Welcome to EverybodyWiki ! Nuvola apps kgpg.png Log in or create an account to improve, watchlist or create an article like a company page or a bio (yours ?)...

Brasão de Cachoeiro de Itapemirim

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki
Brasão

O brasão de Cachoeiro do Itapemirim foi criado em 1982, de acordo com uma lei municipal.

Significado[editar]

  • Torres: as que encontram na parte superior do escudo representam os sete distritos do município:Cachoeiro de Itapemirim,Conduru,Pacotuba,Itaoca,Vargem Grande do Soturno,Burarama e Coutinho (Formação antes de 1995,aonde não existia os outros 4 distritos : Gironda,São Vicente,Gruta e Córrego dos Monos);
  • Ramo de café: com as folhas na cor verde e os frutos na cor bordô, é o principal produto agrícola do município;
  • Logomarca: a Prefeitura escreve a palavra Cachoeiro em letras amarelas ou douradas, com a fonte tipográfica usada no brasão;
  • Monolitos: os três representam blocos de mármore, além de fazerem alusão ao Monumento Natural do Itabira;
  • Roda dentada: representa a indústria cachoeirense.

O símbolo da esquerda inferior (retirando-se a esfera) é uma cabeça de boi estilizada, representando a atividade pecuária de Cachoeiro do Itapemirim, que é o maior produtor de leite do Espírito Santo. Com a esfera representa o homem cachoeirense. A pena — embaixo, à direita — significa a cultura e as letras de Cachoeiro do Itapemirim.

Erros de confecção[editar]

Como deveria ser

O brasão de Cachoeiro de Itapemirim possui erros crassos, considerando-se as convenções da heráldica municipal (também denominada "civil") brasileira:

  • A identificação, interpretação e representação da "coroa-mural" é completamente equivocada (a peça logo acima do escudo). Na lei do município, ela é denominada "torres" (o nome correto, como já enunciado, é coroa-mural, peça utilizada pela esmagadora maioria dos municípios brasileiros).
  • Assim, temos o segundo erro, pois tal peça serve para representar tão somente o status da localidade (distinção entre povoados não emancipados, vilas e cidades). A peça de forma alguma deve servir para representar os sete distritos do município.
  • O terceiro erro da coroa-mural, consqüentemente, é o número exagerado de torres. Ao invés de sete, esta deve conter cinco, que é a convenção correta para cidades em geral.
  • Isto posto, é necessário lembrar que a coroa-mural necessita da representação de portas, sendo estas sempre pintadas em sable (preto), convenção para portas fechadas (exemplo: Brasão de Guarapari). No brasão de Cachoeiro do Itapemirim não há nenhuma representação de portas nas torres da coroa-mural.
  • O brasão necessita de um listel (faixa) que deve figurar logo abaixo do escudo, como todo brasão de município em geral.
  • Dentro desse listel, deve vir incluída a data inscrita abaixo do escudo (escrito preferencialmente desta forma: 25 - 03 - 1867), que atualmente aparece "flutuando", solta, logo abaixo do escudo do brasão.
  • O nome "Cachoeiro", inscrito dentro do escudo também é incorreto. Deveria vir para o listel a ser adicionado, junto com a inscrição da data, que está "flutuando" logo abaixo do escudo.

Referências[editar]

Ligações externas[editar]

  • Portal do Espírito Santo



Outros artigos do tema Espírito Santo : Sociedade do Espírito Santo, EscoLAR, Litoral FM, Estádio Virgílio Grassi, CBN Vitória, Cidade FM (Vila Velha), Rádio Gazeta (Vitória)


Este artigo "Brasão de Cachoeiro de Itapemirim" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Brasão de Cachoeiro de Itapemirim.


Farm-Fresh comment add.png You have to Sign in or create an account to comment this article !<comment-streams/>