Fábio Bahia

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki
Fábio Bahia
 Edit this InfoBox
Fábio Bahia para o Projeto Aula Paraná, 2020
Nome completo Fábio Bahia de Oliveira
Nascimento 7 de agosto de 1976 (45 anos)
Santaluz, BA, Brasil
Morte
Nacionalidade brasileiro
Alma mater Universidade do Estado da Bahia - UNEB
Ocupação Escritor e Poeta
Gênero literário Conto e poesia
Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

Fábio Bahia de Oliveira (Santaluz, 7 de agosto de 1976), mais conhecido como Fábio Bahia, é um escritor, poeta e educador brasileiro.

Biografia[editar]

Nascido e criado no maior polo produtor e industrial de sisal do mundo, Fábio Bahia percebeu, ainda na escola, que poderia encantar com o que escrevia: uma professora gostou bastante de uma redação sua e a colocou para interpretação nas provas de Língua Portuguesa de todas as turmas que lecionava. Tempos depois descobriu o conto O Disco, integrante da obra O Livro de Areia, do escritor argentino Jorge Luis Borges. Foi o “gatilho” que despertou nele a vontade de escrever. Dedicou um bom tempo à prosa, até que um amigo lhe apresentou as obras de Edgar Allan Poe e Augusto dos Anjos, fazendo-o abraçar também a poesia. [1]

Fábio mudou-se em 2003 para Caldas de Cipó, Bahia, onde reside e é radicado. Licenciado em Letras, com habilitação em Língua Inglesa, pela Universidade do Estado da Bahia – UNEB (2007), e especialista em “Prevenção da Violência, Promoção da Segurança e Cidadania” pela Universidade Federal da Bahia – UFBA (2016), em diversas oportunidades exerceu a função de educador, incluindo o ensino de uma de suas paixões, o xadrez.

Servidor cidadão[editar]

Com o intuito de contribuir para a melhoria da aprendizagem de crianças, adolescentes, adultos e até idosos, Fábio Bahia incentivou, a partir de 2006, o ensino e a prática do xadrez nas escolas públicas de Caldas de Cipó através do Projeto Xadrez nas Escolas. Em reconhecimento, Fábio recebeu, como um de seus finalistas, o Prêmio Servidor Cidadão em 20 de novembro de 2012. [2]

Moção de aplausos[editar]

Em paralelo à promoção da prática do xadrez nas escolas Fábio Bahia continuou produzindo sua poesia e participando de diversos concursos literários, sendo selecionado para publicação em antologias poéticas nacionais (como no III Prêmio Literário Cidade Poesia, com a obra Pingo de Chuva) [3][4] e internacionais (como na I Antología Internacional de Poesía Contemporánea, com Nuestras máscaras en vida). [5]

Em particular, o 3o lugar conseguido com a obra Cambiando valores no XXIX Certamen Literario de Relato y Poesía González-Waris, da Alianza de Escritores y Comunicadores Evangélicos - ADECE (Espanha), levou a Câmara Municipal de Santaluz a conceder, em 31 de março de 2014, uma moção de aplausos “ao Senhor Fábio Bahia” por “ter sido contemplado em 3o lugar no Concurso Internacional da ADECE” e “por se tratar de uma pessoa que eleva a Cultura Luzense”. [6]

Ferramenta dos deuses[editar]

No mesmo ano de 2014 (29 de novembro) Fábio Bahia lançou seu 1o livro. Ferramenta dos Deuses – Contos Fantásticos traz contos voltados ao público infantojuvenil cuja temática é baseada em mitologia e na teoria do astronauta antigo, popularizada pela obra Eram os Deuses Astronautas?, do escritor suíço Erich von Däniken. [7][8]

Cidadão cipoense[editar]

Considerando sua trajetória em prol da educação e da cultura e sua contribuição para o desenvolvimento da sociedade local, em 21 de março de 2017 a Câmara Municipal de Cipó concedeu “ao Senhor Fábio Bahia de Oliveira” o título de cidadão cipoense. [9]

Testemunho do projétil que matou Maiakóvski[editar]

Em julho do mesmo ano Fábio Bahia lançou seu 2o livro, Testemunho do Projétil que Matou Maiakóvski, uma coletânea de versos livres e poemas visuais produzidos ao longo de sua carreira. [10]

Visibilidade[editar]

Fábio Bahia continuou participando de concursos literários, sendo premiado [11] e selecionado para publicação em antologias literárias [12][13][14] e divulgando seu trabalho nas redes sociais. Tudo isso somado à publicação e crescente aceitação de seu Maiakóvski chamou a atenção principalmente para seus poemas visuais. [15][16]

Interesse acadêmico[editar]

França (2018) discute o uso da poesia concreta como instrumento mediador no ensino da escrita formal da Língua Portuguesa (LP) para turmas inclusivas de surdos. Para ele, poemas visuais podem “contribuir para a ampliação vocabular, a compreensão da organização das sentenças e da construção de significados na LP” porque possuem “um vasto potencial visual e imagético que, se trabalhado adequadamente, enriqueceria o estudo do idioma português” (p. 15). Sua análise toma como base poemas visuais, “principalmente, dos poetas Augusto de Campos, Sérgio Caparelli, Fábio Sexugi e Fábio Bahia, que servirão para propormos as práticas de reflexões sobre a linguagem e a LP para classes regulares inclusivas com surdos” (p. 18). De Bahia, o estudo analisa o poema Ode ao café (p. 52-53).

Já Almeida (2019) acredita que “Ciência e arte podem se tornar parceiras permanentes do encontro com o desconhecido”. Daí, pretendeu em seu trabalho “colocar em diálogo, em pé de igualdade, pensamentos, conceitos e teorias do campo das ciências com textos, escritos ou imagéticos, que com eles dialogam e que fomos encontrando na literatura e em outras obras artísticas”. Uma dessas obras presentes no texto é o poema visual Antropofagia Curricular, de Fábio Bahia, que dá forma e conteúdo ao conceito homônimo (p. 29-31).

Poesia visual nas escolas[editar]

A obra literária de Fábio Bahia também atraiu o interesse do universo escolar. Diversas iniciativas pedagógicas de vários estados e municípios brasileiros utilizam seus poemas visuais nas atividades de ensino. São exemplos os projetos Aprender Sempre (São Paulo), [17][18][19] Estudo em Casa (Ceará), [20] Simplifica (Fundação Lemann), [21][22] Aula Paraná (Paraná), [23][24] entre outros. [25][26][27] Alguns incluem uma minibiografia do poeta, como os citados Aprender Sempre [28] e Aula Paraná. [29]

Obras[editar]

Conto

  • 2014: Ferramentas dos Deuses – Contos Fantásticos. Ed. Mondrongo, 1a Edição.

Poesia

  • 2017: Testemunho do Projétil que Matou Maiakóvski. Ed. Mondrongo, 1a Edição.

Homenagens e reconhecimento[editar]

Prêmio Servidor Cidadão

  • Motivo: Projeto Xadrez na Escola.
  • Por: Governo do Estado da Bahia.
  • Em: 20 de novembro de 2012.

Moção de Aplausos

  • Motivo: XXIX Certamen Literario de Relato y Poesía González-Wariz.
  • Por: Câmara de Vereadores de Santaluz-BA.
  • Em: 31 de março de 2014.

Título de Cidadão Cipoense

  • Por: Câmara Municipal de Vereadores de Cipó-BA.
  • Em: 21 de março de 2017.

Referências[editar]

  1. Entrevista com o escritor Fábio Bahia. Portal Cranik. 22 de dezembro de 2014. Consultado em 7 de maio de 2021.
  2. Xadrez para estimular a cognição e auxiliar o desempenho escolar. Portal do Servidor. 18 de outubro de 2012. Consultado em 24 de abril de 2021.
  3. Ases divulga resultado do III Prêmio Literário Cidade Poesia. Jornal Em Dia. 8 de outubro de 2013. Consultado em 24 de abril de 2021.
  4. III Prêmio Literário Cidade Poesia. ASESBP. 8 de outubro de 2013. Consultado em 24 de abril de 2021.
  5. Autores/as seleccionados/as para la I Antología Internacional de Poesía Contemporánea. Asociación Estudos Universitarios. 29 de dezembro de 2013. Consultado em 24 de abril de 2021.
  6. Se anuncian los ganadores del certamen literario González-Waris. Protestante Digital. 16 de março de 2014. Consultado em 24 de abril de 2021.
  7. Escritores da Região Cacaueira e do Sertão da Bahia lançam seus livros em Salvador. Cultura BA. 24 de março de 2015. Consultado em 9 de maio de 2021.
  8. Resenha "Ferramentas dos Deuses" Livro #1 de Fábio Bahia. Saleta de Leitura. 10 de março de 2016. Consultado em 9 de maio de 2021.
  9. Concede o título de cidadão Cipoense ao Sr. Fábio Bahia de Oliveira. Câmara Municipal de Cipó, Diário Oficial do Legislativo n. 248. 21 de março de 2017. Consultado em 9 de maio de 2021.
  10. Testemunho do Projétil que Matou Maiakóvski. Se Liga, Alagoinhas!. 19 de março de 2020. Consultado em 9 de maio de 2021.
  11. Vencedores do Concurso de Poesias Varal Verde são divulgados no Paço Municipal. Prefeitura de Itanhaém. 21 de setembro de 2017. Consultado em 9 de maio de 2021.
  12. "Cantares de Arrumação" lota "Radiola – Lanchonete Cultural". Viva Feira. 9 de março de 2016. Consultado em 9 de maio de 2021.
  13. Lançamento do e-book do Concurso de Poemas da UFSJ. Inverno Cultural UFSJ. 22 de julho de 2018. Consultado em 9 de maio de 2021.
  14. Livro de Poemas da Universidade Federal de São João del-Rei. UFSJ. 22 de julho de 2018. Consultado em 9 de maio de 2021.
  15. Poesia concreta. Odisseia – Consultoria Literária e Linguística. 16 de outubro de 2020. Consultado em 9 de maio de 2021.
  16. A Poesia Visual de Fábio Bahia. Revista Arara. s.d. Consultado em 9 de maio de 2021.
  17. Educação SP forma professores para programa de recuperação e aprofundamento de alunos da rede estadual. Governo do Estado de São Paulo. 12 de novembro de 2020. Consultado em 9 de maio de 2021.
  18. Aprender Sempre, Volume 2, 3a Série – Ensino Médio: Língua Portuguesa, Matemática e Tecnologia. Governo do Estado de São Paulo. Abril de 2021, p. 28. Consultado em 9 de maio de 2021.
  19. Aprender Sempre, Volume 1, 5ºAno – Ensino Fundamental: Língua Portuguesa e Matemática. Governo do Estado de São Paulo. Abril de 2021, p. 39-44. Consultado em 9 de maio de 2021.
  20. Estudo Em Casa, Volume 5, 5º Ano – Ensino Fundamental: Língua Portuguesa. Governo do Estado do Ceará. 2021, p. 3-4. Consultado em 9 de maio de 2021.
  21. Simplifica. Amplifica. 2021. Consultado em 9 de maio de 2021.
  22. Simplifica, Semana 4, 3º Ano – Anos Iniciais: Seres Vivos. Fundação Lemann. 2021, p. 9-12. Consultado em 9 de maio de 2021.
  23. Aula Paraná. Governo do Estado do Paraná. s.d. Consultado em 9 de maio de 2021.
  24. Aula Paraná, 6ºAno: Língua Portuguesa. Governo do Estado do Paraná. Abril de 2021, p. 6 e 10-17. Consultado em 9 de maio de 2021.
  25. 1ºAno: Língua Portuguesa. Governo do Estado de Goiás. Setembro de 2020, p. 1. Consultado em 9 de maio de 2021.
  26. "Eu cuido de você, você cuida de mim", 4ºAno: Atividades Remotas 2020. Prefeitura Municipal de Nova Olímpia-MT. Agosto de 2020, p. 2 e 21. Consultado em 9 de maio de 2021.
  27. 6ºAno: Atividades II. Prefeitura Municipal de Mesquita-RJ. Outubro de 2020, p. 1. Consultado em 9 de maio de 2021.
  28. Minibiografia do poeta Fábio Bahia. In: Aprender Sempre, Volume 1, 5ºAno – Ensino Fundamental: Língua Portuguesa e Matemática. Governo do Estado de São Paulo. Abril de 2021, p. 40. Consultado em 9 de maio de 2021.
  29. Minibiografia do poeta Fábio Bahia. In: Aula Paraná, 6ºAno: Língua Portuguesa. Governo do Estado do Paraná. Abril de 2021, p. 6-7. Consultado em 9 de maio de 2021.

Bibliografia[editar]

Ligações externas[editar]


Outros artigos dos temas Biografias E Literatura E EducaçãoVoltaire, Fernando Henrique Cardoso

Outros artigos dos temas Biografias E LiteraturaWinston Churchill, Hélio Couto, Heino Willy Kude, Josef Pieper, Álvaro Santestevan, Eduardo Tironi, Joanna Macy

Outros artigos dos temas Biografias E EducaçãoEduardo Baptista Correia, Deodoro da Fonseca, Campos Sales, Floriano Peixoto, Kalil Baracat, Felippe Wagner, Paulo Castro Seixas

Outros artigos dos temas Biografias E LusofoniaFlávia Joana Brito

Outros artigos dos temas Literatura E EducaçãoPaulo de Mesquita Lara, Fernando Henrique Cardoso, Voltaire, Lívia Ledier, Terence Hines, Coleção Schaum, Alberto Aggio

Outros artigos do tema Biografias : Taiberson Ruan Menezes Nunes, Guillermo de los Santos, Jefferson da Silva Paulino, Kléver Rodrigo Gomes Rufino, Rudinei Borges dos Santos, Karma RX, Marcos Guilherme

Outros artigos do tema Literatura : Thesaurus Editora, A Corrente da Vida, Benedict Kiely, Livros publicados sobre a Wikipédia, Jack Dunn (escritor), Mia penso, Lêda Boechat Rodrigues

Outros artigos do tema Educação : Complexo Cultural Schoenberg, Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde da PUC-SP, Centro de Ensino Superior Cenecista de Farroupilha, Escola Italiana Eugenio Montale, Edward Madureira Brasil, Lívia Ledier, Uníntese

Outros artigos do tema Lusofonia : Flávia Joana Brito

Outros artigos do tema Bahia : Cristianismo na Bahia, Criativa Online, Que Venha o Povo, Eventos culturais da Bahia, Estrada do Ouro, Organizações de Salvador, Lazaro Rocha Oliveira

Outros artigos do tema Brasil : Canudos, Relações entre Argentina e Brasil, Pindamonhangaba, Rafael de Orléans e Bragança, Eduardo Tironi, Arthur Costa, Relações entre Brasil e Reino Unido


Este artigo "Fábio Bahia" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Fábio Bahia.