Welcome to EverybodyWiki ! Nuvola apps kgpg.png Sign in or create an account to improve, watchlist or create an article like a company page or a bio (yours ?)...

Eloy Casagrande (professor)

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Eloy Fassi Casagrande Junior (Curitiba, 18 de outubro de 1959) é um professor, designer, ativista [1]e socioambientalista brasileiro[2].

PhD em Engenharia de Recursos Minerais e Meio Ambiente.

Seu principal projeto é o Escritório Verde, premiado internacionalmente[3][4], com propósito de inovar na construção civil e abrir um espaço de interação entre a universidade e a comunidade, para discussões e desenvolvimento de projetos visando tornar as cidades mais humanas e sustentáveis.

É casado com a Libia Patrícia Peralta Agudelo, doutora em Ecologia da Paisagem (Universidade de Nottingham, Reino Unido) e consultora em certificações sustentáveis para a construção civil.

Escritório Verde[5][6][7][8][9][10][11][editar]

O Escritório Verde do campus Curitiba da UTFPR é ponto de referência no quesito sustentabilidade e inovação no Brasil e expande suas fronteiras para além do país. Idealizado em 2010, o projeto uniu esforços de acadêmicos e especialistas da Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Desde sua inauguração em 2011, recebe semanalmente visitas de escolas, universitários, professores, pesquisadores, empresários, delegações internacionais, entre outros, tornando-se uma vitrine de tecnologias e materiais sustentáveis. Sendo sua construção e desempenho acompanhado por alunos de graduação, mestrado e doutorado, o Escritório Verde se tornou um "laboratório vivo" de pesquisa, comprovando sua eficiência ambiental, técnica e econômica.

Já em 2011, os planos saíram do papel e a construção tomou forma, como explica Eloy Casagrande, coordenador do Escritório Verde e professor da UTFPR no departamento acadêmico de Construção Civil (DACOC): “Foi o projeto da UTFPR com maior número de apoiadores em toda a história da Universidade, com mais de 50 parcerias”.

O projeto buscava entender por que o uso da madeira estava sendo reduzido em construções civis. A partir disso, a decisão foi realizar uma construção “carbono zero”, usando a técnica Wood Frame, que se trata de uma estrutura de madeira que reduz o tempo de entrega, evita desperdícios e diminui significativamente a geração de lixo.

De acordo com Eloy Casagrande, o escritório foi pioneiro em Curitiba no uso de telhado verde, sistema que equilibra a temperatura nos ambientes internos, e provou que é possível a captação de energia solar na capital paranaense. Com ajuda da Copel e empresas do setor, foi possível realizar a ideia de gerar energia fotovoltaica (energia da luz do Sol) e o escritório se tornou “energia positiva”, ou seja, produz mais do que consome. Além disso, a construção conta com sistema de coleta da água da chuva, que reduz em, aproximadamente, 50% o uso da água encanada.


Eloy Casagrande reforça a ideia de que uma construção sustentável e inovadora no Brasil é possível, e não só em países do primeiro mundo; “com o escritório verde, as ideias de sustentabilidade ficam mais concretas; o que tentamos mostrar no projeto do escritório é a integração de todas as escolhas sustentáveis em uma construção”, esclarece. Com esse potencial, iniciou-se também um curso de Especialização em Construção Sustentável (CECONS) em 2012, sendo que o EV oferece seu espaço para aulas e seminários. Desde então, mais de 250 arquitetos e engenheiros já concluíram o curso. O professor Eloy Casagrande é docente no curso e foi seu coordenador de 2012 a 2017.

Outros Projetos[editar]

Casa Ecológica (Ano 2000)[12][editar]

No fim dos anos 90, o Professor Eloy Casagrande e sua esposa, a Professora Patricia Peralta, com o intuito de provar a potência de uma construção sustentável, projetaram e construíram a Casa Ecológica no bairro Pilarzinho, em Curitiba. Como cita Juliana Sartori em matéria no site Bem Paraná "a residência é feita de materiais reciclados, aproveitamento de materiais de demolição e com tecnologias alternativas para uso da água e energia elétrica".[13]

Em entrevista ao grupo Cimento Itambé[14], Professor Eloy falou sobre o projeto "A gente sempre diz que uma obra é 70% planejamento e 30% execução. [...] A primeira situação é ver o terreno em que será construída a obra, respeitando as condições físicas, geográficas do local, não fazendo muitas movimentações de terra, não desmatando, preservando o máximo possível. É preciso verificar também se há alguma fonte de água, a qual precisa ser respeitada. [...] A outra situação é a questão dos materiais. É preciso fazer um check list sobre o impacto que os materiais irão causar".

CRIE_Curitiba - Centro Regional Integrado de Expertise de Educação para a Desenvolvimento Sustentável (Ano 2007)[editar]

O “CRIE_Curitiba - Centro Regional Integrado de Expertise de Educação para a Desenvolvimento Sustentavel“, faz parte dos RCEs (Regional Centre of Expertise), uma rede coordenada pela Universidade das Nações Unidas (UNU-ONU), e que reúne mais de 175 centros criados para implantação de programas e projetos na área de educação para o desenvolvimento sustentável[15]. O CRIE_Curitiba é coordenado pelo Prof. Eloy Casagrande e tem sua sede no Escritório Verde da UTFPR, tendo ainda como parceiros a Universidade Federal do Paraná (UFPR), a Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) e o Instituto Superior de Administração e Economia (ISAE), que reúnem-se periodicamente para planejar e alinhar ações.[16].Em 2010, o CRIE_Curitba sediou o encontro mundial de todos os centros da UNU/ONU em parceria com FIEPR - Federação das Indústrias do Estado do Paraná. [17]

Projeto Papel Social na Vila Torres[18] (Ano 2007)[editar]

Coordenado pela Prof. Dr. Patricia Peralta e em parceria com o Instituto Lixo Cidadania e financiado pelo CNPq, o projeto objetivou implantar uma usina de reciclagem de papel artesanal em comunhão com uma cooperativa de catadores, como uma alternativa de geração de renda para cerca de cinquenta catadores de resíduos recicláveis. Foi implantado na Vila Torres, uma comunidade de baixa renda de Curitiba, onde se realizou a capacitação dos catadores para a produção de produtos de papel coletado com design diferenciado. O prof. Eloy Casagrande participou como vice-coordenador do projeto pela empresa DesignErê, incubada na UTFPR e pelo Programa de Pós-Graduação em Tecnologia e Sociedade (PPGTE).

O Projeto Papel Social foi tema de pesquisa de mestrado de Elisete Ferreira, “Dinâmicas de apropriação do conhecimento por famílias de catadores de material reciclável: políticas públicas, projetos e tecnologias sociais“, junto ao Programa de Pós-Graduação em Tecnologia e Sociedade (PPGTE), Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).

Por um Passeio Público do futuro (Ano 2013)[19][20][editar]

Os alunos do curso de especialização em Construções Sustentáveis da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), coordenado pelo professor doutor Eloy Casagrande Junior (2012-2017), propuseram sugestões para uma revitalização arquitetônica-ambiental do parque. Os 25 alunos se dividiram em seis equipes. Cada uma apresentou um projeto, que ficou exposto no Passeio Público por oito dias, de 4 a 12 de maio de 2013.

"As novas gerações estão aqui ao lado. No Colégio Estadual, na Casa do Estudante Universitário, frequentando o Teatro Guaíra. Não podemos mais pensar no parque apenas com foco na nostalgia". Revitalização das gaiolas, uma nova proposta para o restaurante, a expansão da feira de orgânicos e até um mirante.

Projeto VAMOS - Programa ERASMUS para 2021-2022 "Cooperation for innovation and the exchange of good practices - Capacity Building in the field of Higher Education (Ano 2020)[editar]

Cordenado a partir da Universidade de Upsala, na Suécia, o projeto VAMOS integra três universidades brasileiras, entre elas a UTFPR, da qual o prof. Eloy Casagrande é o coordenador, uma italiana e três de Honduras, além da UNICollaboration -- um consórcio de várias universidades europeias para desenvolvimento de métodos inovadores de aprendizado on-line e que tem o envolvimento de alunos em interação e colaboração com classes em locais distantes, sob a orientação de professores ou facilitadores treinados. O objetivo do projeto é criar capacidade para colaboração internacional inovadora e aprendizado conjunto, com foco em espaços de aprendizado para a Educação a Distância (EAD) e para cursos / projetos de intercâmbio virtual que abordem questões dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). O orçamento do projeto além de financiar os encontros presenciais e virtuais entre professores e alunos envolvidos, também contempla a montagem de uma sala moderna para EAD na UTFPR. [21]

Prêmios[editar]

  • IX Prêmio Banco Real / Universidade Solidária para Desenvolvimento Sustentável com ênfase em geração de renda, Universidade Solidária e Banco Real (2004), com o projeto “O bambu como matéria-prima sustentável para a geração de renda e inclusão social no município de Fazenda Rio Grande[22] - Paraná”
  • Prêmio Internacional Melhores Práticas em Educação para o Desenvolvimento Sustentável (2012), da Rede de Centros de Expertise (RCEs- Regional Centre of Expertise) da Universidades das Nações Unidas (UNU), da Organização das Nações Unidas (ONU), com o projeto do Escritório Verde.
  • Prêmio Santander Universidades Guia do Estudante (2012) na área Sustentabilidade, com o projeto Escritório Verde.[23]
  • Selo SESI ODS 2017 - Categoria Instituição de Ensino [24] - reconhecimento pelo trabalho em prol dos ODS - Objetivos do Desenvolvimento Sustentável através do projeto Escritório Verde da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campus Curitiba.
  • Prêmio "Ecologia e Ambientalismo" da Câmara Municipal de Curitiba[25], em 2019, pela trajetória como professor na área ambiental.
  • Prêmio Talentos do Brasil na área de sustentabilidade (Revista Contigo, 2011), eleito por jornalistas do Paraná.[26]
  • Homenagem na Câmara Municipal de Curitiba - "Votos de Congratulações e Aplausos" pelos serviços prestados à Educação (2014)[27]
  • Homenagem na Assembléia Legislativa do Paraná - "Menção Honrosa" pelos vinte anos de atuação no Programa de Pós-Graduação em Tecnologia (PPGTE), da UTFPR[28]

Formação e carreira docente[editar]

Eloy Casagrande é graduado em Design pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, PhD em Engenharia de Recursos Mineirais e Meio Ambiente pela Universidade de Nottingham (Reino Unido) e Pós-Doutor em Inovação Tecnonológica e Sustentabilidade pela Universidade Técnica de Lisboa (Portugal).

É Auditor Ambiental pelo EARA – Environmental Auditors Registration Association, Reino Unido (parceria dentro da UTFPR); Agente ZERI – Zero Emission Research Initiatives - Fundação ZERI Internacional, Universidade das Nações Unidas, Genebra (ZERI Brasil); Fez estágio pelo programa DAAD Brasil-Alemanha, junto ao Instituto de Pesquisa em Energia e Meio Ambiente (IFEU, Heidelberg) e foi Prof. Visitante da Unidade de Investigação em Design e Comunicação - UNIDCOM/IADE (Instituto de Artes, Marketing e Design), Lisboa, Portugal (2007); Foi Coordenador do 'Consórcio Sustentabilidade Brasil – Estados Unidos CAPES/FIPSE' - Programa de intercâmbio de estudantes de eng. civil, arquitetura e paisagismo e sustentabilidade, com a PUC-RS e universidades americanas (Ball State University, Indiana e University of Texas, em Austin) 2004-2008.

Foi pesquisador com bolsa de recém-doutor junto ao NIMAD (Núcleo Interdisciplinar de Meio Ambiente e Desenvolvimento), UFPR, 1997), onde foi um dos organizadores da conferência para discutir proposta de implantação de uma termelétrica a carvão em Pontal do Paraná, em frente a Ilha do Mel e que ameaçava causar grandes impactos socioambientais. A conferência fazia parte do movimento "Termelétrica Não" e que influenciou na decisão do estado em cancelar o projeto. Atualmente é professor do Programa de Pós-Graduacão em Tecnologia e Sociedade (PPGTE) e do curso de graduação em Engenharia Civil, da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (antigo CEFET-PR) e professor adjunto do doutorado interinstitucional com a Universidade Federal do Piauí (DINTER PPGTE/UTFPR-UFPI). Lidera o Grupo de Pesquisa TEMA-Tecnologia e Meio Ambiente registrado junto ao CNPq e também ministra aulas nos Cursos de Especialização em Construções Sustentáveis (CECONS) e Gerenciamento de Obras (GEOB). Publicou 65 artigos em periódicos especializados, mais de 100 trabalhos em anais de eventos. possui 03 livros publicados e 10 capítulos de livros publicados. Orientou 06 teses de doutorado, 45 dissertações de mestrado e mais de 20 trabalhos entre monografias de especialização, pesquisas de iniciação cientifica e trabalhos de conclusão de curso nas áreas ecodesign, tecnologia apropriada, arquitetura e construções sustentáveis e educação ambiental. Atualmente atua na área de inovação tecnológica, com enfase em desenvolvimento sustentável[29]. É consultor ad hoc nas áreas de meio ambiente e design do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico- CNPq/MEC e da Fundação Araucária, Paraná.

Representações[editar]

Representante da UTFPR na Agenda 21 Paraná da SEMA-Secretária de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Paraná (2006-2012); Ex-presidente da Câmara Temática de Meio Ambiente e Sustentabilidade da Secretaria de Estado para Assuntos da Copa do Mundo 2014 do Paraná (2013);

Representante atual da UTFPR: 1)“Centro Universitário de Estudos e Pesquisas sobre Desastres (CEPED/PR)”, Governo Estadual do Paraná; 2) "Consórcio Brasil-Holanda para aumento do potencial de Ciclomobilidade em Curitiba" (PMC e UFPR, UTFPR, PUC-PR e UP; 3) "Comitê interinstitucional Curitiba 2035", secretário da área de meio ambiente (PMC); 4) "Cátedra Ozires Silva de Empreendedorismo e Inovação Sustentáveis" (ISAE-Escola de Negócios e FGV-Fundação Getúlio Vargas) que promove anualmente o Prêmio Ozires Silva para os melhores projetos nas áreas de empreendedorismo e sustentabilidade de todo o país.

É ainda membro do Conselho Fiscal do Instituto de Estudos Amazônicos (IEA), membro do Conselho Técnico da Fundação Prof. João Jose Bigarella (FUNABI) e representante na Região Sul da ABMTENC - Associação Brasileira de Materiais e Tecnologias Não Convencionais;


Referências

  1. «Crimes socioambientais e o modelo de educação cartesiana». Plural. 11 de fevereiro de 2019. Consultado em 31 de julho de 2020 
  2. buscatextual.cnpq.br http://lattes.cnpq.br/8353762351277382. Consultado em 31 de julho de 2020  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  3. «Iniciativa verde premiada». Gazeta do Povo. Consultado em 31 de julho de 2020 
  4. «Escritório Verde do campus Curitiba é referência internacional». Universidade Tecnológica Federal do Paraná UTFPR. Consultado em 31 de julho de 2020 
  5. Júnior, Valsui (24 de abril de 2016). «Meio acadêmico incentiva pesquisa em construções sustentáveis». Jornal Comunicação. Consultado em 31 de julho de 2020 
  6. Redação. «Educação para o Desenvolvimento Sustentável: Sonhamos e praticamos! artigo de Eloy Casagrande». EcoDebate. Consultado em 31 de julho de 2020 
  7. «Uma usina solar no Centro de Curitiba». Gazeta do Povo. Consultado em 31 de julho de 2020 
  8. Revista, Blog Da (segunda-feira, 31 de janeiro de 2011). «A revista do desenvolvimento sustentável corporativo: ESCRITÓRIO VERDE COMEÇA A SER CONSTRUÍDO NA UTFPR». A revista do desenvolvimento sustentável corporativo. Consultado em 31 de julho de 2020  Verifique data em: |data= (ajuda)
  9. «Revista ECO•21». www.eco21.com.br. Consultado em 31 de julho de 2020 
  10. «Casas passivas: baixo ou nulo consumo de energia, conforto térmico e ganho sustentável». Madeira e Construção. 13 de fevereiro de 2019. Consultado em 31 de julho de 2020 
  11. «Curitiba do Futuro: Escritório Verde da UTFPR propõe novos projetos de construção e geração de energia». CBN Curitiba. 13 de março de 2020. Consultado em 31 de julho de 2020 
  12. Londrina, Folha de. «Lar ecológico e aprazível». Folha de Londrina. Consultado em 31 de julho de 2020 
  13. Paraná, Jornal Bem. «Era uma casa engraçada e ecológica - Bem Paraná». www.bemparana.com.br. Consultado em 31 de julho de 2020 
  14. Itambé, Cimento. «Arquitetura sustentável requer estratégia | Cimento Itambé». Consultado em 31 de julho de 2020 
  15. https://www.rcenetwork.org/portal/rces-worldwide
  16. https://www.ufpr.br/portalufpr/noticias/instituicoes-planejam-acoes-para-fortalecer-o-centro-regional-de-integracao-e-expertise-em-educacao-para-o-desenvolvimento-sustentavel/
  17. http://www.rcecuritiba.ufpr.br/
  18. «UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TECNOLOGIA - PDF Download grátis». docplayer.com.br. Consultado em 31 de julho de 2020 
  19. «Novas ideias para um outro Passeio». Gazeta do Povo. Consultado em 31 de julho de 2020 
  20. «Por um Passeio Público do futuro». Gazeta do Povo. Consultado em 31 de julho de 2020 
  21. https://eacea.ec.europa.eu/erasmus-plus/selection-results/capacity-building-in-field-higher-education-2020_en
  22. «Bambu vira fonte de renda em Fazenda Rio Grande | Notícias». Tribuna PR - Paraná Online. 5 de junho de 2004. Consultado em 31 de julho de 2020 
  23. «Confira os vencedores do Prêmio Santander Universidades 2012». Administradores.com. Consultado em 31 de julho de 2020 
  24. https://www.sesipr.org.br/FreeComponent67content353060.shtml
  25. «Preocupação com a Amazônia marca entrega de prêmio na CMC - 29/08/2019 - Notícias - CÂMARA MUNICIPAL DE CURITIBA». Câmara Municipal da Curitiba - Assessoria de Comunicação. Consultado em 31 de julho de 2020 
  26. «Porcão em Curitiba». Gazeta do Povo. Consultado em 31 de julho de 2020 
  27. http://www.assembleia.pr.leg.br/comunicacao/noticias/sessao-solene-destaca-os-dez-anos-da-utfpr-e-os-vinte-anos-do-seu-programa-de-pos-graduacao-em-tecnologia
  28. http://www.assembleia.pr.leg.br/comunicacao/noticias/sessao-solene-destaca-os-dez-anos-da-utfpr-e-os-vinte-anos-do-seu-programa-de-pos-graduacao-em-tecnologia
  29. «Capa». Universidade Tecnológica Federal do Paraná UTFPR. Consultado em 1 de agosto de 2020 


Este artigo "Eloy Casagrande (professor)" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Eloy Casagrande (professor).


Compte Twitter EverybodyWiki Follow us on https://twitter.com/EverybodyWiki !

Farm-Fresh comment add.png You have to Sign in or create an account to comment this article !<comment-streams/>