You can edit almost every page by Creating an account. Otherwise, see the FAQ.

Imprensa lavajatista

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki


A neutralidade deste artigo ou se(c)ção foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão.

Imprensa lavajatista é uma expressão de cunho pejorativo, utilizada para se referir a alguns veículos de comunicação[1][2] que se engajaram-se no esquema lava-jatista[3][4] e atuaram como porta-vozes da força-tarefa, acumpliciados com o espetáculo policialesco-midiático[5] sensacionalizando às fases preliminares e iniciais das ação penal, as quais tratam de elementos probatórios precários e insuficientes para se impor um julgamento final ao suspeito.[6]

A característica da imprensa lavajatista tem dois aspectos fundamentais. Um deles está nos interesses políticos e econômicos das empresas donas dos veículos de jornalismo. A “grande imprensa”, por exemplo, Folha, Globo e Estadão,[7] têm interesses econômicos e em muitos embates históricos se posicionaram muitas vezes contra o interesse do próprio país.[8][9] O outro é da prática jornalística em si.[10][11] O jornalismo sensacionalista e irresponsável passou a ser comum no noticiário político. Essa forma de fazer jornalismo construiu a ideia de que a Lava Jato carregava em suas ações um aspecto revolucionário e nacionalista.[12] Dezenas de reportagens ressaltaram a esperança de que a “justiça finalmente estivesse sendo feita”. A cobertura da imprensa lavajatista não era crítica e não questionava ou apurava o que vinha da Lava Jato.[segundo quem?] Sem o contraditório, sem escutar os acusados que constavam nos processos da operação.[12][13]

Ver também[editar]

Referências

  1. «Balaio do Kotscho - Virou zorra: Moro votaria numa cabra e Bolsonaro indica ministros de Lula». noticias.uol.com.br. Consultado em 11 de fevereiro de 2022 
  2. van Dijk, Teun A (1 de fevereiro de 2017). «How Globo media manipulated the impeachment of Brazilian President Dilma Rousseff». Discourse & Communication (2): 199–229. ISSN 1750-4813. doi:10.1177/1750481317691838. Consultado em 3 de janeiro de 2022 
  3. «A imprensa apodreceu junto com a Lava-Jato». Extra Classe. 10 de fevereiro de 2021. Consultado em 19 de dezembro de 2021 
  4. João Carlos Magalhães. «Have the mass media fuelled Brazil's turmoil?». OxPol (em English). Consultado em 24 de junho de 2022. In spite of their deep flaws, newspapers and broadcasters cannot be blamed for the toxic political environment that has taken over the country. 
  5. «Opinião - Cristina Serra: A praga do jornalismo lava-jatista». Folha de S.Paulo. 8 de fevereiro de 2021. Consultado em 19 de dezembro de 2021 
  6. «A denúncia criminal e o (excessivo) espetáculo midiático». Migalhas. 12 de abril de 2022. Consultado em 22 de junho de 2022 
  7. de 2020, João Filho15 de Novembro; 5h13. «Folha, Globo e Estadão querem te convencer de que os ex-bolsonaristas Moro e Huck são 'de centro'». The Intercept Brasil. Consultado em 27 de junho de 2022 
  8. «A FARSA DAS INSTITUIÇÕES REPUBLICANAS, A FRAUDE DAS COMUNICAÇÕES DE MASSA E A INSEGURANÇA DA SOCIEDADE BRASILEIRA». Patria Latina. 15 de abril de 2017. Consultado em 27 de junho de 2022 
  9. «1ª SESSÃO LEGISLATIVA ORDINÁRIA DA 56 ª LEGISLATURA 265ª SESSÃO». escriba.camara.leg.br. Consultado em 27 de junho de 2022 
  10. «Opinião: A imprensa que atuou como parte da Lava Jato precisa reconhecer seu papel». CartaCapital. 3 de março de 2021. Consultado em 19 de dezembro de 2021 
  11. «Entenda por que a Lava Jato sempre foi uma farsa». Sinttel-ES. Consultado em 27 de junho de 2022 
  12. 12,0 12,1 Bia Barbosa e Laurindo Leal (3 de março de 2021). «A farsa da "imprensa lavajatista"». Vermelho. Consultado em 23 de junho de 2022 
  13. Filho, João (10 de novembro de 2019). «Para a imprensa 'isenta', vale tudo: do lavajatismo cego ao tapa na cara». The Intercept (em English). Consultado em 19 de dezembro de 2021 
Ícone de esboço Este sobre meios de comunicação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.



Outros artigos dos temas Imprensa E Jornalismodf1.com.br, Jornal da Região, O Liberal (Americana), Luis Alexandre Franco Gonçales, Manila-Tel Aviv, Cultura Gallega, Jesús Iglesias Surribas

Outros artigos do tema Imprensa : Rede Brasil Atual, Nova Sampa, Revista Autismo, Jornais extintos, Jornais de São Paulo, Revista do Professor de Matemática, Jornais por ideologia

Outros artigos do tema Jornalismo : Jornal da Região, Portal do Zacarias, Gabriela Pasqualin, Pedro Lins, João Moleira, O Liberal (Americana), Winston Churchill


Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).


Este artigo "Imprensa lavajatista" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Imprensa lavajatista.



Read or create/edit this page in another language[editar]