You can edit almost every page by Creating an account. Otherwise, see the FAQ.

Fraude à execução

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki

{{#set:Bad content=Ciências sociais }}

Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde setembro de 2020)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.

Fraude à execução é o crime previsto no artigo 179 do Código Penal Brasileiro.

Conceito[editar]

Consiste na subtração de bens à penhora, utilizando-se de condutas como alienação, desvio, destruição ou danificação. Também consiste no ato de prejudicar o rateio entre os credores, mediante a inclusão de devedores fictícios para simular dívidas. É necessário que exista execução instalada ou sentença apta à execução.

Conceito na esfera cível[editar]

Nesta esfera o conceito é mais amplo, com a abrangência de várias hipóteses como, por exemplo, a existência de demanda anterior.

Sujeito ativo[editar]

O sujeito ativo do crime é o devedor, tratando-se de crime próprio.

Consumação[editar]

O crime consuma-se com a frustração da execução, usando-se das ações descritas no conceito.

Tentativa[editar]

Cabe tentativa no crime.

Ação penal[editar]

Neste crime a ação penal é privada, conforme consta no artigo 179, parágrafo único. Se atingir interesses da União, Estado ou Município será ação pública incondicionada.

Bibliografia[editar]


Este artigo "Fraude à execução" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Fraude à execução.



Read or create/edit this page in another language[editar]