You can edit almost every page by Creating an account. Otherwise, see the FAQ.

Cronologia da morte e funeral de estado de Isabel II do Reino Unido

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki

Esta cronologia de eventos relacionados à morte e funeral de estado de Isabel II do Reino Unido lista os horários no horário de verão britânico.

Antecedentes[editar]

Terça, 6 de setembro[editar]

Eventos[editar]

8 de setembro[editar]

  • 12h30: O Palácio de Buckingham anuncia publicamente que a rainha está "sob supervisão médica" no Castelo de Balmoral após médicos expressarem preocupação com sua saúde. A declaração dizia:[5][6]

Após avaliação mais aprofundada nesta manhã, os médicos da rainha estão preocupados com a saúde de Sua Majestade e recomendaram que ela permaneça sob supervisão médica. A Rainha continua confortável e em Balmoral.

O presidente da Câmara de Deputados, Lindsay Hoyle, faz uma breve declaração de bons votos, no Parlamento, em resposta.[3]

  • 12h40: A BBC, emissora nacional do Reino Unido, interrompe a programação normal do canal BBC One para cobrir continuamente as condições da Rainha, com todos os jornalistas e apresentadores da BBC vestidos de preto naquela tarde.[7] Reportagens especiais sobre as condições da rainha são veiculadas nos principais canais de televisão do Reino Unido, incluindo ITV, Channel 4, e Channel 5.[8]
  • 12h30 – 16h30: A Rainha morre.[9]
  • 16h30: O Secretário de Gabinete Simon Case informa a Primeira Ministra Truss sobre a morte da Rainha por volta desse horário.[10][11] Trinta minutos depois, o Príncipe William, o Príncipe Andrew, o Príncipe Edward e Sofia, Condessa de Wessex, chegam a Balmoral.[10]
  • 20h00: Príncipe Harry, que viajara sozinho e partira mais tarde que outros membros da família, chega a Balmoral.[2]

9 de setembro[editar]

O Rei Carlos III e a Rainha consorte Camilla viajam de Balmoral para o Palácio de Buckingham, onde cumprimentam a multidão do lado de fora dos portões.[23] O Rei então realiza uma audiência pessoal com a Primeira-ministra Truss, e presta homenagem à sua mãe em uma mensagem transmitida publicamente.[24][25] No Palácio de Westminster, Membros do Parlamento se reúnem para ler suas mensagens de condolências e homenagens.[26]

No primeiro discurso de Carlos como Rei, ele declara um período de luto que deve durar e ser observado pela família real e membros da casa real até sete dias após o funeral da rainha em 19 de setembro.[27] É ordenado que todas as bandeiras nas residências reais sejam baixadas a meio mastro, exceto o Estandarte Real que, de acordo com protocolo de longa data e desejo da falecida Rainha, continua hasteado a todo mastro sempre que o Rei estiver em uma das residências.[27] Todas as residências reais são fechadas até que ocorra o funeral.[27] Salva de 96 tiros é disparada no Hyde Park pela Cavalaria Real, na Torre de Londres pela Companhia de Artilharia Honorável, no Castelo de Edimburgo pela Artilharia Real, no Castelo de Cardiff e em Stonehenge pelo 104º Regimento da Artilharia Real, no Castelo de Caernarfon, no York Museum Gardens, e a bordo de navios da Marinha Real.[24][27][28][29][30][31][32] Um livro de condolências online é criado pelo site real.[27] Sinos da igreja tocam na Abadia de Westminster, na Catedral de São Paulo, e em outras igrejas em todo o Reino Unido.[30][33][34][35] No Castelo de Windsor, o Sino de Sebastopol, que só é tocado para marcar a morte de membros da realeza, toca 96 vezes, uma vez por minuto, das 12h às 13h35, marcando os 96 anos de vida da Rainha.[36] O Governo do Reino Unido publica um guia sobre detalhes do período de luto nacional, afirmando que empresas, serviços públicos, eventos esportivos, e locais públicos não são obrigados a fechar.[24]

Na Catedral de São Paulo, um serviço de oração e luto, com ingressos, é realizado às 18:00, com a presença de políticos de alto escalão e 2.000 membros do público.[24] A cerimônia marca a primeira versão oficial de "God Save the King" sob o reinado de Carlos.[37] A primeira-ministra faz uma leitura, e o Bispo de Londres fez um discurso, enquanto o Arcebispo de Canterbury fez as bênçãos.[37] O Prelúdio Solene "In Memoriam", de For the Fallen, de Edward Elgar, é tocado quando o culto está prestes a começar, e os hinos "All My Hope on God is Found" e "O Thou Who Camest from Above" foram escolhidos para o evento.[37]

10 de setembro[editar]

Às 11h00, salvas de 21 tiros na Torre de Londres, Castelo de Cardiff, Castelo de Edimburgo, Castelo de Cornet, Gibraltar e bases navais e estações no mar marcam a proclamação de Carlos III como rei. Após a cerimônia de proclamação, o rei cumprimenta multidões do lado de fora do Palácio de Buckingham. As principais estradas de Edimburgo são fechadas em preparação para o caixão da Rainha viajar de Balmoral para o Palácio de Holyroodhouse, após o qual o caixão é transferido para a Catedral de Santo Egídio para o público prestar suas homenagens. O Conselho da Cidade de Edimburgo é responsável pela organização do evento, em colaboração com o governo escocês e a polícia da Escócia. Os três filhos mais novos da Rainha, a Princesa Anne e seu marido Sir Timothy Laurence, o Príncipe Andrew, e o Príncipe Edward e sua esposa, a Condessa de Wessex, juntamente com cinco de seus netos: Peter Phillips, Zara Tindall, as Princesas Beatriz e Eugênia, e Lady Luísa Mountbatten-Windsor, participam de um culto em Crathie Kirk, e veem tributos florais fora de Balmoral. Os filhos do rei, Príncipe Guilherme e Príncipe Henrique, juntamente com suas esposas, Catarina, Princesa de Gales e a Meghan, Duquesa de Sussex, veem homenagens florais do lado de fora do Castelo de Windsor e cumprimentam o público trocando breves palavras.

Referências

  1. Max Foster, Lauren Said-Moorhouse (31 de agosto de 2022). «Queen won't return to London to appoint new British PM, for first time in her reign» [Rainha não voltará a Londres para nomear novo primeiro-ministro britânico, pela primeira vez em seu reinado]. CNN (em English). Warner Bros. Discovery. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  2. 2,0 2,1 Jonathan Prynn (9 de setembro de 2022). «Queen died 'with Charles and Anne by side as other royals dashed to Balmoral'» [Rainha morreu 'com Charles e Anne ao lado enquanto outros membros da realeza corriam para Balmoral']. Evening Standard (em English). Evgeny Lebedev. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  3. 3,0 3,1 Jessica Elgot (8 de setembro de 2022). «Ripple of rumour around the Commons as concern grows for the Queen» [Onda de boatos em torno da Câmara dos Deputados à medida que cresce preocupação com a rainha]. The Guardian (em English). Guardian Media Group. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  4. Dan Sabbagh (8 de setembro de 2022). «Whispers, hours of uncertainty – then news of the death of the Queen» [Sussurros, horas de incerteza – depois notícias da morte da Rainha]. The Guardian (em English). Guardian Media Group. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  5. Sean Coughlan (8 de setembro de 2022). «Queen under medical supervision at Balmoral» [Rainha sob supervisão médica em Balmoral]. BBC News (em English). BBC. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  6. Caroline Davies (8 de setembro de 2022). «Queen joined by royal family at Balmoral amid serious health concerns» [Rainha reunida com família real em Balmoral em meio a sérias preocupações de saúde]. The Guardian (em English). Guardian Media Group. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  7. «BBC One HD – Schedules, Thursday 8 September 2022» [BBC One HD – Programação, quinta-feira, 8 de setembro de 2022]. BBC (em English). 8 de setembro de 2022. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  8. Jesse Whittock (8 de setembro de 2022). «BBC Suspends Schedule As Concerns Grow Over Queen's Health; UK Broadcasters Cut Into Programs To Relay News» [BBC suspende programação à medida que crescem preocupações com a saúde da rainha; Emissoras do Reino Unido cortam programas para transmitir notícias]. Deadline Hollywood (em English). Penske Media Corporation. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  9. «Announcement of the death of The Queen» [Anúncio da morte da Rainha]. The Royal Household (em English). Crown Copyright. 8 de setembro de 2022. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  10. 10,0 10,1 Ben Quinn (8 de setembro de 2022). «Queen Elizabeth dies: key moments from a dramatic day» [Rainha Elizabeth morre: momentos-chave de um dia dramático]. The Guardian (em English). Guardian Media Group. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  11. «Politicians pay tribute to Queen's warmth and wisdom» [Políticos prestam homenagem ao carinho e à sabedoria da rainha]. BBC News (em English). BBC. 8 de setembro de 2022. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  12. «Queen Elizabeth II has died» [Morre a Rainha Elizabeth II]. BBC News (em English). BBC. 8 de setembro de 2022. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  13. Caroline Hallemann (8 de setembro de 2022). «Queen Elizabeth, the Longest-Reigning British Monarch in History, Has Died» [Morre a rainha Elizabeth, a monarca britânica com o reinado mais longo da história]. Town & Country (em English). Hearst Magazines. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  14. The Royal Family [RoyalFamily] (8 de setembro de 2022). «The Queen died peacefully at Balmoral this afternoon. The King and The Queen Consort will remain at Balmoral this evening and will return to London tomorrow.» (Tweet). Consultado em 11 de setembro de 2022 – via Twitter 
  15. «UK channels suspend broadcasts following Queen's death» [Canais do Reino Unido suspendem transmissões após morte de Queen]. RXTV (em English). RXTV Info AIS. 8 de setembro de 2022. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  16. CBBC Channel - announcement of the death of Queen Elizabeth II (8th September 2022) (vídeo) (em English). CBBC. 8 de setembro de 2022. Em cena em 2:05. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  17. «CBeebies – Schedules, Thursday 8 September 2022» [CBeebies - Programação, quinta-feira, 8 de setembro de 2022]. BBC (em English). 8 de setembro de 2022. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  18. Mark Sweney, Jim Waterson (8 de setembro de 2022). «BBC One announces Queen's death and plays national anthem» [BBC One anuncia morte da Rainha e toca hino nacional]. The Guardian (em English). Guardian Media Group. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  19. «UK and world react to death of Queen Elizabeth II» [Reino Unido e mundo reagem à morte da rainha Elizabeth II]. BBC News (em English). BBC. 8 de setembro de 2022. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  20. 20,0 20,1 «Queen Elizabeth II: Flags lowered as Queen's death announced» [Rainha Elizabeth II: bandeiras baixadas quando a morte da rainha foi anunciada]. BBC (em English). 8 de setembro de 2022. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  21. Mary-Kate Findon (8 de setembro de 2022). «Balmoral Castle flies union jack at half-mast following death of Queen Elizabeth II» [Castelo de Balmoral coloca bandeira a meio mastro após morte da Rainha Elizabeth II]. The Independent (em English). Evgeny Lebedev. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  22. «Queen Elizabeth II death: Cardiff Castle flag lowered» [Morte da Rainha Elizabeth II: bandeira do Castelo de Cardiff baixada]. BBC News (em English). BBC. 8 de setembro de 2022. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  23. «WATCH: King Charles III greets mourners at Buckingham Palace» [ASSISTA: Rei Carlos III Cumprimenta Públco no Palácio de Buckingham]. BBC News (em English). BBC. 9 de setembro de 2022. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  24. 24,0 24,1 24,2 24,3 George Bowden (9 de setembro de 2022). «King Charles III pays tribute to his mother in first speech» [Rei Carlos III presta homenagem à mãe em primeiro discurso]. BBC News (em English). BBC. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  25. George Bowden (9 de setembro de 2022). «King Charles III's address to the nation and Commonwealth in full» [Discurso do Rei Carlos III à nação e à Commonwealth na íntegra]. BBC News (em English). BBC. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  26. George Bowden (9 de setembro de 2022). «Queen Elizabeth II: MPs share funny and moving memories of Queen» [Rainha Elizabeth II: deputados compartilham memórias engraçadas e comoventes da Rainha]. BBC News (em English). BBC. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  27. 27,0 27,1 27,2 27,3 27,4 «Mourning and Condolence arrangements at the Royal Residences» [Protocolos de luto e condolências nas Residências Reais]. The Royal Household (em English). Crown Copyright. 9 de setembro de 2022. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  28. «Edinburgh Castle gun salute as Scotland mourns Queen's death» [Salva de tiros no Castelo de Edimburgo enquanto a Escócia lamenta a morte da rainha]. BBC News (em English). BBC. 9 de setembro de 2022. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  29. «Queen Elizabeth II: Gun salute tribute in Cardiff» [Rainha Elizabeth II: Homenagem de salva de tiros em Cardiff]. BBC News (em English). BBC. 9 de setembro de 2022. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  30. 30,0 30,1 «The Queen: Gun salutes held across Wales to honour the Queen» [A Rainha: Salva de tiros realizada em todo o País de Gales para homenagear a Rainha]. BBC News (em English). BBC. 9 de setembro de 2022. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  31. «Queen Elizabeth II: Gun salute tribute fired at Stonehenge» [Rainha Elizabeth II: Homenagem de salva de tiros disparada em Stonehenge]. BBC News (em English). BBC. 9 de setembro de 2022. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  32. George Bowden (9 de setembro de 2022). «Queen Elizabeth II: Yorkshire pays tribute to her 'faithful presence'» [Rainha Elizabeth II: Yorkshire presta homenagem à sua 'presença fiel']. BBC News (em English). BBC. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  33. «Queen Elizabeth II: Bells ring out in tribute to monarch» [Rainha Elizabeth II: sinos tocam em homenagem à monarca]. BBC News (em English). BBC. 9 de setembro de 2022. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  34. «Queen Elizabeth II: Tributes as bells ring across the East» [Rainha Elizabeth II: Homenagens enquanto sinos tocam no Leste]. BBC News (em English). BBC. 9 de setembro de 2022. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  35. «Queen Elizabeth II: Church bells ring across Wales» [Rainha Elizabeth II: sinos de igreja tocam no País de Gales]. BBC News (em English). BBC. 9 de setembro de 2022. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  36. Daniel Capurro (9 de setembro de 2022). «Sebastopol bell at Windsor tolls 96 times to mark Queen Elizabeth II's life» [Sino de Sebastopol em Windsor toca 96 vezes para marcar a vida da rainha Elizabeth II]. MSN (em English). Microsoft. Consultado em 11 de setembro de 2022 
  37. 37,0 37,1 37,2 Tom Gillespie (9 de setembro de 2022). «God Save The King sang at end of memorial service for Queen at St Paul's Cathedral» [God Save The King cantado no final do serviço memorial para a Rainha na Catedral de São Paulo]. Sky News (em English). Sky Group. Consultado em 11 de setembro de 2022 


Este artigo "Cronologia da morte e funeral de estado de Isabel II do Reino Unido" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Cronologia da morte e funeral de estado de Isabel II do Reino Unido.



Read or create/edit this page in another language[editar]