Welcome to EverybodyWiki 😃 ! Nuvola apps kgpg.png Log in or ➕👤 create an account to improve, watchlist or create an article like a 🏭 company page or a 👨👩 bio (yours ?)...

Jennifer Miro

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki


Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde fevereiro de 2020)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.
Jennifer Miro
Nome completo Jennifer Anderson
Nascimento 3 de maio de 1957
Mill Valley, Estados Unidos Estados Unidos
Nacionalidade norte-americana
Morte 16 de dezembro de 2011 (54 anos)
Nova York, Estados Unidos Estados Unidos
Ocupação cantora, diretora e atriz
IMDb: (inglês)

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

Jennifer Anderson (Mill Valley, 03 de maio de 1957 — Nova York, 16 de Dezembro de 2011) foi uma cantora, tecladista, escritora, modelo, diretora e atriz estado-unidense, conhecida principalmente por ser a vocalista e tecladista da banda Punk The Nuns, formada em São Francisco em 1977. Jennifer Anderson, também referenciada como Jennifer Miro ou Mistress Jennifer, era conhecida por ter aparência de boneca e uma voz sedutora, representando um elemento de contraste dentro de de sua banda punk, já que tocava teclado e não tinha uma voz agressiva como o segundo vocalista Jeff Olener.

Carreira Musical[editar]

Alejandro Escovedo e Jeff Olener, que eram estudantes de cinema no College of Marin, originalmente queriam fazer um filme de baixo orçamento sobre um cantor de rock e uma banda que não podia tocar seus instrumentos,no entanto evoluíram o projeto para uma banda de punk rock. Enquanto a banda estava em sua fase inicial, eles ensaiavam em um armazém em Terra Linda, oportunidades das quais conheceram Jennifer Miro, vocalista de uma banda de Mill Valley que tocava músicas do The Doobie Brothers. Assim, Olener logo convidou Miro para se juntar à sua banda; e ela, que já estava descontente com a banda da qual estava, acabou aproveitando a oportunidade para investir nesse projeto, fundando a banda The Nuns em 1975. Eles apresentaram seu primeiro show punk no Mabuhay Gardens, em dezembro de 1976, e rapidamente se tornaram requisitados. No auge da popularidade da banda, eles já estavam fazendo dois shows por fim de semana, sempre esgotados no Mabuhay. Com o auge, em janeiro de 1978, junto com The Avengers, abriram o histórico show do Sex Pistols no Winterland de São Francisco.

Nesse período, Escovedo e Olener foram os principais compositores do material punk mais agressivo da banda, enquanto Miro contribuiu com o material mais pop, servindo-se de seus vocais blase e sensuais como contraste sonoro da banda. A música da banda incluía muitos elementos diversificados, desde o sombrio cabaré germânico da canção "Lazy", interpretado por Jennifer, até o cinicamente cômico "Suicide Child", interpretado por Jeff Olener e Detrick.

O integrantes da banda The Nuns se separaram em 1979, logo após a banda estar em turnê na cidade de Nova York, e o primeiro dico da banda foi lançando em 1980. Jennifer Miro permaneceu em São Francisco para formar a banda The VIP com Pat Ryan no período de 1979 a 1981, e mais tarde ela acabou se mudando para Los Angeles, investindo em sua carreira solo no período de 1981 e 1982.

Em 1986, após vários anos de inatividade, Miro, Olener e Raphael retomaram os The Nuns, e a banda retornou com uma roupagem New wave, lançando seu segundo álbum, Rumania. Em 1990, o disco Desperate Children é lançado, mantendo a mesma linha musical, com Jennifer Miro liderando significadamente a produção criativa da banda. Os The Nuns ficaram inativos por boa parte dos anos 90, embora Miro tenha contribuído para várias gravações de Narada Michael Walden durante esse período.

Miro e Olener começaram a se apresentar juntos novamente no final de 1997, logo que se mudaram para Nova York. Nessa terceira fase, eles apresentaram a banda com uma roupagem totalmente diferente, com um som de rock distintamente gótico, e uma imagem auxiliada pelo aumento da visibilidade de Jennifer Miro como modelo de fetiche (sob o nome de Maitresse Jennifer). Nessa fase, lançaram o disco Naked Save for Boots em 2001 e o disco New York Vampires em 2003, e logo após houve um lançamento em DVD de "The Nuns: New York Vampires", em 2005, consistindo de vários curtos filmes de fetiche realizados por membros das The Nuns, além de gravações de apresentações ao vivo e material sobre a história da banda.

Carreira Cinematográfica[editar]

Jennifer Miro teve um pequeno papel no filme de Stephen Sayadian, Dr. Caligari, The Video Dead, de 1989, e também apareceu como figurante em vários filmes, além de estrelar a peça fora da Broadway, "Satan's Mistress", Harold Pinter "e "Partytime". Em 1979, ela estrelou com o papel principal com a personagem Monica no filme "Red italy", que contava a história de uma jovem rica que tentava escapar do tédio e de seu namorado controlador com uma série de flertes com homens da classe trabalhadora. No filme, Monica se apaixona por um operário comunista que a rejeita por causa de suas diferenças de classe. Até 2008, ela ainda estava envolvida em música e moda.

Morte[editar]

Em 4 de janeiro de 2012, Jennifer Anderson, também conhecida como Jennifer Miro, morreu em 16 de dezembro de 2011, no Bellevue Hospital Center, Nova Iorque, em decorrência de uma combinação de câncer de fígado e de câncer mama. Em setembro de 2011, quando sua saúde teria sofrido um acentuado declínio, Jennifer acabou cortando contato com quase todas pessoas das quais conhecia, exceto com uma quantidade restrita de amigos muito próximos, deixando em segredo o estado grave que sua saúde se encontrava.

Recusando tratamentos padrão e hospitalização por sua doença, Anderson viveu seus últimos meses em seu apartamento em Manhattan, auxiliada por enfermeiras e sua vizinha Jill Lamar. Ela faleceu em 16 de dezembro de 2011, no Hospital Bellevue, em Nova York, onde havia sido internada várias semanas antes para receber cuidados paliativos. Ela tinha 54 anos e mais recentemente trabalhou como recepcionista em um escritório de advocacia na cidade de Nova York.

Discografia[editar]

  • The Nuns - 1980
  • Rumania - 1986
  • Desperate Children - 1990
  • Naked Save for Boots - 2001
  • New York Vampires - 2003

EPs[editar]

  • The Nuns - 1978
  • The Beat / Media Control - 1979
  • World War III / Cock In My Pocket - 1980
  • Wild - 1981
  • Savage - 1981
  • In the Shadows / Invisible People - 1990
  • Die Form / Nuns - Automatic Love / Anita - 1998
  • Hustler Blue - 1999

Filmografia[editar]

  • Basquiat - Traços de Uma Vida - 1996
  • Um Tiro para Andy Warhol - 1995
  • Poisoned Kiss - 1994
  • Best Shots - 1990
  • Dr. Caligari - 1989
  • Jungle Assault - 1989
  • A Tv dos Mortos Vivos - 1987
  • Red Italy - 1979
  • Nightmare in Blood - 1977

Referências

Ligações externas[editar]


Este artigo "Jennifer Miro" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Jennifer Miro.