Welcome to EverybodyWiki 😃 ! Nuvola apps kgpg.png Log in or ➕👤 create an account to improve, watchlist or create an article like a 🏭 company page or a 👨👩 bio (yours ?)...

Arnaldo Rocha

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki


Question book.svg
Este artigo ou secção necessita de referências de fontes secundárias fiáveis publicadas por terceiros (desde novembro de 2015).
Por favor, melhore-o, incluindo referências mais apropriadas vindas de fontes fiáveis e independentes.
Fontes primárias, ou que possuem conflito de interesse geralmente não são suficientes para se escrever um artigo em uma enciclopédia.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Arnaldo Rocha
 Edit this InfoBox
Nome completo
Nascimento 29 de agosto de 1922
Belo Horizonte, Minas Gerais
Morte 29 de outubro de 2012 (90 anos)
Belo Horizonte, Minas Gerais
Nacionalidade brasileiro
Alma mater
Ocupação Vendedor, Escritor e expositor espírita.
Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

Arnaldo Rocha (Belo Horizonte, 29 de Agosto de 1922[1] - Belo Horizonte, 29 de Outubro de 2012)[2] foi um vendedor, escritor e expositor espírita.[3]

Biografia[editar]

Ateu convicto até o ano de 1946, acompanhava a mãe em suas preces católicas, mas sem se converter, apenas por educação. Conheceu Irma de Castro Rocha (Meimei) quando esta tinha 17 anos, tornaram-se amigos e posteriormente casaram-se na igreja de São José, matriz de Belo Horizonte, em 1944. Meimei morreu em 1946, fato que abateu profundamente Arnaldo.

Aproximadamente 50 dias após a desencarnação da esposa, Arnaldo Rocha avistou o médium Chico Xavier. Arnaldo não era espírita e nunca privara da companhia do médium até aquele momento, mas conta que Chico lhe tratou pelo nome e lhe disse que sua ex-esposa, Meimei, queria lhe dar um recado. Este evento mudou radicalmente sua vida. Naquela mesma noite, em uma reunião realizada em casa de amigos espíritas de Belo Horizonte, Meimei deixou sua primeira mensagem psicografada.[4]

Arnaldo começou a trabalhar na União Espírita Mineira (UEM) em 1946, à convite de Camilo Rodrigues Chaves, sendo muito incentivado por Chico Xavier, e permaneceu como trabalhador e conselheiro até sua morte. Organizou os livros Instruções Psicofônicas e Vozes do Grande Além, editados pela Federação Espírita Brasileira e foi co-autor do livro "Chico, Diálogos e Recordações", editado pela UEM. Arnaldo continuou sua dedicação ao espiritismo mesmo depois da mudança de Chico Xavier para Uberaba, e após a morte do médium passou a revelar dados e diálogos do amigo em palestras e entrevistas pelo Brasil.

Foi casado em segundas núpcias com Neuza Tofani de Macedo (4/3/1933-5/5/2007),[5] de que houve uma filha, Moyra Tofani de Macedo Rocha.[6] Era vendedor de aço e ferro da Companhia Belgo Mineira, onde se aposentou.[7]

Sua morte ocorreu em sua própria casa, por volta das 18h40 de 29 de outubro de 2012, em Belo Horizonte.

Obra[editar]

Como organizador:

  • Instruções Psicofônicas (1956);
  • Vozes no Grande Além (1957);


Referências


Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).


Este artigo "Arnaldo Rocha" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Arnaldo Rocha.