Welcome to EverybodyWiki 😃 ! Nuvola apps kgpg.png Log in or ➕👤 create an account to improve, watchlist or create an article like a 🏭 company page or a 👨👩 bio (yours ?)...

Escola Estadual Monsenhor Seckler

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki


Escola Monsenhor Seckler
Tipo Pública
Fundação 30 de março de 1950 (70 anos)
Localização Porto Feliz, São Paulo, Brasil
Patrono(a) Monsenhor Seckler
Diretor(a) Nádia Bernardete Rocha Boscolo
Vice-diretor(a) Rita de Cássia Previtali Barros Faustino
Mantenedor(a) Célia Maria Fávaro
Docentes 50
Funcionários 20
Alunos 800
Classes 22
Cores azul e branco

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

A 'Escola Estadual Monsenhor Seckler é um estabelecimento de ensino localizado em Porto Feliz.

História[editar]

Busto monsenhor seckler.JPG

A necessidade de se construir em Porto Feliz um estabelecimento de ensino, que desse continuidade aos primeiros estudos ministrados nos Grupos Escolares e nas escolas rurais, foi captada por um conjunto de pessoas que se reuniam no Rotary Club de Porto Feliz, na segunda metade da década de 1940, e que se manifestaram em artigos no jornal local “A Comarca”.

Início dos trabalhos de construção da Escola Monsenhor Seckler.

Em 1947, o Rotary Club organizou a Sociedade “Ginásio das Monções S/A”, coletando verbas através de um Livro de Ouro e conseguindo, com o prefeito Lauro Maurino, a transferência de um terreno doado por Monsenhor Seckler para um Instituto de Menores. O Monsenhor impôs que, se dentro de 02 anos, as obras da escola não começassem, a ideia do Instituto retornaria.

O deputado José Rameiro Pereira apresentou o Projeto de Lei nº 158, de 09/09/1947, que criava um Ginásio Estadual em Porto Feliz, que foi aprovado e tornou-se a Lei nº 75, de 23/02/1948. O governador Adhemar de Barros lançou a pedra fundamental do Ginásio em 03/09/1947. Infelizmente o Monsenhor Seckler, um dos grandes batalhadores pela conquista dessa escola, faleceu em 20/11/1947, e teve seu nome perpetuado na mesma, em 1952.

No dia 30 de março de 1950, a ata de fundação foi lavrada e a escola funcionaria, provisoriamente, no “Grupo Escolar Coronel Esmédio”, até 1962, quando as obras no terreno cedido pelo Monsenhor se concretizaram, com a ajuda, inclusive, de verbas recebidas da Fábrica de Tecidos Nossa Senhora Mãe dos Homens.

Biografia do Patrono[editar]

Monsenho Seckler.jpg

José Rodrigues Seckler, filho de Antônio Seckler e Maria Rodrigues Seckler, sitiantes de situação humilde, nasceu em Porto Feliz, em 05/11/1868. Quando criança, auxiliava o pai tangendo carro de boi na condução de cana-de-açúcar para o Engenho Central de Porto Feliz. Entrou no Seminário de São Paulo e formou-se em 28/02/1896, aos 28 anos, em Filosofia e Teologia, exercendo as funções de Mestre de Disciplina, onde adquiriu grande cultura humanística e revelou-se notável orador.

Monsenhor Seckler ao lado de Políticos da época.

Após ordenado, viajou para Roma, percorrendo toda a Europa, visitando a Gruta de N. S. de Lourdes, na França e os lugares santos no Oriente Próximo. Regressando ao Brasil, o Monsenhor iniciou sua carreira apostólica, sendo coadjutor em Jundiaí e Bragança e, posteriormente, pároco em São Simão, Piracicaba, São Paulo (Brás), São Carlos, São José do Rio Preto, Bocaína, Viradouro e Taquaritinga. Até que em 1923 foi nomeado pároco em Porto Feliz. Nesses lugares, deixou fundadas várias entidades religiosas e assistenciais.

Em sua cidade natal, Monsenhor Seckler fundou a Associação N.S. do Rosário; foi provedor e capelão da Santa Casa de Misericórdia; um dos fundadores da Fábrica de Tecidos N.S. Mãe dos Homens e, também, vereador. Participou da luta por um Ginásio Estadual em Porto Feliz, doando parte de suas terras para a construção da atual Escola Estadual Monsenhor Seckler. Era um homem religioso e engajado na luta pelas conquistas sociais. Faleceu em 20/11/1947, aos 79 anos.

Mais imagens com jornais da época que conclamavam a construção da Escola Monsenhor Seckler, podem ser encontradas no final desta página na galeria de fotos.

Galeria de imagens[editar]

Bibliografia[editar]

  • Mário Pires (1957). Biografia de uma escola. História do Ginásio Estadual "MONSENHOR SECKLER" de Porto Feliz. I 1ª ed. Porto Feliz: Editora Ex Libris. 93 páginas 

Referências

Ícone de esboço Este sobre escolas ou colégios é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  • Portal de São Paulo
  • Portal do Brasil
  • Portal da educação


Outros artigos dos temas São Paulo E Brasil E EducaçãoEscola Italiana Eugenio Montale, Ranieri Mazzilli, Escola Técnica de Paulínia

Outros artigos dos temas São Paulo E BrasilTV PinGuim, Guarujá, Wibe, Thaigo Consani, TV Gazeta, Escola Técnica de Paulínia, Jair Bolsonaro

Outros artigos dos temas São Paulo E EducaçãoRanieri Mazzilli, Luciano Henrique Trindade, Faculdade de Ciências Exatas e Tecnologia da PUC-SP, João Egberto Camargo, João José Neto, Escola Italiana Eugenio Montale, Lívia Ledier

Outros artigos dos temas Brasil E EducaçãoJosé Cavalcanti de Barros Accioli, Cecil Thiré (professor), Universidades públicas do Brasil, João Goulart, Escola Estadual Alberto Giovannini, Universidades federais do Brasil, Editora Senac

Outros artigos do tema São Paulo : Márcio Griggio, Hélio Junio Nunes de Castro, Rockstrada, Dirceu Aparecido Longhi, Estrada de Itapecerica, José Luiz Drey, Grupo feitosa de comunicação

Outros artigos do tema Brasil : Lista de diretores-presidentes da Agência Nacional de Saúde Suplementar, Listas do Brasil por estado, Cavalgada da Trilha dos Inconfidentes, Relações entre Brasil e Uruguai, Pará, Lista de transferências no futebol brasileiro na Janela de pré-temporada no período 1 de janeiro – 16 de Abril de 2019, Relações entre Brasil e Peru

Outros artigos do tema Educação : Departamento de Ciências Humanas e Tecnologias do Campus XXIII da Universidade do Estado da Bahia, Carlos Alexandre Netto, Antônio Plínio da Silva Alvim, Anos de chumbo (Brasil), Colégio Marista de Brasília, Universidades privadas do Brasil, Escola Estadual Alberto Giovannini


Este artigo "Escola Estadual Monsenhor Seckler" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Escola Estadual Monsenhor Seckler.