Ivan Maximovich Shuvalov, o mais novo

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki

Ivan Maximovich Shuvalov, o mais velho (falecido em 1741) - representante da família Shuvalov, capitão do regimento Semyonovsky, pai do favorito da Imperatriz Elizabeth Petrovna, Ivan Ivanovich Shuvalov.


Ivan Maximovich
Ivan Maximovich Shuvalov, o mais novo
Cônjuge Tatiana Rodionovna Ratislavskaya
Descendência Ivan Ivanovich
Praskovia Ivanovna
Anastásia Ivanovna
Morte 1741
Pai Maxim Ivanovich Shuvalov (falecido em 1687)
Mãe Mavra Shestakova

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

Primeiros anos e carreira[editar]

O Cervo de Ochakov em 1737.

Ivan Maximovich (o mais novo) nasceu no século XVII, pertencendo a família Shuvalov. Ele era o filho mais velho de Maxim Ivanovich Shuvalov e de Mavra Shestakova, tendo um irmão mais velho, como o mesmo nome, Ivan Maximovich (o mais velho). O pai de Ivan Maximovich era um proprietário de Kostroma que lutou contra ladrões da Crimeia e morreu durante um desses conflitos, em 1687.

Assim como o pai, Ivan Maximovich seguiu carreira militar e foi capitão do regimento Semyonovsky. Em 1737, durante o Cerco de Ochakov, Ivan Maximovich foi gravemente ferido. Poucos anos depois, em 1741 Ivan Maximovich morreu.

Casamento e família[editar]

O filho de Ivan Maximovich, Ivan Ivanovich, favorito da Imperatriz Elizabeth Petrovna.

No início do séc.XVIII, Ivan Maximovich se casou com Tatiana Rodionovna Ratislavskaya. De seu casamento com Tatiana, Ivan teve 3 filhos, Ivan Ivanovich, nacido em 1727, Praskovia Ivanovna (esposa do Príncipe Nicolau Feodorovich Golitsyn), nascida em 1734, e a filha mais nova do casal, Anastásia Ivanovna (casada com odo tenente-general, Conde Sergei Pavlovich Yaguzhinsky). Após ficar viúva em 1741, a esposa de Ivan cirou os filhos em Moscou e em uma propriedade de parentes em Smolensk. Os filhos de Ivan receberam uma educação esmerada e cultivaram o gosto pelas artes por toda a vida.

A filha de Ivan, Praskovia Ivanovna Golitsyna.

No ano em que Ivan morreu, seus sobrinhos, Alexandre e Pedro Shuvalov, apoiaram a czarevna Elizabeth Petrovna em seu golpe palaciano para tronar o trono para si. Com a proximidade dos sobrinhos de Ivan com a nova soberana, a família Shuvalov cresceram na aristocracia e na política russa. Logo, em 1749, o filho mais velho de Ivan, se tornou o novo amante da Imperatriz Elizabeth Petrovna, e a influenciaria a fundar a Universidade de Moscou e a Academia das Artes. Além de ser creditado pela fundação da Universidade de Moscou e da Academia das Artes, o filho de Ivan ainda foi membro titular da Academia Imperial Russa, membro da Royal Society of London e um dos criadores do Dicionário Acadêmico. Ainda em 1749, a segunda filha de Ivan, Praskovia Ivanovna, se casou com o nobre Principe Nicolau Feodorovich Golitsyn.

Descendência[editar]

Ivan Ivanovich (1727-1797) - favorito da Imperatriz Elizabeth Petrovna, filantropo, fundador da Universidade de Moscou e da Academia das artes. Ober Chamberlain (1778), Conselheiro Privado Atual (1773). Ele (ao contrário de seus primos Pedro e Alexandre) não tinha o título de conde. Membro honorário da Academia Imperial de Ciências (1778), membro titular da Academia Imperial Russa (1783), membro da Royal Society of London (1758). Um dos criadores do Dicionário Acadêmico.

Praskovia Ivanovna (1734-1802) - esposa do Príncipe Nicolau Feodorevich Golitsyn, irmã do favorito da Imperatriz Elizabeth Petrovna, Ivan Ivanovich Shuvalov, mãe de Feodor Nikolaevich Golitsyn (curador da Universidade de Moscou) e da memorialista memorialista Varvara Nikolaevna Golovkina.

Anastásia Ivanovna - esposa do tenente-general, Conde Sergei Pavlovich Yaguzhinsky, proprietário dos Sylvinsky e fábricas Utkinsky, bem como uma fábrica de tecidos em Pavlovskaya Sloboda. O casamento não teve filhos e a linhagem dos Yaguzhinsky foi interrompida.