Welcome to EverybodyWiki 😃 ! Nuvola apps kgpg.png Log in or ➕👤 create an account to improve, watchlist or create an article like a 🏭 company page or a 👨👩 bio (yours ?)...

Charles Augustus Milverton

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki
Charles Augustus Milverton por Sidney Paget.

Charles Augustus Milverton é uma personagem de ficção dos romances e contos sobre Sherlock Holmes escritos por Arthur Conan Doyle. É o vilão da história que tem a personagem como título, uma das treze aventuras reunidas na coletânea A volta de Sherlock Holmes. O grande detetive o considera um dos homens mais perigosos e o maior canalha de Londres.

Holmes é contratado por Lady Eva Brackwell para recuperar algumas cartas que escreveu a um nobre jovem sem fortuna do interior antes de se tornar noiva do conde de Dovercourt. As cartas se encontram nas mãos de Milverton, que ameaça mandá-las ao noivo se ela não lhe pagar sete mil libras por sua devolução. O envio das cartas seria suficiente para fazer com que o noivado fosse desfeito.

O detetive qualifica Milverton como o rei dos chantagistas. Comenta com o dr. Watson que ele faz saber que pagará um preço muito alto por cartas que comprometam pessoas com dinheiro ou posição. Recebe a mercadoria não só de criadas e lacaios indiscretos, como também de malandros que conseguiram conquistar a afeição de mulheres que confiam neles.

Segundo Holmes, pagou setecentas libras a um lacaio por um bilhete de duas linhas e o resultado foi a ruína de uma família nobre. Tudo o que há no mercado, nesse gênero, vai parar nas mãos de Milverton. É rico e astuto, e não age com precipitação. Às vezes guarda um bilhete durante anos, esperando o momento oportuno para ameaçar a vítima.

Watson descreve o vilão chantagista como homem de cinquenta anos, baixo e gordo, com cabeça grande e ar de intelectual. Rosto sem barba, mantém um sorriso falso permanente. Um par de olhos cinzentos, inquietos e penetrantes, brilham por trás dos óculos de aros dourados. Sua voz é macia e suave.

Para convencer Holmes a pagar a quantia que pede, Milverton conta ao detetive que tem oito ou dez casos em andamento. Diz que entregou uma carta a um marido porque sua mulher se recusou a vender os diamantes verdadeiros e trocá-los por falsos, para lhe pagar a extorsão. Também provocou o rompimento do noivado de uma senhorita ilustre com o coronel Dorking.

A negociação entre os dois não é favorável a Holmes e o detetive assume o disfarce de um encanador próspero, com o nome de Scott, corteja a empregada de Milverton, Ágata, e fica noivo dela, para conhecer a residência e os hábitos do criminoso. A intenção de Holmes é invadir a casa do chantagista, para se apoderar das cartas de Eva Brackwell. Arruma, inclusive, um estojo de arrombamento de primeira classe, com as ferramentas mais modernas, para executar o plano.

Holmes descobre que os documentos estão num cofre, no escritório de Milverton, uma antecâmara de seu quarto de dormir. Também fica sabendo que o bandido tem um sono muito pesado. Na véspera do prazo que Milverton deu para receber o dinheiro da chantagem, Holmes e o dr. Watson invadem sua casa. "O ato é moralmente justificável, embora tecnicamente criminoso", argumenta o detetive. O final da história é surpreendente e por pouco o dr. Watson não é apanhado por um dos empregados da casa de Milverton.

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).


Este artigo "Charles Augustus Milverton" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Charles Augustus Milverton.