Welcome to EverybodyWiki 😃 ! Nuvola apps kgpg.png Log in or ➕👤 create an account to improve, watchlist or create an article like a 🏭 company page or a 👨👩 bio (yours ?)...

Ernani Maletta

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki


Ernani de Castro Maletta (Belo Horizonte, Novembro de 1963) é um pesquisador, professor de artes cênicas da Universidade Federal de Minas Gerais, ator, cantor, regente e diretor musical de teatro.

Biografia[editar]

Ernani Maletta é Doutor em Educação pela UFMG com tese defendida sobre o conceito de atuação polifônica na formação do ator, intitualada A Formação do Ator para uma Atuação Polifônica: Princípios e Práticas. É graduado em Matemática, também pela UFMG.

Como diretor musical e arranjos para teatro[editar]

Junto ao Grupo Galpão:

  • Till, a saga de um herói torto (Belo Horizonte/2009), de Luis Alberto Abreu e direção de Júlio Maciel;
  • Um homem é um homem (Belo Horizonte/2005), de Bertold Brecht e direção de Paulo José;
  • O inspetor geral (Belo Horizonte/2003), de Nicolai Gogol, direção de Paulo José;
  • Um trem chamado desejo (Belo Horizonte/2000), de Luis Alberto Abreu, direção de Chico Pelúcio;
  • Partido (Belo Horizonte/1999), adaptação livre de Cacá Brandão sobre O visconde partido ao meio, de Italo Calvino, direção Cacá Carvalho;
  • Um Molière Imaginário (Belo Horizonte/1997), adaptação livre de Cacá Brandão sobre o texto “Um Doente Imaginário”, de Molière, direção de Eduardo Moreira;
  • A Rua da Amargura (Belo Horizonte/1994), de Eduardo Garrido, adaptação livre de Arildo Barros, direção de Gabriel Villela;

Discografia:

  • Romeu & Julieta / A rua da amargura
  • Um Molière imaginário / Um trem chamado desejo
  • O inspetor geral / Um homem é um homem

Junto a Gabriel Villela:

  • Os saltimbancos (Porto (Portugal)/2009), de Chico Buarque;
  • Gota d'água (São Paulo/2001), de Chico Buarque;
  • Os saltimbancos (São Paulo/2001), de Chico Buarque;
  • Ópera do malandro (São Paulo/2000), de Chico Buarque;
  • Replay (São Paulo/2000), de Max Miller;
  • Morte e vida, Severina (Rio de Janeiro/1997), de João Cabral de Melo Neto;
  • O mambembe (São Paulo/1996), de Arthur Azevedo;
  • Mary Stuart (Rio de Janeiro-São Paulo/1996), de Schiller.

Algumas das principais peças:

  • O casamento (Natal/2006) - com o Grupo de Teatro Clows de Shakespeare -, de Bertold Brecht e direção de Marco França;
  • Antônio e Cleópatra: um amor imortal (Rio de Janeiro/2006), de William Shakespeare e direção de Paulo José;
  • Grande Othelo, Êta moleque bamba (Rio de Janeiro-São Paulo/2004), direção de André Paes Leme;
  • Lírios (Belo Horizonte/2004), de Fernando Bonassi e direção de Fernando Mencarelli;
  • O coordenador (Belo Horizonte/2003), de Benjamin Gallemiri e direção de Carlos Gradim;
  • Ressonâncias (Festival de Cenas Curtas do Galpão Cine Horto - Belo Horizonte/2002), de Gustavo Cerqueira Guimarães e direção de Adyr Assumpção;
  • Elis, estrela do Brasil (Rio de Janeiro/2002), de Douglas Dwight e direção de Diogo Vilela;
  • Ricardo 3º (Belo Horizonte/1999), de William Shakespeare e direção de Yara de Novaes.

Como ator de teatro[editar]

  • O malandro (Belo Horizonte/2003), de Chico Buarque;
  • Circo místico (Belo Horizonte/2001), de Chico Buarque;
  • Édipo ao pé da letra (Festival de Cenas Curtas do Galpão Cine Horto, Belo Horizonte/2001), de Gustavo Cerqueira Guimarães;
  • Ricardo 3º (Belo Horizonte/1999), de William Shakespeare e direção de Yara de Novaes;
  • Morte e Vida, Severina (Rio de Janeiro/1997), de João Cabral de Melo Neto e direção de Gabriel Villela.
  • Manoel, o Audaz (Belo Horizonte/1990), de Fernando Brant e direção de Yara de Novaes.

Como Regente e Arranjador[editar]

  • Desde 1988 - Regente titular e fundador do Grupo Cênico-Musical Voz & Companhia - Belo Horizonte
  • 1992 a 1996 - Regente titular e fundador do Grupo Vocal Canto da Boca, da Babaya Escola de Canto - Belo Horizonte;
  • 1985 a 1989 - Regente titular e fundador do Coral Corda Vocal, da METROBEL - Belo Horizonte;
  • 1987 a 1989 - Regente titular e fundador do Grupo Vocal Contracanto - Belo Horizonte;
  • 1982 a 1987 - Regente titular e fundador do Coral Feminino Professor Guilherme de Azevedo Lage, da Escola Municipal Governador Carlos Lacerda - Belo Horizonte;
  • 1977 a 1987 - Regente do Coral Masculino Professor Guilherme de Azevedo Lage, do Colégio Municipal São Cristóvão - Belo Horizonte.

Principais espetáculos do grupo cênico-musical Voz & Cia.:

  • 2003 - O Malandro, adaptação da obra A ópera do malandro, de Chico Buarque;
  • 2001 - Circo místico, adaptação da obra O grande circo místico, de Edu Lobo e Chico Buarque;
  • 2000 - A fogueira do divino, de Fernando Brant e Tavinho Moura;
  • 1999 - O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá - com o Grupo Giramundo -, adaptação de Álvaro Apocalypse, da obra de Jorge Amado, para Coral e Teatro de Bonecos;
  • 1998 - Álbum de retratos;
  • 1998 - Festival Nacional de Corais – 100 Anos de Belo Horizonte.

Discografia:

  • Voz & Companhia apresenta Circo Místico (2009 - CD)

Como Cantor[editar]

Grupo Vocal Nós e Voz:

O grupo vocal NÓS & VOZ surgiu em 1982 na cidade de Belo Horizonte, através da iniciativa de quatro jovens cantores: Carlos Alberto Ramos, Luiz Flávio Freitas, Márcia Leone, e Valéria Braga. A intenção era de interpretar a música popular com novos arranjos adaptados a suas vozes. Da formação inicial do grupo, apenas Valéria Braga permanece, formando o atual quinteto, ao lado de Márcio Sant’Ana e Matheus Braga – integrantes desde 1985. Ernani Maletta e Maurílio Rocha – que se juntaram ao grupo em 1989 – além de Gláucia Quites, que se integrou ao grupo em 1992.

Discografia:

  • Nós e Voz (1983 - Compacto)
  • Hum (1991 - vinil)
  • Ê boi (1995 - CD)
  • Bolero (1996 - CD)

CD-Rom (músicas infantis de nossa música popular):

  • Encantando III (2001)
  • Encantando II (2000)
  • Encantando (1997)

Principais espetáculos:

  • Chá de panela (2004)
  • Cadê o boi (1996)
  • Nós e Voz canta Caetano Veloso (1992)
  • Lovestórias (1991)
  • Manoel, o Audaz (1990), direção de Yara de Novaes
  • Nós e Voz canta Chico Buarque (1986)

No cinema[editar]

Longas-metragens (co-autor da trilha):

  • Fronteira (2007), de Rafael Conde.

Prêmios e Indicações[editar]

  • 2007 - Indicação ao 19º Prêmio Shell de Teatro pela Música do Espetáculo Um Homem é um Homem, do Grupo Galpão, São Paulo.
  • 2006 - XI Prêmio SESC/SATED para Artes Cênicas - Preparação Vocal do Espetáculo Um Homem é um Homem, do Grupo Galpão, Belo Horizonte.
  • 2006 - Melhor Sonoplastia - Direção Musical de O Casamento, do Grupo de Teatro Clowns de Shakespeares de Natal/RN, no XIII Festival Nordestino de Teatro de Guaramiranga/CE - FNT.
  • 2002 - Indicação ao 14º Prêmio Shell de Teatro pela Música do Espetáculo Gota D'água, São Paulo.
  • 2002 - Indicação ao Prêmio Panamco de Teatro - Melhores de 2001, pela Direção Musical do Espetáculo Os Saltimbancos, São Paulo.
  • 2001 - Indicação ao 13º Prêmio Shell de Teatro pela Música do Espetáculo Ópera do Malandro, São Paulo.
  • 2000 - V Prêmio SESC/SATED para Artes Cênicas - Ator Revelação - Espetáculo Ricardo 3º, Belo Horizonte.
  • 2000 - V Prêmio SESC/SATED para Artes Cênicas - Melhor Trilha Sonora - Espetáculo Partido(Grupo Galpão), Belo Horizonte.
  • 1999 - Indicação ao Prêmio Bonsucesso de Artes Cênicas 1999, na categoria Destaque Teatro Adulto, pela Trilha sonora do espetáculo Partido, Belo Horizonte.
  • 1998 - III Prêmio SESC/SATED para Artes Cênicas - Melhor Trilha Sonora Original - Espetáculo Um Molière Imaginário (Grupo Galpão), Belo Horizonte.
  • 1996 - Indicação ao 9º Prêmio Sharp de Música, pelo Cd Ê Boi, do Grupo Vocal Nós & Voz e Cláudio Nucci, Rio de Janeiro.
  • 1996 - Troféu PRÓ-MÚSICA - Ano II - Os Melhores da Música de Minas Gerais, como integrante do "Grupo Vocal Nós & Voz", Belo Horizonte.
  • 1995 - I Prêmio Sharp de Teatro pela Trilha sonora original do espetáculo Um molière imaginário, Rio de Janeiro.
  • 1995 - Troféu PRÓ-MÚSICA - Os Melhores da Música de Minas Gerais, como integrante do "Grupo Vocal Nós & Voz", Belo Horizonte.
  • 1989 - Comenda do Canto Coral, "dedicada àqueles que trabalharam de maneira excepcional pelo movimento coral em Minas Gerais", Federação Mineira de Corais.
  • 1978 - 2º Lugar no 6º Concurso Nacional de Corais, como integrante do Coral Prof. Guilherme de Azevedo Lage, Jornal do Brasil - Sala Cecília Meireles - Rio de Janeiro.

Notas e referências[editar]

Grupo Nós e Voz. http://www.nosevoz.com.br/. Acessado em 19 de janeiro de 2010.

Grupo Galpão. "Espetáculos". http://www.grupogalpao.com.br/port/home/. Acessado em 19 de janeiro de 2010.

CNPq. Ernani Maletta. http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=K4706558H7. Acessado em 19 de janeiro de 2010.

  • Portal de Minas Gerais
  • Portal da educação



Outros artigos dos temas Minas Gerais E EducaçãoFrancisco de Assis Simões, Dilma Rousseff, Centro de Educação Criadora, Carlos Drummond de Andrade, Escola Educ - Centro de Educação Criadora, Centro de Educação Tancredo Neves, Escola Estadual Alberto Giovannini

Outros artigos do tema Minas Gerais : Francisco de Assis Simões, TV Alterosa Leste, Itamar Franco, Rede Minas, Taça Minas Gerais de Jiu-Jitsu 2007, Hospital Unimed Governador Valadares, Rafaella Kalimann

Outros artigos do tema Educação : Polo Universitário de Rio das Ostras da Universidade Federal Fluminense, Faculdade de Farmácia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Lista de faculdades de medicina do Brasil, Escola Educ - Centro de Educação Criadora, Ernesto Geisel, Escola Estadual Ministro Costa Manso, Escola Municipal Frei Fernando Geurtse


Este artigo "Ernani Maletta" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Ernani Maletta.