Welcome to EverybodyWiki ! Nuvola apps kgpg.png Sign in or create an account to improve, watchlist or create an article like a company page or a bio (yours ?)...

Andre deak

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

André Deak (São Paulo, 11 de março de 1978) é jornalista, professor e produtor multimídia brasileiro. Criador do projeto Arte Fora do Museu, trabalha com inovação de linguagens em diversas áreas.

Vida e carreira[editar | editar código-fonte]

Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero, é mestre pela USP na área Teoria da Comunicação, com o estudo "Novos jornalistas do Brasil: processos emergentes do jornalismo na internet".[1] Trabalha desde 1999 com jornalismo independente, jornalismo experimental e novas narrativas. É professor na graduação da ESPM e na pós-graduação da Faap. Na ESPM dirige o Laboratório de Formatos Híbridos e é pesquisador associado do Media Lab.[2] Foi repórter freelancer para as revistas Rolling Stone, Carta Capital, Caros Amigos e outras, quando produziu reportagens internacionais. Foi co-organizador do livro Vozes da Democracia (2006), durante o período em que participou da ONG Intervozes. Viveu em Brasília, onde foi editor multimídia da Agência Brasil entre 2004 e 2007.[1]

Ministrou cursos e palestras sobre jornalismo online e interfaces interativas (USP, UERJ, UFSC, PUC-SP, Unimep, Cásper Líbero Comunique-se, Diários Associados, Abraji, Editora Abril, entre outros).[1] Junto com o jornalista Paulo Fehlauer foi autor em 2009 da primeira reportagem planejada e executada em hipermídia no Brasil: "Crônica de uma catástrofe ambiental", publicada na Revista Fórum.[3]

Com Felipe Lavignatti é sócio desde 2009 da Liquid Media Lab, produtora e agência de comunicação digital para projetos de impacto social, criado plataformas white label de branded content.[4][5] Representa no Brasil o Media Lab Estado Lateral.[1] Em palestra na Semana do Jornalista de Porto Alegre de 2017, disse que seu principal interesse está na renovação das formas de comunicação:

"Isso abre diferentes possibilidades e negócios. E é sempre bom lembrar que o interesse público deve estar acima de qualquer discussão sobre como fazer jornalismo. [...] Tem gente fazendo evento como jornalismo e depois publicando como grande reportagem. Ou exposições multimídias, como foi o caso da realizada pelo Museu da Imagem e do Som de São Paulo sobre o David Bowie. Foi a melhor biografia que se podia fazer e gerou muito material jornalístico. É preciso pensar em diferentes formatos e na entrega final. Olhar para todas as outras possibilidades, além da produção de conteúdo".[4]

Seus trabalhos incluem mais de 40 mapeamentos, entre eles o produto transmídia Mapas Afetivos e o projeto Arte Fora do Museu, um site de mapeamento de obras de arte em espaços públicos, incluindo grafites, esculturas, murais e arquitetura, que teve o apoio da Bolsa Funarte de Reflexão Crítica e Produção Cultural para Internet;[6][7] projetos para a Secretaria Nacional de Direitos Humanos (Memórias da Ditadura), o Ministério da Cultura (200 Arquiteturas do Brasil) e a Prefeitura de São Paulo (SP Cultura).[8]

Seu webdocumentário Nação Palmares, sobre quilombolas, recebeu o Prêmio Vladimir Herzog em 2008.[1] Ao recebê-lo, disse: "Esse é um prêmio de um trabalho realizado em equipe, não para uma pessoa só. É o reconhecimento de um trabalho realizado durante vários anos pela reestruturação de uma área multimídia, da interação com a televisão. [...] Foi o último trabalho que publiquei, na Agência Brasil, e ficamos muito felizes porque é um trabalho bem feito, de apuração complexa e resultado de uma briga pela 'deschapabranquização' [deixar de veicular apenas notícias sobre o governo e favoráveis a ele] do noticiário, que antes era muito mais estatal e passou a ser visto muito mais como público". Segundo Morillo Carvalho, Deak "orgulha-se de ter participado da mudança do conceito de jornalismo na agência, que, na última gestão da Radiobrás (incorporada à Empresa Brasil de Comunicação em junho deste ano), passou a dar espaço à sociedade civil no noticiário".[9]

Foi um dos fundadores da Casa da Cultura Digital em São Paulo, que congrega artistas, designers, fotógrafos, hackers, jornalistas e videomakers, e que já participou de vários projetos, como o Street Art Project do Google e o Projeto da Cultura Inglesa, dos quais foi curador.[10] Em 2015 lançou o projeto Laboratório da Cidade, do qual é coordenador, um mapeamento de iniciativas para cidades melhores e mais humanas, com cerca de 40 outros projetos associados em São Paulo, Rio de Janeiro, Belém, Goiânia, Porto Alegre, Bogotá e Buenos Aires.[6]

Prêmios e reconhecimento[editar | editar código-fonte]

  • Bolsa Funarte de Reflexão Crítica e Produção Cultural para Internet.[7]
  • Um dos jurados em 2012 do Prêmio de Jornalismo, que comemorou os 40 anos dos Cursos de Comunicação da Unisinos.[14]
  • Curador do Google Street Art Projet 2013.[1]
  • Curador do Festival Cultura Inglesa Cultura de Rua.[1]
  • Convidado pelo X Media Lab para keynote e consultoria na Suíça sobre projetos transmídia.[1]

Referências

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 1,4 1,5 1,6 1,7 1,8 "Andre Deak". The Huffington Post
  2. "André Deak". Outros Urbanismos.
  3. Villela, Ana Maria Napoles et al. Leitura e escrita em movimento. Editora Peirópolis, 2010, s/pp.
  4. 4,0 4,1 "Professor pede por formas inovadoras de comunicar". Coletiva, 07/04/2016
  5. "Pós-jornalismo e narrativas possíveis". Universidade Tiradentes — Notícias, 18/09/2017
  6. 6,0 6,1 Deak, Andre. "Confesso: gosto de São Paulo. E quero juntar gente que queira, como eu, melhorar sua cidade. Topa conversar?". Projeto Draft, 22/04/2015
  7. 7,0 7,1 "Arte Fora do Museu mapeia obras que estão nas ruas de São Paulo". Revista Fórum, 10/07/2012
  8. "Gestão Cultural: Cultura e Desenvolvimento: Palestrantes". Centro de Pesquisa e Formação, Sesc.
  9. Carvalho, Morillo. "Agência Brasil ganha Prêmio Vladimir Herzog por webdocumentário interativo". Agência Brasil, 16/10/2008
  10. Benevides, Mariana e Moraes, Natália. "Palestra sobre jornalismo experimental fecha o 1º Beta Jornalismo". Comunicare, 11/11/2013
  11. «Reportagem do GLOBO ganha prêmio Vladimir Herzog». Extra Online. Consultado em 15 de agosto de 2019 
  12. Maciel, Marina. "Prêmio Virada Sustentável destaca 70 brasileiros que transformam SP". Exame, 15/07/2014,
  13. Galli, Giuliano. "Mentores do Prêmio Jovem Jornalista são definidos". 30/05/2015
  14. "Prêmio Unicos encerra Semana da Comunicação". Unisinos Comunicação Social, 13/11/2012


Este artigo "Andre deak" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Andre deak.


Não foi possível localizar o ficheiro HTML FacebookLikeButton.html


Compte Twitter EverybodyWiki Follow us on https://twitter.com/EverybodyWiki !