Boletim da Liberdade

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki
Boletim da Liberdade
Tipo de sítio Jornalístico / Atualizações diárias
País de origem Brasil
Lançamento 17 de dezembro de 2016
Posição no Alexa Erro Lua em package.lua na linha 80: module 'Módulo:Wikidata/i18n/Testes' not found.
Endereço eletrónico https://www.boletimdaliberdade.com.br

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

O Boletim da Liberdade é um jornal digital brasileiro fundado no ano de 2016 pelo jornalista e escritor Lucas Berlanza[1], também presidente do Instituto Liberal.

O site tem um posicionamento editorial liberal, com notoriedade entre organizações e personalidades com esse viés, publicando entrevistas[2][3] e reportagens jornalísticas com atualizações diárias.

As principais editorias do veículo são: Política, Economia, Liberdades Civis, Cultura, Entrevistas, Gente, Iniciativas e Internacional.

O veículo também possui uma área de conteúdo opinativo, que possui uma divisão clara com a parte noticiosa.

São colunistas do Boletim da Liberdade nomes como Jackson Vasconcelos, Laura Ferraz e Bruno Holanda. Parlamentares liberais também já publicaram textos no site, como Fernando Holiday, Janaína Lima, Vinicius Poit, Alexandre Freitas, Alexis Fonteyne, Giuseppe Riesgo e Lucas Gonzalez.

Algumas organizações do terceiro setor que promovem a livre iniciativa possuem espaços próprios no site, como o Instituto de Estudos Empresariais (IEE), organizador do Fórum da Liberdade, e também o Instituto Millenium.

Prêmio Boletim da Liberdade[editar]

Diretório Nacional do Partido Novo recebe Prêmio Boletim da Liberdade, na modalidade organização do ano de 2019

Desde 2017, o Boletim da Liberdade anualmente promove um prêmio[4] com a participação dos leitores para condecorar personalidades e organizações que, no viés editorial do site, de linha liberal, se destacaram na defesa da liberdade. Os leitores participam do processo de decisão sobre os vencedores.

Já foram laureados:[5][6]

Vencedores do Prêmio Boletim da Liberdade
Personalidade do Ano Organização do Ano Parlamentar do Ano
2017 Arthur do Val Movimento Brasil Livre -
2018 João Amoêdo Partido Novo -
2019 Paulo Guedes Partido Novo Marcel van Hattem
2020 Arthur do Val Brasil Paralelo Marcel van Hattem

Repercussão[editar]

O Boletim da Liberdade, enquanto veículo, já teve diversas matérias e entrevistas repercutidas em outras publicações.

Em abril de 2021, uma declaração dada em uma entrevista exclusiva do governador Romeu Zema ao site ganhou destaque na imprensa mineira. Nela, Zema insinuou que alguns deputados estaduais de Minas Gerais poderiam atuar como "mercenários", visando vantagens pessoais. A declaração foi objeto de três matérias no jornal Estado de Minas[7][8][9], que apontaram a repercussão da declaração na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. A matéria foi ainda mencionada pelos jornais mineiros Tribuna de Minas[10], O Tempo (jornal)[11] e Portal BHAZ[12].

O Boletim da Liberdade também foi mencionado no livro "O Caminho do Meio", de Marcelo Trindade, ex-presidente da CVM e que foi candidato ao governo do Rio de Janeiro em 2018 pelo Partido Novo. Ele descreveu o Boletim da Liberdade como "um veículo liberal da internet que dava um bom espaço para as ideias e os candidatos do NOVO" e relatou a repercussão de uma notícia, veiculada durante a campanha, de que já teria doado dinheiro ao PT.[13]

Em 2019, a intenção de desfiliação do então vereador Leandro Lyra, primeiro político eleito pelo Partido Novo no Rio de Janeiro, também foi antecipada pelo Boletim da Liberdade. A informação foi repercutida no blog Diário do Rio[14]. A notícia se confirmaria: um ano depois, o político efetivamente pediria desfiliação da sigla, disputando as eleições de 2020 por outro partido[15].

Em 2018, em uma edição do programa Greg News, transmitido pelo canal fechado HBO Brasil, o Boletim da Liberdade também foi mencionado. O apresentador Gregório Duvivier dedicou seu programa para falar de liberalismo e mostrou um trecho de uma entrevista em vídeo feita com o então pré-candidato a presidente João Amoêdo, do Partido Novo.[16]

O Instituto Mises Brasil, uma das organizações mais tradicionais do meio liberal, também já repercutiu o Boletim da Liberdade. No tradicional podcast da instituição, episódio 304, publicado em fevereiro de 2018, o site foi pauta de uma entrevista exclusiva.[17]

O Boletim da Liberdade também costuma publicar pesquisas de opinião de diversos institutos. O Paraná Pesquisas, uma das principais organizações especializadas no tema do país, já divulgou as publicações do Boletim da Liberdade em suas mídias.[18][19]

Uma entrevista em 2018 feita com o empresário Filipe Valerim, da produtora gaúcha Brasil Paralelo, também repercutiu em diversos veículos de comunicação, entre os quais a Agência Pública[20]. No mesmo ano, uma reportagem do Boletim da Liberdade também foi mencionada pelo site Catraca Livre.[21]

Ao longo de sua existência, matérias e entrevistas publicadas no Boletim da Liberdade também já serviram de base ou referência para trabalhos acadêmicos que se debruçaram diante das correntes políticas liberais ou conservadoras no país.[22][23][17]

Referências

  1. «Vilão ou herói? Há 50 anos morria Carlos Marighella, um dos personagens mais controversos da história recente do Brasil». GaúchaZH. 1 de novembro de 2019. Consultado em 30 de maio de 2021 
  2. «Janaína Lima: as políticas públicas, para serem mais eficientes, têm que ser cada vez mais integrada». Site Janaina Lima. 14 de janeiro de 2020. Consultado em 29 de maio de 2021 
  3. «"Não se fatia a liberdade, ela existe por inteiro" diz Elena Landau». Livres. 26 de novembro de 2018. Consultado em 30 de maio de 2021 
  4. «Liberalismo brasileiro ganha nova fonte de informação». Instituto Millenium. 29 de novembro de 2019. Consultado em 29 de maio de 2021 
  5. «NOVO é finalista nas 3 categorias do Prêmio Boletim da Liberdade». Partido Novo. 12 de dezembro de 2019. Consultado em 27 de maio de 2021 
  6. «NOVO e João Amoêdo levam o Prêmio Boletim da Liberdade». Partido Novo. 28 de dezembro de 2018. Consultado em 28 de maio de 2021 
  7. «Zema insinua que há deputados 'mercenários' e gera mal-estar na Assembleia». Estado de Minas. 20 de abril de 2021. Consultado em 27 de maio de 2021 
  8. «Zema se desgasta com Assembleia por 'precipitação' e 'vácuo de diálogo'». Estado de Minas. 1 de maio de 2021. Consultado em 29 de maio de 2021 
  9. «Deputados reagem à crítica de Zema, que acusa parlamentares "mercenários"». Estado de Minas. 21 de abril de 2021. Consultado em 29 de maio de 2021 
  10. «Nova discordância». Tribuna de Minas. 19 de abril de 2021. Consultado em 29 de maio de 2021 
  11. «O Tempo». O Tempo. 19 de abril de 2021. Consultado em 29 de maio de 2021 
  12. «Em campanha, Zema inaugura até obra que não fez nem colocou dinheiro». BHAZ - Coluna Orion Teixeira. 3 de junho de 2021. Consultado em 6 de junho de 2021 
  13. Trindade, Marcelo (2020). O Caminho do Meio - Memórias de uma aventura eleitoral. Rio de Janerio: História Real. pp. Posição 2933–3663 (Kindle) 
  14. «Leandro Lyra deixando o NOVO?». Diário do Rio. 6 de agosto de 2019. Consultado em 29 de maio de 2021 
  15. «Leandro Lyra deixa o NOVO». Diário do Rio. 5 de março de 2020. Consultado em 29 de maio de 2021 
  16. «GREGNEWS com Gregório Duvivier | LIBERALISMO». HBO Brasil. 15 de junho de 2018. Consultado em 27 de maio de 2021 
  17. 17,0 17,1 ARALDI, Lucas; SVARTMAN, Eduardo Munhoz (2019). «Rede Atlas, think tanks e a construção da liberalização econômica no Brasil: uma análise do Instituto Millenium e do Instituto Ludwig Von Mises Brasil». Conexão - Comunicação e Cultura (UCS - Universidade de Caxias do Sul). Consultado em 27 de maio de 2021 
  18. «Boletim da Liberdade divulga pesquisa realizado pela Paraná Pesquisas». Paraná Pesquisas. 13 de maio de 2021. Consultado em 27 de maio de 2021 
  19. «Portal Boletim da Liberdade divulga pesquisa realizada pela Paraná Pesquisas». Paraná Pesquisas. 8 de agosto de 2019. Consultado em 27 de maio de 2021 
  20. «Nasce o cinema olavista». Agência Pública. 9 de agosto de 2019. Consultado em 29 de maio de 2021 
  21. «MBL acusa PSDB de usar o mesmo truque proibido nas redes sociais». Catraca Livre. 30 de março de 2018. Consultado em 29 de maio de 2021 
  22. CARVALHO, Roldão Pires (26 de outubro de 2020). «A propaganda do ticket conservador-liberal – uma análise do potencial ideológico do discurso do ativismo de direita». UNISINOS - Questões Transversais. Consultado em 27 de maio de 2021 
  23. PICOLI, Bruno Antonio; CHITOLINA, Vanessa; GUIMARÃES, Roberta (29 de outubro de 2020). «Revisionismo histórico e educação para a barbárie: a verdade da "Brasil Paralelo"». Revista UFG. Consultado em 27 de maio de 2021 
  • Portal do jornalismo
  • Portal da política



Outros artigos dos temas Jornalismo E PolíticaFernando Collor de Mello

Outros artigos do tema Jornalismo : Notícias da Manhã, Bom Dia Cidade, TV Jovem Pan News, Luis Alexandre Franco Gonçales, Alô Cidade, Farid Germano Filho, Ponto Crítico

Outros artigos do tema Política : Edvaldo da Silva Lima, Eduardo Yokomizo, Paulo Altomani, Lista de governantes do Brasil, Isabel II do Reino Unido, Alayr Moreira Dias, Social-democracia portuguesa


Este artigo "Boletim da Liberdade" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Boletim da Liberdade.