You can edit almost every page by Creating an account. Otherwise, see the FAQ.

ComparaJá.pt

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki

ComparaJá
ComparaJá.pt
Atividade Comparador de produtos financeiros e de pacotes de telecomunicações
Fundação 2015
Fundador(es) Sérgio Pereira; CEO: José Figueiredo
Sede Lisboa, Portugal
Posição no Alexa Erro Lua em package.lua na linha 80: module 'Módulo:Wikidata/i18n/Testes' not found.
Website oficial  https://www.comparaja.pt/

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

ComparaJá.pt é uma plataforma online de agregação, comparação e análise de produtos e serviços financeiros lançada a 22 de abril de 2015[1]. A fintech portuguesa pertence ao grupo internacional CompareEuropeGroup[2] e carateriza-se como um marketplace de produtos financeiros, nomeadamente de crédito pessoal, cartões de crédito, crédito à habitação, depósitos a prazo e também de pacotes de telecomunicações.

História[editar]

O projecto foi fundado em abril de 2015 e incubado na Startup Lisboa, numa parceria entre a Nova Founders Capital[3] – um fundo de investimento para incubação de modelos de negócio de tecnologia e internet – e o empresário português Sérgio Pereira, cofundador e diretor-geral da empresa em Portugal. O ComparaJá.pt pertence ao grupo internacional CompareEuropeGroup que, além de Portugal, marca presença em países europeus como a Dinamarca, Bélgica e a Finlândia[4].

No início de 2016, a empresa inaugurou a sua sede em Alvalade, Lisboa. A partir de 2018, a fintech portuguesa abriu um hub, passando a centralizar na capital portuguesa uma parte das operações do grupo[5]. A plataforma digital pertence à Associação FinTech e InsurTech Portugal e à Nova FinTech Club.

Em 2017, o ComparaJá.pt captou a atenção de destacados investidores internacionais – como Peter Thiel, um dos fundadores da Paypal, Mark Pincus, fundador da Zynga e de fundos de investimento como o ACE & Company ou o Pacific Century Group[6], conseguindo uma injeção de capital na casa dos 20 milhões de euros[7].

Também em em 2017, o grupo a que pertence o ComparaJá.pt foi incluído no top 50 das fintech mais inovadoras no reputado ranking mundial Fintech 100[8]. O investimento captado de 20 milhões de euros teve como destino o alargamento do portefólio de produtos do grupo, que incluiu a criação de um comparador para crédito à habitação e de pacotes de telecomunicações, o desenvolvimento tecnológico da plataforma, o recrutamento de novos colaboradores e ainda para a divulgação dos seus produtos[9].

Em setembro de 2018, Sérgio Pereira assume o comando da Chauffeur Privé em Portugal[10] e José Figueiredo, que tinha entrado na startup financeira em outubro de 2016[11], assume a liderança do ComparaJá.pt. Em dezembro de 2018, o atual diretor-geral do portal financeiro foi distinguido como um dos "Líderes Empresariais do Futuro" pelo jornal Expresso, integrado no Top 10 de talentos na gestão com menos de 40 anos[12].

Em dezembro de 2020, o ComparaJá.pt foi eleito com uma das 25 maiores empresas scaleup de Portugal, num prémio organizado pela BGI. Acabou por perder o primeiro lugar para a Unbabel[13].

Modelo de negócio[editar]

O ComparaJá.pt é um site de comparação que ajuda as pessoas a perceber qual o melhor produto que se adequa à sua situação específica, estabelecendo posteriormente a ligação com a instituição escolhida pelo consumidor.

Tal como acontece com os comparadores de hotéis ou de voos, o financiamento do ComparaJá.pt provém dos seus parceiros – bancos e operadoras de telecomunicações. Por cada consumidor que selecionar uma oferta de uma instituição através dos serviços deste comparador, é-lhe paga uma comissão[14], não havendo qualquer encargo adicional para os utilizadores[15].

Portefólio[editar]

  • Cartão de Crédito e Crédito Pessoal

A plataforma começou com dois tipos de comparadores de produtos financeiros: cartão de crédito e crédito pessoal. Ao agregar informações sobre estes dois tipos de empréstimos, o objetivo do seu lançamento foi de fomentar “uma decisão mais ponderada sobre produtos financeiros”, permitindo “fazer uma compra mais inteligente”, segundo o fundador Sérgio Pereira[16].

  • Crédito Habitação

Em março de 2017, nasceu o simulador de crédito à habitação. Os consumidores podem então avaliar as taxas de juro, bem como o valor das comissões cobradas pelos diferentes bancos em Portugal[17].

  • Pacotes de Telecomunicações

A partir de maio de 2017, o ComparaJá.pt passou a disponibilizar um comparador gratuito de todos os pacotes de telecomunicações existentes no mercado português. O serviço passa pela comparação de vários produtos de TV, Internet, Telefone, Banda Larga, Móvel e Telemóvel[18].

  • Depósitos a Prazo

Em maio de 2018, o portal financeiro lançou um comparador de  depósitos a prazo que agrega várias soluções deste produto. A partir de filtros como prazo, taxa de juro ou mínimo de subscrição, os consumidores conseguem personalizar os resultados com base nas suas preferências, podendo aderir de imediato ao produto desejado[19].

Referências[editar]

  1. «O maior grupo internacional de comparação financeira online entra em Portugal através do ComparaJá». Startup Lisboa. 24 de setembro de 2015. Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  2. «Portal «ComparaJá.pt» marca a estreia portuguesa do maior grupo internacional de comparação financeira online». Barlavento. 16 de novembro de 2015. Consultado em 29 de novembro de 2020 
  3. «Nova Founders Capital». Wikipedia. 21 de abril de 2015. Consultado em 23 de dezembro de 2020 
  4. «CompareEuropeGroup». Medici - Enabling FinTech-at-Scale. 17 de julho de 2020. Consultado em 29 de dezembro de 2020 
  5. Laranjeiro, Ana (21 de fevereiro de 2018). «ComparaJá abre centro tecnológico em Lisboa e está a recrutar 50 pessoas». Jornal de Negócios. Consultado em 27 de dezembro de 2020 
  6. «Pacific Century Group». Wikipedia. 22 de abril de 2004. Consultado em 23 de dezembro de 2020 
  7. Pereira, João Pedro (11 de janeiro de 2020). «Dono do site ComparaJá angaria 20 milhões de investimento». Público. Consultado em 28 de dezembro de 2020 
  8. «2017 - FINTECH100 - Leading Global Fintech Innovators» (PDF). H2 Ventures e KPMG. 2017. Consultado em 23 de dezembro de 2020 
  9. Pimentel, Ana (11 de janeiro de 2017). «ComparaJá capta 20 milhões em investimento (incluindo de Peter Thiel)». Observador. Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  10. Lusa (17 de setembro de 2018). «Chauffeur Privé chega a Lisboa. Lei da Uber dá "segurança"». Jornal de Negócios. Consultado em 29 de dezembro de 2020 
  11. «José Figueiredo deixa gestora de fundos para reforçar direcção do ComparaJá.pt». Startup Lisboa. 20 de dezembro de 2016. Consultado em 23 de dezembro de 2020 
  12. Santos, Ana Sofia (10 de dezembro de 2018). «Conheça o top 10 dos 40 líderes empresariais do futuro». Expresso. Consultado em 23 de dezembro de 2020 
  13. Sarmento, António (16 de dezembro de 2019). «Unbabel eleita como a maior scaleup portuguesa em 2019». O Jornal Económico. Consultado em 23 de dezembro de 2020 
  14. Soares, Rosa (8 de março de 2017). «Poupança num crédito à habitação pode chegar a 23 mil euros». Público. Consultado em 21 de dezembro de 2020 
  15. «Procura o pacote de telecomunicações mais adequado? Compare tudo num só portal». pplware. 9 de maio de 2018. Consultado em 21 de dezembro de 2020 
  16. Ramalhete, Vera (21 de outubro de 2015). «ComparaJá.pt quer portugueses a comparar custos dos créditos». Jornal de Negócios. Consultado em 21 de dezembro de 2020 
  17. Soares, Rosa (8 de março de 2017). «Poupança num crédito à habitação pode chegar a 23 mil euros». Público. Consultado em 21 de dezembro de 2020 
  18. Pardal, João (17 de maio de 2017). «Plataforma online permite comparar pacotes de telecomunicações do mercado». BIT magazine. Consultado em 21 de dezembro de 2020 
  19. Moniz, João (10 de maio de 2018). «Simulador compara depósitos a prazo». Consultado em 21 de dezembro de 2020 

Ligações externas[editar]


Este artigo "ComparaJá.pt" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:ComparaJá.pt.



Read or create/edit this page in another language[editar]