Welcome to EverybodyWiki ! Nuvola apps kgpg.png Sign in or create an account to improve, watchlist or create an article like a company page or a bio (yours ?)...

Istari

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Edit-delete-not encyclopedic3.svg
Este artigo ou partes de seu texto podem pode não ser de natureza enciclopédica. (desde março de 2019)
Justifique o uso dessa marcação e tente resolver essas questões na página de discussão.

Na obra de ficção de J. R. R. Tolkien os Istari da Terra Média eram um pequeno grupo de magos, de aspecto semelhante ao dos Homens, mas possuindo capacidades físicas e mentais muito maiores[1]. Eram todos imortais.

Estes magos eram Maiar[2] enviados pelos Valar[3] na Terceira Era da Terra Média, para ajudar na luta contra Sauron. Eram chamados de Istari ("Sábios") pelos elfos (em Sindarin: Ithryn). Sendo Maiar[4][5], eram da mesma ordem de Sauron, mas não podiam mostrar seu poder total, pois não tinham, como Sauron, descido para Arda em sua forma divina, o que lhes teria deixado tão poderosos quanto aquele. Sua missão era apenas organizar os povos da Terra-média na resistência contra o inimigo. Alatar e Pallando, os Magos Azuis, nem sequer aparecem no Senhor dos Anéis e Radagast, o Castanho tem uma crucial participação, pois é ele que, inocentemente, atrai Gandalf para Orthánc, onde Saruman revela sua traição, Radagast também foi muito importante na trilogia de filmes "O Hobbit"[6], pois foi ele quem avisou Gandalf que tinha algo estranho com a fortaleza abandonada "Dol Guldur".

É provavel que a palavra Istari derive do russo старий (transliterado: stariy) que significa "ancião".

Importância dos Istari na Terra-Média[editar | editar código-fonte]

Os mais importantes nos livros são Gandalf,[7][8] o Cinzento e Saruman, o Branco[9]. Desde Aman há uma certa desavença entre Saruman e Gandalf, muito mais por parte daquele do que por este que, desde o princípio, preferira ficar em Aman, pois "estava cansado e era fraco para enfrentar Sauron". Diz-se que antes de sua partida de Aman, Gandalf seria o terceiro, ao que Varda teria dito o contrário, que ele iria, mas não como o terceiro (vide O Silmarillion), e disso Saruman se lembrou. Tornou-se ainda do conhecimento de Saruman que Gandalf havia recebido de Círdan, Senhor dos Portos, o Anel do Fogo, Narya, pois viu que ele teria "uma missão difícil, e precisaria do anel para acender os corações na Terra-Média".

N'O Silmarillion há a dúvida quanto à quantidade exata de istaris que teriam ido à Terra-Média. Dos cinco que entraram nas histórias, dois tiveram papel principal, um terceiro, Radagast, teria se desviado de seu intento, e os outros dois teriam se perdido no leste.

Diz-se que Radagast se perdeu ao se importar mais com os animais e plantas do que com sua missão de ajudar o povo de Arda. O que de certo parece estranho, pois, desde o princípio, ele fora escolhido por Yavanna, que era a "patrona" tanto dos animais quanto das plantas. Ademais, sempre fora grande o desprezo que Saruman tinha por ele. Mesmo em Aman, foi necessário que Yavanna insistisse muito com ele para que pudesse levar consigo Radagast.

Já os Magos Azuis, sabe-se que foram para o Leste com Saruman, mas de lá nunca retornaram. Não se sabe ao certo o que aconteceu com eles, talvez tenham também se perdido em seu intento, ou tenham sido capturados por Sauron e submetidos à vontade dele.

Os cinco eram:

  • Gandalf (conhecido ainda por Mithrandir, Olórin, Tharkûn, Íncanus, o Cinzento ou o Branco)
  • Saruman (Curunír, Curumo, Sharkey, o Branco ou de muitas cores)
  • Radagast (Aiwendil ou o Castanho)
  • Alatar (O azul, mais citado junto de Pallando como os "Magos azuis")
  • Pallando (O azul, citado mais junto de Alatar como os "Magos azuis")

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

Ícone de esboço Este sobre a obra de J. R. R. Tolkien é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.




Outros artigos do tema Terra-média : Elrond, Guerra da Ira, Lista de personagens da Terra Média, Celebrimbor, Thranduil, Aulë, Cronologia da Terra Média


Este artigo "Istari" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Istari.

  1. López, Rosa Sílvia (2004). O Senhor Dos Anéis & Tolkein - O Poder Mágico Da Palavra. [S.l.]: Arte & Ciência. ISBN 9788575321218 
  2. Wood, Ralph C. (2003). The Gospel According to Tolkien (em English). [S.l.]: Westminster John Knox Press. ISBN 9780664234669 
  3. Drout, Michael D. C. (6 de novembro de 2006). J.R.R. Tolkien Encyclopedia: Scholarship and Critical Assessment (em English). [S.l.]: Routledge. ISBN 9781135880347 
  4. Marolla, Gabriele (8 de junho de 2018). «Tolkien e Foucault: uma análise discursiva das relações de poder em O Hobbit.» 
  5. Maia, Belinda Mary Harper Sousa (1988). «Light in J.R.R. Tolkien and in the portuguese translation : a lexical analysis». http://aleph.letras.up.pt/F?func=find-b&find_code=SYS&request=000189469 
  6. Silva, Douglas Oliveira da (8 de junho de 2018). «A jornada de Frodo em Senhor dos anéis: uma leitura arquetípica» (em other) 
  7. Klautau, Diego. «O Bem e o Mal na Terra Média – A filosofia de Santo Agostinho em O Senhor dos Anéis de J.R.R. Tolkien como crítica à modernidade.» (em English) 
  8. Riga, Frank (15 de outubro de 2008). «Gandalf and Merlin: J.R.R. Tolkien's Adoption and Transformation of a Literary Tradition». Mythlore: A Journal of J.R.R. Tolkien, C.S. Lewis, Charles Williams, and Mythopoeic Literature. 27 (1). ISSN 0146-9339 
  9. Farias, Rodolfo Pereira Correia de (26 de setembro de 2013). «As imagens arquetípicas no imaginário do Senhor dos Anéis: a sociedade do anel, de J. R. R. Tolkien» (em other) 


Compte Twitter EverybodyWiki Follow us on https://twitter.com/EverybodyWiki !