Brasil Bitcoin

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki

A Brasil Bitcoin é uma corretora (exchange) de criptomoedas brasileira.[1] Em sua plataforma, é possível negociar as criptomoedas Bitcoin, Ethereum, Ripple, Litecoin, Bitcoin Cash, Cardano, Dogecoin e Tether (USDT).[2]

Brasil Bitcoin
Empresa de capital fechado
Slogan As menores taxas do Brasil para negociar criptomoedas.
Atividade Bitcoin, Criptomoeda
Fundação 2018
Sede São Paulo/SP,  Brasil
Pessoas-chave Marco Vinicius Castellari (CEO)
Erick Crus (COO)
Produtos Exchange Brasil Bitcoin
Posição no Alexa Erro Lua em package.lua na linha 80: module 'Módulo:Wikidata/i18n/Testes' not found.
Website oficial brasilbitcoin.com.br

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

Fundada em fevereiro de 2018, a plataforma foi a primeira do Brasil a possuir desenvolvimento próprio de software[3] e conta com mais de 200 mil usuários cadastrados, além de já ter processado mais de R$ 1 bilhão em transações nesses três anos de operação.[4]

História[editar]

No início de 2018, logo após o maior crash da história das criptomoedas, Marco Castellari e Erick Crus fundaram a Brasil Bitcoin com o intuito de aproveitar o momento de fragilidade em que o mercado se encontrava.[5][6]

Ao ser criada, a plataforma de negociação da Brasil Bitcoin foi desenvolvida inteiramente do zero pelos seus sócios, que se aproveitaram do fato de ambos serem programadores.[3]

Em julho de 2020, a plataforma lançou seu aplicativo para os sistemas Android e iOS, que hoje conta com mais de 100 mil downloads e foi o primeiro a permitir a utilização de funções até então inexistentes, como o pagamento de boletos com criptomoedas[7].

Em novembro de 2020, a Brasil Bitcoin foi a primeira corretora de criptomoedas brasileira a integrar depósitos e saques via PIX, o mais utilizado sistema para transferências bancárias no Brasil, lançado pelo Banco Central no mesmo ano.[4][8]

Em março de 2021, a empresa lançou o primeiro cartão de crédito com conversão automática de criptomoedas do Brasil, por meio de uma parceria com a Elo. Segundo a corretora, a previsão é que o cartão atinja 250 mil pessoas até 2022.[7]

Ver também[editar]

  • Criptomoedas no Brasil
  1. «Corretoras - Bitcoin.». bitcoin.org. Consultado em 6 de dezembro de 2020 
  2. «Após vira-lata, token do gatinho brasileiro valoriza 15.000% Por CriptoFácil». Investing.com Brasil. Consultado em 30 de agosto de 2021 
  3. 3,0 3,1 «Entrevista Exclusiva Com os Fundadores da Brasil Bitcoin, Erick Crus e Marco Castellari». BeInCrypto. 28 de abril de 2020. Consultado em 6 de dezembro de 2020 
  4. 4,0 4,1 «Brasil Bitcoin é a primeira corretora de criptomoedas a integrar depósitos via PIX». CRYPTOID. 17 de novembro de 2020. Consultado em 6 de dezembro de 2020 
  5. «O lado obscuro das criptomoedas, cada vez mais populares». VEJA. Consultado em 30 de agosto de 2021 
  6. «Exchange de criptomoedas pretende negociar R$ 500 mi em 2021». Metrópoles. 21 de janeiro de 2021. Consultado em 30 de agosto de 2021 
  7. 7,0 7,1 «Exclusivo: Brasil Bitcoin lança cartão Elo para pagar com bitcoin em todo tipo de loja». Tecnoblog. 8 de março de 2021. Consultado em 30 de agosto de 2021 
  8. «Brasil Bitcoin anuncia Vira-lata Finance com saques pelo Pix; abaixo-assinado pede moeda na Binance, Mercado Bitcoin e BitcoinTrade». Cointelegraph. Consultado em 31 de agosto de 2021 


Este artigo "Brasil Bitcoin" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Brasil Bitcoin.