You can edit almost every page by Creating an account. Otherwise, see the FAQ.

Dilar Dirik

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki


Dilar Dirik
 Edit this InfoBox
D Dirik.jpg
Dirik em 2018
Nome completo
Nascimento 1991 (33 anos)
Antáquia, Turquia (diáspora curda)
Morte
Nacionalidade
Alma mater Universidade de Cambridge
Ocupação
Principais trabalhos The Kurdish women's movement: history, theory, practice (2022)
Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

Dilar Dirik (Antáquia, 1991) é uma socióloga curda-inglesa e militante do movimento das mulheres (YPJ) do curdistão.[1][2][3][4] É bacharela em História e Ciência Política, com graduação em Filosofia e mestrado em Estudos Internacionais.

Dirik estuda seu pós-doutoramento em Sociologia na Universidade de Cambridge, onde trabalha como professora lecionando a disciplina "Apátrida: Política, Conhecimento e Resistência" dentro do núcleo de Estudos de Refugiados e Migração Forçada.[5] Também em Cambridge, Dirik participa do grupo de pesquisa de "Temas de Justiça e Autonomia no Curdistão", junto ao qual já publicou diversos artigos.[6]

Sociologia e ativismo[editar]

Dirik escreve continuamente sobre as lutas do povo curdo, principalmente os desenvolvimentos da região autônoma de Rojava, e costuma conceder diversas entrevistas sobre os temas em que é especialista.[7]Dimitrakaki, Angela; Lloyd, Kirsten (2 de janeiro de 2017). «Social Reproduction Struggles and Art History». Third Text. pp. 1–14. doi:10.1080/09528822.2017.1358963. Consultado em 30 de dezembro de 2021 [8] Dirik já publicou diversos livros e artigos, como também contribuiu com jornais como Al Jazeera, ROAR Magazine, New Democracy, Open Democracy e New Internationalist.[9][10][11][12] Em dezembro de 2014, ela participou da delegação de pesquisadores para o território autônomo de Rojava, junto com David Graeber, Janet Biehl, entre outros.[13]

Dirik escreveu sobre o Confederalismo Democrático, a Jineologia, democracias sem Estado ou democracias radicais, sobre o regime político turco, a formação social das diversas tribos curdas e a interseccionalidade entre a luta das mulheres e as lutas anticapitalistas e anti-imperialistas.[carece de fontes?]

Obras[editar]

Português[editar]

  • Co-autoria - A Revolução Ignorada: Liberação da Mulher, Democracia Direta e Pluralismo Radical no Oriente Médio. Autonomia Literária; 2ª edição (1 janeiro 2017).[14]

Inglês[editar]

  • Feminism and the Kurdish Freedom Movement: History, Theory, Practice[15]
  • Stateless citizenship: ‘radical democracy as consciousness-raising’ in the Rojava revolution (Informa UK Limited, 2021)[16]
  • Co-autoria - To Dare Imagining: Rojava Revolution
  • Co-autoria - Towards Stateless Democracy: Ideological Foundations of Rojava Autonomy and the Kurdish Movement in Turkey

Ver também[editar]

Referências

  1. Carvalho, Eliane K. "Rojava: uma revolução contra o estado." ECOPOLÍTICA 16 (2016).
  2. Dilar Dirik, University of Oxford
  3. Steerpike. «Meet the academics behind the Rhodes boycott». www.spectator.co.uk (em English). The Spectator. Consultado em 30 de dezembro de 2021 
  4. Ballast (4 de março de 2021). «BALLAST • Rojava : la révolution des femmes». BALLAST (em français). Consultado em 30 de dezembro de 2021 
  5. «Dilar Dirik». www.rsc.ox.ac.uk (em English). Consultado em 14 de dezembro de 2021 
  6. «Justice and Autonomy Quests in Kurdistan — Refugee Studies Centre». www.rsc.ox.ac.uk. Consultado em 14 de dezembro de 2021 
  7. Dimitrakaki, Angela; Lloyd, Kirsten (2 de janeiro de 2017). «Social Reproduction Struggles and Art History». Third Text. pp. 1–14. doi:10.1080/09528822.2017.1358963. Consultado em 30 de dezembro de 2021 
  8. Souvlis, George; Dirik, Dilar (8 de março de 2017). «The Kurdish Struggle: An Interview with Dilar Dirik» (em English). Consultado em 14 de dezembro de 2021 
  9. Dilar Dirik, Aljazeera
  10. «Artigos de Dilar Dirik». New Democracy. 13 de dezembro de 2021 
  11. «Author - Dilar Drik». openDemocracy (em English). Consultado em 14 de dezembro de 2021 
  12. «Artigos de Dilar Dirik». New Internationalist. 13 de dezembro de 2021 
  13. «Joint statement of the academic delegation to Rojava». ROAR Magazine. 13 de dezembro de 2021 
  14. Dirik, Dilar (2018). A Revolução Ignorada Liberação Da Mulher, Democracia Direta e Pluralismo Radical No Oriente Médio. São Paulo: Autonomia Literária. OCLC 1281971608 
  15. Dirik, Dilar (20 de julho de 2022). The Kurdish Women's Movement: History, Theory, Practice (em English). [S.l.: s.n.] 
  16. Dirik, Dilar (8 de setembro de 2021). «Stateless citizenship: 'radical democracy as consciousness-raising' in the Rojava revolution». Identities (0): 1–18. ISSN 1070-289X. doi:10.1080/1070289X.2021.1970978. Consultado em 14 de dezembro de 2021 

Bibliografia[editar]

Ligações externas[editar]


Ícone de esboço Este sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.



Outros artigos dos temas Turquia E MulheresYaprak Özdemiroğlu, Pınar Öğün, Burcu Görek

Outros artigos dos temas Mulheres E FeminismoMulher, Valeska Zanello, Feminismo, Cura da Terra, Direitos da mulher, Feministas, Fernanda Terra

Outros artigos do tema Turquia : Santa Sofia, Adanalı, Relações entre Portugal e Turquia, Fatih Portakal, Séculos na Turquia, Pınar Öğün, Burcu Görek

Outros artigos do tema Mulheres : Rita Lee, Keruse Bongiolo, Flávia Joana Brito, Amanda Furtado, Bird (cantor), Anitta, Burcu Görek

Outros artigos do tema Feminismo : Direitos da mulher, Feminismo, Fernanda Terra, Mulher, Cura da Terra, Feministas, Valeska Zanello

Outros artigos do tema Anarquismo : Sociedade da Guilhotina, Wallace dos Santos de Moraes, Mutualismo: Um Fator de Evolução, Valter Bitencourt Júnior

Outros artigos do tema Socialismo : Coordenador Nacional do Bloco de Esquerda


Erro Lua em Módulo:Controle_de_autoridade na linha 131: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).Erro Lua em Módulo:Taxonbar na linha 147: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).Erro Lua em Módulo:Medbar na linha 131: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).


Este artigo "Dilar Dirik" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Dilar Dirik.



Read or create/edit this page in another language[editar]