioneiros entre os fotógrafos amadores no Brasil, foi analisado pela pesquisadora Adriana Maria Martins Pereira, em sua tese de doutorado pela Universidade de São Paulo[15], intitulada A cultura amadora na virada do século XIX: a fotografia de Alberto de Sampaio, defendida em 2010. O conteúdo desse trabalho foi apresentado pela primeira vez ao público por meio de uma exposição fotográfica e de um livro, patrocinados pela Unipar Carbocloro[16].


Exposição[editar]

A exposição reuniu 120 imagens, divididas em três núcleos, além de objetos pessoais, materiais do laboratório fotográfico e projeções de filmes rodados em 16 mm pelo fotógrafo. Inaugurada em 17 de setembro de 2015, a mostra permaneceu até 1º de novembro, no Instituto Tomie Othake [17], em São Paulo. Em seguida, a cidade de Cubatão[18] (SP) recebeu a exposição entre os dias 23 de outubro e 22 de novembro de 2015.

No Rio de Janeiro, a exposição foi realizada no Centro Cultural Correios[19], de 6 de outubro a 4 de dezembro de 2016. Na abertura do evento ocorreu o lançamento do livro de Adriana Maria Martins Pereira, Lentes da Memória: a descoberta da fotografia de Alberto de Sampaio, 1888-1930, título também dado à exposição. A obra ficou entre as melhores na categoria Arquitetura, Urbanismo, Arte e Fotografia, do 59º Prêmio Jabuti[20], em 2017.

O acervo de Alberto de Sampaio, com cerca de 3 mil imagens, além de filmes, objetos e equipamentos fotográficos encontra-se com seu tataraneto, Frank Geyer Abubakir.

Referências[editar]

Este artigo "Alberto de Sampaio" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Alberto de Sampaio.



Compte Twitter EverybodyWiki Follow us on https://twitter.com/EverybodyWiki !