Welcome to EverybodyWiki 😃 ! Nuvola apps kgpg.png Log in or ➕👤 create an account to improve, watchlist or create an article like a 🏭 company page or a 👨👩 bio (yours ?)...

Epicenity

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki

Epicenity (epicenidade, epicenismo ou epicenia, em traduções livres) é a falta de distinção de gênero, muitas vezes reduzindo a ênfase no masculino para permitir o feminino. Inclui a androginia – ter características masculinas e femininas.[1]

O adjetivo gênero-neutro pode descrever epicenidade e ambos os termos estão relacionados aos termos linguagem neutra em gênero, pronome epiceno e unissex.[2]

Etimologia[editar]

Na antiguidade, epicoeno (epicoene, epicœne, epicœno, epicœna ou epicoena) deriva o nome da bola epíkoinos (έπίκοινοσ, sórdido, banal, comum para muitas pessoas, coisas, etc.), com que participavam de um jogo violento entre duas equipes, chamado epísquiro (έπίσκυροσ). Formado pelo prefixo epi-, que significa "em cima" ou "acima", sinonímia de sobre-, bem como super- e supra-, e o sufixo κοινός (koinós, “comum, geral”). Com a latinização, a ideia de tomar posse da bola pela força (arrebatar a bola) ganhou ainda mais terreno.[3][4][5]

Usos especializados[editar]

Linguística[editar]

Na linguística, uma palavra epicena ou epicênica tem a mesma forma para os referentes masculinos e femininos. Em alguns casos, o termo comum também é usado, mas não deve ser confundido com comum ou apelativo como contrário ao apropriado (como em nome próprio), como em comum de dois gêneros e gênero comum (em sueco: utrum). Em inglês, por exemplo, os substantivos epicenos (ou comuns) cousin e violinist (primo(a) ou violonista) pode se referir a um homem ou uma mulher, e por isso pode o pronome epiceno (ou comum) one. O substantivo aeromoça (stewardess) e os pronomes no singular da terceira pessoa he e she, por outro lado, não são epicenos (ou comuns),[6] diferente do português, em que ela e ele podem ser epicenos, em concordância gramatical a palavras de gênero fixo (ou invariável), como nos substantivos sobrecomuns "testemunha" e "indivíduo", podendo ela, a testemunha, ou ele, o indivíduo, ser tanto um homem quanto uma mulher.[7]

Em idiomas com gênero gramatical, o termo epicene pode ser usado em duas situações distintas:[6]

Proponent of pronoun "they" representing someone who doesn’t identify with a binary gender, at the Boston Pride parade.
Proponente do pronome "they" representando alguém que não se identifica com um gênero binário, na parada do Orgulho de Boston.[8]
  • A mesma palavra pode se referir a antecedentes masculinos e femininos, mantendo seu próprio gênero gramatical masculino ou feminino. Por exemplo, grego clássico λαγώς (lagṓs) "lebre" é masculina, mas pode se referir a lebres masculinas e femininas (lebre-macha, lebre-macho e lebre-fêmea) e ἀλώπηξ (alṓpēks) "raposa" é feminina, mas pode se referir a raposas masculinas e femininas (raposos, raposes e raposas).[9] Para este significado, o termo comum é diferente de epiceno ou epicênico.
  • Um artigo, substantivo, adjetivo ou pronome tem formas masculinas e femininas idênticas, mas nem sempre seguem um padrão de concordância. Por exemplo, em francês, o substantivo enfant "criança" e o adjetivo espiègle "travesso" podem ser masculinos ou femininos, mas são diferenciados pelo artigo:
uma criança travessa
un enfant espiègle (masc) um menino travesso
une enfant espiègle (fem) uma menina travessa
A diferença se dá entre un (um) e une (uma). O mesmo acontece em francês com as contrações aux (à + les), os artigos plurais e singulares elidido (l'), definido (les) e indefinido (des) quando em contato com o substantivo, então o adjetivo tem a tarefa de sinalizar o gênero.[10]
les adultes français (masc) os adultos franceses
les adultes françaises (fem) as adultas francesas
  • No entanto, pode haver casos em que o acordo não pode forçar a desambiguação, mesmo com a presença de pronome, artigo, substantivo e adjetivo quando todos são epicênicos:
moi, l'éleve moldave "eu, o estudante moldavo"

Isso pode ser ainda mais complicado quando se trata de francês falado (quando algumas nuances ortográficas são perdidas) ou se refere a entidades biológicas de gênero não binário, como o caracol hermafrodita ou plantas dióicas. No português, sendo a neutralidade de gênero e a epicenidade permutáveis, palavras que não tenham gênero fixo e que se apliquem a ambos os gêneros, como aborígene, alienígena, inteligente, agente, panda, colega, fã, chefe, homossexual e artista, também são consideradas epicenas, em alguns contextos separam-se em comum aos dois gêneros.[11][12][13][14][15] Algumas palavras, que já eram comuns aos dois gêneros, podem sofrer a flexão de gênero,[16] como de chefe para chefa, adicionando a forma feminina,[17][18] havendo espaço para neologismos linguísticos (neolinguagens), como chef@, chefu, chefi(e), chefæ/chefae e chef*, para neutralizar esta divisão ou dualidade a evitar o binarismo de gênero. A modificação flexional pode acontecer nos substantivos macho e fêmea, para conotar o sexo dos animais, também chamado de gênero natural ou gênero lógico, que só têm uma forma unicamente feminina ou masculina, como "a ave", "o corvo", "as onças" e "os polvos", ficando sendo um polvo fêmea também chamado de polvo fêmeo ou uma onça macho de onça macha, atendendo a sínese, sendo também uma forma de neutralidade linguística, por mais que seja algo comum a um só gênero apenas.[19][20]

Símbolo de gênero epicene

Identidade[editar]

O termo epicene também é usado como forma identitária ou descritiva de gênero e sexo, como para androginia, intersexo e altersexo, epicênique mais especificamente identidade de gênero autonômica,[21][22][23] que pode ser compatível com neutrois, agênero, bigênero e andrógine,[24] usando -que como em maverique. Epicenia é também usada como expressão de gênero andrógina. Baseada na definição de sexo indeterminado ou intermediário, efeminação, falta de masculinidade, sem distinção de gênero, unisex, ginandromorfia, mistura, travesti, transexual, promíscuo, sórdido, ginandria, assexo, gênero neutro, comum de dois gêneros e ambos os gêneros, também nenhum (neutralidade sendo um equilíbrio entre ambiguidade e nulidade).[25] Traduz-se também como epicenx(s), epicene(s), epicen@(s), epicenu(s) e epiceni(s), usando a neolinguagem.[26][27][28]

Referências

  1. «Epicenity - The Art and Popular Culture Encyclopedia». www.artandpopularculture.com. Consultado em 18 de junho de 2020 
  2. Psychology, A Journey of Discovery 4th: Psychology, Psychology
  3. Elmer, David Franklin. Epikoinos: The Ball Game Episkuros and Iliad 12.421-23. [S.l.]: University of Chicago Press. OCLC 699754843 
  4. Elmer, David Franklin (2008). «Epikoinos: The Ball Game Episkuros and Iliad 12.421–23». Classical Philology (em English). ISSN 0009-837X. doi:10.1086/597184 
  5. Jones, Peter Ward (2001). Oxford University Press. Col: Oxford Music Online. [S.l.]: Oxford University Press 
  6. 6,0 6,1 Dictionary.com: epicene (accessed on 10 August 2015)
  7. «Gramaticando: Substantivos sobrecomuns e a concordância nominal». GEN Jurídico. 3 de junho de 2016. Consultado em 18 de junho de 2020 
  8. «9 Struggles You Face When Your Pronouns Are They/Them». www.pride.com (em English). 16 de outubro de 2019. Consultado em 18 de junho de 2020 
  9. William W. Goodwin: A Greek Grammar. Revised and enlarged. Boston, published by Ginn & Company, 1895, p.35, §.158
  10. «Aprender Francês: Os artigos definidos franceses». www.aprender-frances.com. Consultado em 18 de junho de 2020 
  11. «Epiceno». Norma Culta. Consultado em 19 de junho de 2020 
  12. Alves, Michele Calil (31 de dezembro de 2014). «Traços de gênero no processamento da correferência intersentencial com antecedentes sobrecomuns e comuns de dois gêneros no português do Brasil». Working Papers em Lingüística. 15 (2). 72 páginas. ISSN 1984-8420. doi:10.5007/1984-8420.2014v15n2p72 
  13. «Comum de dois gêneros, sobrecomuns e epícenos - Alunosnautas». sites.google.com. Consultado em 19 de junho de 2020 
  14. «Epicene vs gender-neutral: what is the difference?». diffsense.com. Consultado em 19 de junho de 2020 
  15. «Associations to the word «Epicene» - Word Associations Network». wordassociations.net. Consultado em 19 de junho de 2020 
  16. «Flexão de gênero nos substantivos - Português». InfoEscola. Consultado em 19 de junho de 2020 
  17. «QUESTÕES DE VERNÁCULO VI: 'Presidenta, parenta, chefa e outros femininos'». www2.tjam.jus.br. Consultado em 19 de junho de 2020 
  18. Santana, Élide Elen (31 de agosto de 2018). «A chefa e a presidenta: marcação do gênero feminino e seus reflexos sociais». Entrepalavras. 8 (2). 489 páginas. ISSN 2237-6321. doi:10.22168/2237-6321-21117 
  19. «masculine and feminine of animals». www.pearlmarina.co.ug. Consultado em 19 de junho de 2020 
  20. «Substantivos epicenos - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa». ciberduvidas.iscte-iul.pt. Consultado em 19 de junho de 2020 
  21. «The Autonomique gender family | Wiki | ⚧Pansexual Amino». ⚧Pansexual | aminoapps.com. Consultado em 18 de junho de 2020 
  22. «Epicenes: Núcleo de Estudos em Gênero e Saúde». epicenes.paginas.ufsc.br. Consultado em 18 de junho de 2020 
  23. «Trans* Identities and Lives Glossary | Gender and Sexuality Center». web.uri.edu. Consultado em 18 de junho de 2020 
  24. «The Order of the Epicene». epiceneorder.org. Consultado em 18 de junho de 2020 
  25. «epicen and epicene - Middle English Compendium». quod.lib.umich.edu. Consultado em 18 de junho de 2020 
  26. McNabb, Charlie (2018). Nonbinary gender identities: history, culture, resources (em English). [S.l.: s.n.] OCLC 1002043873 
  27. Gelegan, Gail Ann. Epicenity and impotence in William Faulkner's Soldiers' pay : male disempowerment through ambivalent androgynous women. [S.l.: s.n.] OCLC 63532330 
  28. «Epicene | Definition of Epicene by Oxford Dictionary on Lexico.com also meaning of Epicene». Lexico Dictionaries | English (em English). Consultado em 18 de junho de 2020 
  • Portal da gramática
  • Portal LGBT



Outros artigos dos temas Gramática E LGBTEpicenidade

Outros artigos do tema Gramática : Epicenidade, Conectivo

Outros artigos do tema LGBT : Erick Brian Farid, Animes e mangás LGBT, Abécédaire malveillant, Pessoas transexuais e transgêneras, Lista de filmes com temática LGBT, Pessoas transexuais e transgêneras por país, Zoo (cantora)


Este artigo "Epicenity" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Epicenity.