Welcome to EverybodyWiki 😃 ! Nuvola apps kgpg.png Log in or ➕👤 create an account to improve, watchlist or create an article like a 🏭 company page or a 👨👩 bio (yours ?)...

Breaking Beattz

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki
Breaking Beattz
Rafael Arantes Zocrato e Lauro Viotti Alexandre (Breaking Beattz)
Informação geral
Origem Belo Horizonte
País Brasil Brasil
Gênero(s) Deep House
Período em atividade 2015–presente
Gravadora(s)
  • Sony Music
  • Universal Music Group
  • Bunny Tiger
Influência(s) Chris Lake
Integrantes Rafael Arantes Zocrato
Lauro Viotti Alexandre

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

Breaking Beattz é um duo musical brasileiro, constituído por Rafael Arantes Zocrato (Belo Horizonte, 19 de dezembro de 1988) e Lauro Viotti Alexandre (Belo Horizonte, 15 de julho de 1993). Amigos desde a adolescência, se uniram em 2015 para tocarem e produzirem músicas juntos.

Ao longo da carreira, o duo teve uma rápida ascensão com os singles "Get Low" e "Don't Stop" - este último, em colaboração com Chemical Surf, e logo começaram a viralizar nas pistas de dança de todo o Brasil. Em 2017, foram eleitos como o #37 artista do ano no TOP 50 DJs Brasil da revista House Mag.[1]

No ano de 2018, foram os primeiros artistas do mundo a conseguirem autorização para o lançamento do Remix de "American Boy" para Estelle (cantora) e Kanye West.[2] Ainda em 2018, cumpriram mais de 100 datas por todo o Brasil, com estreias expressivas no Green Valley e Laroc Club.

Mas foi com "LIITA", música lançada pela Universal Music Group, que Breaking Beattz começou a ganhar reconhecimento internacional. A faixa foi produzida em colaboração com Felix Jaehn, o qual os considerou como "meus produtores de deep house favoritos".[3] A faixa entrou para diversas playlists editoriais do Spotify e recebeu suporte de Oliver Heldens e Tiesto.

Em 2019, o duo foi confirmado no line-up de importantes festivais nacionais, como Rock in Rio[4] e na edição de Belo Horizonte da Xxxperience Festival.

Discografia[editar]

Singles[editar]

  • "Let The Bass Go" (2016)
  • "Bad Boy" (2017)
  • "Jungle EP" (2017)
  • "Nine" (2017)
  • "Lose Yourself" (2017)
  • "Perfect Exceeder" (2017)
  • "Get Low" (2017)
  • "Don't Stop" (2017)[5]
  • "My Phone" (2018)
  • "Technicolour" (2018)
  • "Ghetto Funk / Kontrol" (2018)
  • "Mas Que Nada" (2018)
  • "Water" (2018)
  • "Big Booty" (2018)
  • "Plan B" (2018)
  • "Fire" (2019)
  • "O.M.G" (2019)
  • "LIITA" (2019)[6]

Remixes[editar]

  • "American Boy - Estelle & Kanye West"[7]

Links[editar]

Ligações externas[editar]

Flag of Brazil.svgGuitarra masc.png Este sobre uma banda ou grupo musical do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Este artigo "Breaking Beattz" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Breaking Beattz.