Welcome to EverybodyWiki 😃 ! Nuvola apps kgpg.png Log in or ➕👤 create an account to improve, watchlist or create an article like a 🏭 company page or a 👨👩 bio (yours ?)...

Federação Académica Internacional

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki

Federação AcadémicaPE/AcadêmicaPB Internacional (em francês: Fédération Académique Internationale), mais conhecida por FAI, é uma instituição internacional que representa mundialmente os estudantes universitários. Tendo sido criada em 1977 em Paris, França, por 48 estudantes universitários provenientes de 7 países, hoje estão já representados os estudantes de 155 países. A FAI tem sede em Bolonha (Itália), cidade cuja universidade é a mais antiga da Europa.

A FAI tem vários órgãos: Direcção, Assembleia-Geral, Conselho Geral, Conselho Fiscal e Conselho de Justiça. A última Assembleia-Geral realizou-se em dezembro de 2007 em Salamanca (Espanha), cidade cuja Universidade é a mais antiga de Espanha, tendo aí sido eleita a Direcção para o período 2007-2011 e os demais órgãos para o período 2007-2009.

Direcção[editar]

A Direcção é o principal órgão de gestão executiva da organização, reunindo-se ordinariamente de 2 em 2 meses. A Direcção eleita para o período 2007-2011 tem a seguinte composição:

  • Presidente: Pablo Martínez (Espanha Espanha)
  • 1.º Vice-Presidente: Luís Tavares (Portugal Portugal)
  • 2.º Vice-Presidente: Maurizio Gasperi (Itália Itália)
  • 1.º Secretário: Ari Stolberg (Noruega Noruega)
  • 2.º Secretário: Nicholas Manos (Grécia Grécia)

Assembleia-Geral[editar]

Composta por delegações de todos os países membros da FAI, a Assembleia-Geral é o principal órgão deliberativo e de debate da organização, competindo-lhe inclusive a eleição dos demais órgãos. A Assembleia-Geral reúne-se ordinariamente de 2 em 2 anos. A Mesa da Assembleia-Geral da FAI eleita para o período 2007-2009 tem a seguinte composição:

  • Presidente: Nereu Bernardes (Brasil Brasil)
  • 1.º Secretário: Juan Alfonsin (Argentina Argentina)
  • 2.º Secretário: Alejandro Ibarguren (Uruguai Uruguai)

Conselho Geral[editar]

O Conselho Geral é o órgão deliberativo e de debate que reúne ordinariamente 1 vez em cada trimestre. O Conselho Geral é constituído pelas delegações de 21 países, sendo 7 permanentes (por serem fundadores) e 14 eleitos pela Assembleia-Geral para um mandato de 2 anos. Os membros permanentes têm direito de veto. O Presidente da Direcção também assiste às reuniões do Conselho Geral, embora sem direito a voto. A presidência do Conselho Geral é rotativa, durando cada mandato 3 meses. O Conselho Geral tem actualmente a seguinte composição (21 delegações):

Membros permanentes (por serem fundadores):

Eleitos pela Assembleia-Geral para o período 2007-2009:

  • Alemanha Alemanha
  • Tailândia Tailândia
  • Rússia Rússia
  • Brasil Brasil
  • Colômbia Colômbia
  • Austrália Austrália
  • Canadá Canadá
  • Irã Irão
  • Suécia Suécia
  • Marrocos Marrocos
  • China China
  • Singapura Singapura
  • Países Baixos Países Baixos
  • Tchecoslováquia República Checa

Conselho Fiscal[editar]

O Conselho Fiscal é o órgão de supervisão da contabilidade da FAI. O Conselho Fiscal eleito para o período 2007-2009 tem a seguinte composição:

  • Presidente: Gualberto Bustamante (Espanha Espanha)
  • Vogal: João Meneses (Portugal Portugal)
  • Vogal: William Hatfield (Reino Unido Reino Unido)
  • Vogal: Robert McMahon (Tokelau Nova Zelândia)
  • Vogal: René Faure (França França)

Conselho de Justiça[editar]

O Conselho de Justiça é o órgão que zela pela observância dos Regulamentos da FAI. Todos os seus membros são Mestres em Direito. O Conselho de Justiça eleito para o período 2007-2009 tem a seguinte composição:

  • Presidente: Dr. Henri Blanchet (França França)
  • Vogal: Dr. Ramón de los Ríos (Espanha Espanha)
  • Vogal: Dr. Jakob Fornerod (Suíça Suíça)
  • Vogal: Dr. Carl Lindman (Suécia Suécia)
  • Vogal: Dr. Undreas Bang (Dinamarca Dinamarca)

Locais onde se realizaram as Assembleias-Gerais[editar]

As Assembleias-Gerais realizam-se no País cuja candidatura tenha sido eleita pela Assembleia-Geral anterior. Uma vez escolhido o País passa-se à designação da cidade anfitriã. Segundo os Estatutos da FAI a Assembleia-Geral terá lugar na cidade cuja Universidade seja a mais antiga do País. Caso um País seja eleito pela 2ª vez para organizar uma Assembleia-Geral o evento decorrerá na cidade cuja Universidade seja a 2ª mais antiga do País. O mesmo se aplica a uma 3ª organização por parte do mesmo País, caso em que a reunião magna decorrerá na cidade cuja Universidade seja a 3ª mais antiga.

Ano Cidade País
1977 Paris França França
1979 Bolonha Itália Itália
1981 Oxford Reino Unido Reino Unido
1982 Heidelberg (1) Alemanha Alemanha
1983 Cambridge Reino Unido Reino Unido
1985 Montpellier França França
1987 Modena Itália Itália
1989 Pádua Itália Itália
1991 Cambridge (2) Estados Unidos Estados Unidos
1993 Viena Áustria Áustria
1995 Lovaina Bélgica Bélgica
1997 Praga Tchecoslováquia República Checa
1999 Copenhaga Dinamarca Dinamarca
2001 Tóquio Japão Japão
2003 Uppsala Suécia Suécia
2005 Basileia Suíça Suíça
2007 Salamanca Espanha Espanha
2009 Lisboa ou Coimbra (3) Portugal Portugal

(1) Assembleia-Geral Extraordinária (até hoje a única com carácter extraordinário).

(2) Cambridge, Massachusetts, Estados Unidos (não confundir esta cidade americana onde se situa a Universidade de Harvard com a cidade britânica de Cambridge onde se situa a Universidade de Cambridge).

(3) Os estudantes da Universidade de Lisboa e da Universidade de Coimbra mantêm uma querela jurídica sobre qual é oficialmente a mais antiga Universidade Portuguesa e assim qual é a cidade em que decorrerá a próxima Assembleia-Geral, dado que a organização cabe a Portugal. Os estudantes de Lisboa defendem que a Universidade de Lisboa foi criada em 1288, tendo sido extinta em 1308, data da fundação da Universidade de Coimbra; defendem assim que a Universidade de Coimbra é distinta da de Lisboa; defendem que após várias extinções e restaurações a Universidade de Coimbra foi definitivamente restaurada em 1537 e a Universidade de Lisboa apenas em 1911. Já os estudantes de Coimbra defendem que até 1911 apenas existiu uma única Universidade em Portugal: foi fundada em Lisboa em 1288, tendo sida a mesma Universidade transferida para Coimbra em 1308; defendem que a mesma Universidade foi depois várias vezes transferida entre as cidades de Coimbra e Lisboa; defendem que a Universidade de Coimbra é a mesma que foi fundada em Lisboa em 1288; defendem ainda que a Universidade de Lisboa não foi restaurada em 1911, mas sim fundada. Ou seja defendem os estudantes de Lisboa que embora a Universidade de Coimbra tenha mais anos de funcionamento, é a Universidade de Lisboa que foi fundada em 1º lugar: 1288, tendo sido em 1911 apenas restaurada e não fundada. Já os estudantes de Coimbra defendem que a Universidade de Coimbra é a sucessora da que foi fundada em Lisboa em 1288, tendo-se operado apenas uma transferência em 1308 da mesma Universidade da cidade de Lisboa para a cidade de Coimbra.

Este complicado litígio foi entregue ao Conselho de Justiça da FAI com vista a este decidir em que cidade se vai realizar a próxima Assembleia-Geral.

Referências
  1. Costa, Luís Sepúlveda Martinho, Associações Internacionais
  2. Foucquet, Jean de La Baume, Associaton Internationale
  3. CD-Rom Organizações Internacionais, Porto Editora
  • Portal da educação



Outros artigos do tema Educação : Alberto Aggio, Higinio Martins Estêvez, José Milton de Araújo, Instituto Nossa Senhora da Salette, Faculdade de Ciências Exatas e Tecnologia da PUC-SP, Ernani Maletta, Laboratório de Obras Hidráulicas


Este artigo "Federação Académica Internacional" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Federação Académica Internacional.