Welcome to EverybodyWiki ! Nuvola apps kgpg.png Sign in or create an account to improve, watchlist or create an article like a company page or a bio (yours ?)...

Hermann Sasse

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Nuvola apps kcmpartitions.png
Este artigo não está em nenhuma categoria (desde dezembro de 2017).
Por favor, categorize-o para que seja listado com suas páginas similares.


Biografia Hermann Otto Erich Sasse, nascido em 17 de julho de 1895, na cidade de Sonnewalde, Lausitz, Alamanha, viveu até seus 81 anos, até falecer em 09 de agosto de 1976 em Adelaide, Australia. Casou-se em 1928, na Alemanha, com Charlotte Margarete Naumann e tiveram três filhos. Sasse é mais um, ou, um dos principais teólogos modernos de uma geração nascidos na Alemanha que passaram pelo período entre guerras (1ª e 2ª guerras mundiais), podemos citar Paul Tillich, Dietrich Bonhoeffer, Karl Barth. Nos aprofundando um pouco em sua história de vida, descobrimos que Sasse era o mais velho de cindo filhos do Farmacêutico Hermann Sasse e Maria, sua esposa. Frequentou o Gymnasiumem Lübeck, Breslau e Berlim. Sasse ingressou na Universidade de Friedrich Wilhelms, Berlim em 1913, matriculando-se em duas faculdades, Teologia e Filologia. Era um tempo em que a universidade estava no auge do liberalismo do Séc XIX, e trazia consigo notáveis influências de teólogos conhecidos como Schleiermacher até UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL CURSO DE BACHARELADO EM TEOLOGIA Disciplina: Teologias contemporâneas Trabalho: Hermann Sasse – Vida e Obra Professor: Clovis Gedrat. Alunos: Eberson, Cynthia, Maycon, Timóteo, Wesley. ULBRA Harnack (professor de História da Igreja de Sasse). Na universidade ele dedicou atenção especial aos estudos da Patrística e do Novo Testamento. Foi ordenado na St. Matthew’sChurch em junho de 1920 em Berlin, e trabalhou em algumas paróquias de Branderburg até se tornar um teólogo m 1923. Durante o período da depressão alemã, ministrava a trabalhadores de fábricas como “pastor com deveres especiais”. Na teologia, o seu principal trabalho “AionErchomenos”, sobre o Novo Testamento, foi escrito sob a supervisão de Gustav Adolf Deissmann, e em mais três artigos escritos para o Dicionário Teológico do Novo Testamento de Gerhard Kittel, se percebem as suas convicções fundamentais a respeito de escatologia, pecado e graça. Só para entendermos um pouco de quem foi Deissmann: Grande estudioso do Novo Testamento. Em 1904 ele fundou, junto com Albrecht Dieterich, um círculo de eruditos chamado Eranos, em Heidelberg. Entre os membros estavam Ernst Troeltsch, Max Weber, EberhardGothein, Georg Jellinek, Karl Rathgen e Wilhelm Windelband; Foi nominado duas vezes para o Nobel da Paz; 8 doutorandos honorários em 6 países diferentes).Deissmann, mais tarde, convidaria Sasse para a liderança do movimento Ecumênico “Fé e Ordem”. Enquanto ainda frequentava as salas de aula em Berlin, foi designado para os campos de batalha na 1ª Guerra Mundial, um dia após ouvir uma palestra pragmática de Karl Holl (professor de História da Igreja) sobre o que Lutero entendia por religião. Sasse e mais 120 homens participaram da batalha de Flanders. Apenas Hermann Sasse e mais cinco homens retornaram com vida. Sasse voltara dos campos de Batalha com fome e sede pela teologia bíblica e dogmática da igreja. No período da 1ª Guerra Mundial renasciam os estudos nas Escrituras, na Reforma e, em menor extensão nas confissões. E Sasse logo percebeu o Espírito do liberalismo que reinava entre os eruditos, a igreja era devastada por uma teologia que não confessava mais a Cristo, tampouco às confissões luteranas. Em 1926, no Seminário Teológico de Hartford, nos Estados Unidos como estudante de intercâmbio ele obtém seu mestrado e, em ano de estudos pela terra do Tio Sam ele percebe que, nos Estado Unidos, o cristianismo estava resumido a atos e serviços, num conceito de igreja que se tornava em Evangelho Social. Para Sasse, este era o conceito de igreja desenvolvido pelo iluminismo. Hermann Sasse questionou se esse era realmente o futuro do protestantismo ou o seu fim, ele estava convicto de que o futuro do cristianismo na Alemanha e no mundo dependia das igrejas que ainda ousavam confessar seu dogma. A partir de 1927 sua vida tem uma “guinada” importante quando, como delegado Alemão é convidado a participar do movimento ecumênico “Fé e Ordem” em Lausanne, Suíça e, lá, se tornou bastante ativo no movimento, se tornando um membro muito influente no Comitê de Continuidade do Movimento Fé e Ordem. Foi ele quem redigiu o relatório oficial alemão para o evento de 1927. Sasse viu no movimento Fé e Ordem uma “chance” de tornar o dogma a sério, diferentemente do movimento americano “Vida e Obra”. As questões debatidas em Lausanne seriam as mesmas que ocupariam Sasse por toda a vida (Igreja, comunidade, sacramento, etc.) e ele foi em busca de respostas para essas questões nas Escrituras e nas Confissões Luteranas, e nessas bases, as respostas encontradas eram as mais satisfatórias. Em 1928, convidado por Deismann, para um encontro em Wartburgo, onde o tema era “cristologia”, produziu três artigos: Jesus Cristo, o Senhor; A Igreja como Corpus Christi; e Kyrios). Em 1931, Sasse é escolhido editor do KirchlichesJahrbuch (Anuário da igreja) das igrejas evangélicas da Alemanha. Assim ele usa da “queixa” de Barth sobre a inabilidade da igreja em distinguir entre cultura e Evangelho e se apropria da posição de Barth, criticando um abismo que havia entre a teologia e a prática e trabalho da igreja. Em 1932, corajosamente, Sasse publica no anuário uma crítica ao Artigo 24 da plataforma do Partido Nacional Socialista (Parágrafo ariano). O Socialismo Nacional alemão conseguiu se introduzir até mesmo nas igrejas, principalmente através dos “Cristãos Alemães”, um grupo nacionalista nazista antissemita. Em 1933, mesmo ano em que Sasse foi nomeado professor de história da igreja em Erlangen, sob pressão nacionalista, foi formada a Igreja Evangélica Alemã (Deutsche EvangelischeKirche, DEK) como uma igreja nacional, abrangendo todas as diversas igrejas protestantes territoriais. Sasse viu essa “igreja nacional” como o cumprimento da tentativa de união iniciado pela União Prussiana em 1817. Ele fez seu protesto escrito sob o título: “A União Alemã de 1933: observações sobre a “Constituição da Igreja Evangélica Alemã”, e este protesto foi distribuído aos participantes do Sínodo Nacional em Wittenberg, onde a DEK se reuniu em 27 de setembro de 1933. Sasse viu a formação da Igreja Evangélica na Alemanha (EKiD) em 1948 como a repetição da formação da DEK em 1933. Mas em 1948 foi mais trágico, pois ocorreu voluntariamente. O Sínodo de Barmen (1934), um dos sínodos da Igreja Confessante, decidida e heroicamente rejeitou o movimento “Cristão Alemão”, mas os reformados e luteranos unionistas (Barth, Hans Asmussen, Dietrich Bonhoeffer, Martin Niemöller e outros) se aproveitaram do momento de crise para proclamar que, por meio da Declaração de Barmen, a separação das igrejas luteranas e reformadas havia sido superada. Assim, Sasse, que havia estado diretamente envolvido com a Igreja Confessante desde o seu começo (incluindo a coautoria com Bonhoeffer da Confissão de Bethel, de 1933, e autoria das Teses de Riederauer de 1933), protestou contra o acordo de Barmen. Não era tanto contra o conteúdo da declaração que Sasse objetou (apesar de mais tarde repetidamente ter observado que vários artigos estavam compostos de forma ambígua, podendo ser entendidos tanto no sentido reformado quanto no luterano), mas contestou que um sínodo “misturado”, de luteranos e reformados, se arrogasse a autoridade de fazer uma confissão para luteranos. Isso era união de facto. Neste ponto vital, Barmen não era diferente da DEK. Tal ato de “confessar” colocava de lado a Fórmula de Concórdia. De 1933 a 1945, Sasse produziu literatura da mais profunda e perspicaz sobre a natureza da unidade da igreja, a presença real de Cristo no Sacramento, a tarefa ecumênica da Igreja Luterana, a natureza confessional do luteranismo, o governo da igreja, os dois reinos, a União Prussiana, etc. Em 1949 ele migrou para Adelaide na Austrália, onde se esforçou para unir as igrejas luteranas dividas naquele país e ministrava aulas Seminário Luterano Emanuel.

Este artigo "Hermann Sasse" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical.


Compte Twitter EverybodyWiki Follow us on https://twitter.com/EverybodyWiki !