Welcome to EverybodyWiki 😃 ! Nuvola apps kgpg.png Log in or ➕👤 create an account to improve, watchlist or create an article like a 🏭 company page or a 👨👩 bio (yours ?)...

Lev Alexandrovich Naryshkin

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki
Lev Alexandrovich
Retrato de Lev Alexandrovich por George Doe
Cônjuge Olga Stanislavovna Pototskaya
Descendência Sofia Lvovna
Nascimento 5 de fevereiro de 1785
  Império Russo
Morte 17 de novembro de 1846 (61 anos)
  Nápoles
Enterro Túmulo da Anunciação, Monastério Alexandre Nevsky
Pai Alexandre Lvovich Naryshkin (1760-1826)
Mãe Maria Alexeievna Naryshkina (1762-1823)

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).Lev Alexandrovich Naryshkin ( 1785 - 1846 ) - tenente-general, ajudante-geral da família Naryshkin , construtor do Palácio Naryshkin-Shuvalov no cais do rio Fontanka.

Biografia[editar]

Lev Alexadrovich em 1805.

Nascido em 5  ( 16 ) de fevereiro de  1785 na família do marechal-chefe Alexandre Lvovich Naryshkin (1760-1826) e de Maria Alexeievna Naryshkina, nascida Senyavina (1762-1823) , filha do almirante Alexei Naumovich Senyavin , Lev Naryshkin era mais velho de 4 crianças, sendo seus irmãos mais novos: Elena Alexandrovna (Suvorova-Rymnikskaya por casamento) , Kirill Alexandrovich e Maria Alexandrovna, que faleceu na infância, em 1800. Lev Alexandrovich também era primo do futuro sereno príncipe Miguel Semyonovich Vorontsov. Lev e seus irmãos recebeu educação em casa, sob a orientação do abade Nicolas. Ele começou seu serviço na corte, em 15 de março de 1799, recebeu um camareiro . Em 22 de janeiro de 1803, com a patente de tenente, ele foi alistado no Regimento Preobrazhensky do Life Guards . Em 13 de fevereiro de 1807, ele foi transferido como capitão da sede do Regimento Hussar dos Guardas da Vida, em cujas fileiras ele participou das batalhas de Gutshtadt, Heilsberg e Friedland , sendo ferido no braço e recebendo um sabre de ouro. Após o fim das hostilidades, ele se aposentou e voltou ao serviço na corte com o posto de camareiro.

Lev Naryshkin na década de 1840.


Em 28 de março de 1812, ele retornou ao serviço militar com o posto de capitão e entrou no regimento de hussardos de Izyum , participou da batalha com o exército francês perto de Ostrovno , bem como perto de Smolensk e Borodino ; na última batalha, ele foi ferido na cabeça. Em setembro de 1812, foi nomeado ajudante do general Ferdinand Wintsingerode. Após a captura deste último pelos franceses, ele voluntariamente entrou em cativeiro com ele, na esperança de salvar o general; como resultado, ele foi recapturado dos franceses perto de Vitebsk por um destacamento de cossacos. Uma vez solto, ele entrou novamente no serviço no Regimento Hussar dos Guardas da Vida. Em 19 de novembro de 1812, foi promovido a coronel por mostrara batalha pela coragem de Berezina . Em 1813, ele chefiou um dos destacamentos "voadores", participou da batalha com o exército francês perto de Kalisz e na perseguição dos franceses na Prússia e na Saxônia, e foi promovido a general de distinção nas batalhas em 11 de janeiro de 1814 .

Mais tarde, serviu no corpo de Wintzingerode, que fazia parte do Exército do Norte, e participou das batalhas em Großbeeren e Dennewitz . Em 9 de outubro de 1813, ele recebeu a Ordem de São Jorge, quarta classe.

Lev Alexandrovich também lutou na chamada Batalha das Nações, perto de Leipzig; foi ferido, premiado para esta batalha a Ordem de São Vladimir, 3º grau. Posteriormente, chefiou uma brigada cossaca separada, servida na Holanda e no norte da França.

No período de 1815 a 1818, ele estava nas fileiras do corpo expedicionário russo na França. Depois de retornar à sua terra natal, ele se aposentou em 23 de março de 1824 e novamente entrou no serviço do palácio - como um cavaleiro .

O Palácio Naryshkin na rua Sofievskaya em Odessa.


Casamento e vida em Odessa[editar]

Olga Stanislavovna Naryshkina, nascida Pototskaya.
Conde Miguel Semyonovich Vorontsov, primo de Lev Naryshkin.

Em 1824, Lev Alexandrovich se casou coma bela Olga Stanislavovna Pototskaya (1802-1861). O casamento de Lev não foi feliz, pelo qual muitos culparam sua tia Maria Antonovna Naryshkina, com quem Lev Alexandrovich passou todos os dias e muitas noites. A família morava no Palácio Naryshkin, no número 5 da rua Sofievskaya em Odessa. Eles também possuíam uma propriedade de verão na Crimeia, chamada Mishkor perto do Palácio Vorontsov em Alupka, que pertencia a seu primo vorontsov. Em Odessa, o casal participavam da vida social da cidade e Lev mantinha relações próximas com o seu primo, o então conde Miguel Semyonovich Vorontsov, que era governador da região a época. Por conta da proximidade entre os primos, Olga Stanislavovna Naryshkina se tornou uma amigapróxima da esposa do Conde Vorontsov, Elizabeth Ksaverevna Vorontsova.

Em 1825, o primo de Lev e sua esposa tiveram uma filha, chamada Sofia Mikhailovna, mas que segundo alguns diziam seria fruto de um relacionamento extraconjugal de Elizabeth Ksaverevna com o famoso poeta Alexandre Sergeievich Pushkin, que estava em Odessa na época e venerava a bela Condessa Vorontsova. Alguns diziam que para evitar o escândalo, o primo de Lev, o Conde Vorontsov, decidiu criar a criança como sua, apesar de muitas pessoas notarem a semelhança entre a criança e o poeta Pushkin.

A propriedade dos Naryshkins na Crimeia, [[Mishkor]].
A esposa de Lev com sua filha, Sofia Lvovna.

Com o tempo, os acontecimentos envolvendo os Vorontsov e Pushkin sendo deixado de lado entre as fofocas da sociedade. No entanto, as más línguas agora comentavam sobre a relação próxima entre os Naryshkins e os Vorontsovs, que para alguns ultrapassava os limites de amizade, principalmente entre o Conde Vorontsov e a esposa de Lev Alexandrovich, Olga Stanislavovna. Em 1829, Lev e Olga Stanislavovna tiveram uma filha, a quem batizaram de Sofia Lvovna, sem semelhança com a filha de seu primo vorontsov. Na época, a paternidade da criança era questionada por alguns que diziam que Lev não seria o pai verdadeiro da menina, sendo ela na verdade, fruto de um caso amoroso entre a bela esposa de Lev Naryshkin com seu primo, o Conde Vorontsov. Alguns fatos que estimulavam esses rumores sobre a paternidade da filha de Lev, e o suposto caso amoroso entre sua esposa e seu primo, era o o fato de o Conde Vorontsov custear as despesas da propriedade dos Naryshkins na Crimeia, Mishkor, e sempre possuir um retrato da pequena Sofia Lvovna Naryshkina em sua mesa, no seu escritório em seu palácio na Crimeia.

Apesar desses rumores, tanto Lev quanto seu primo, Miguel Vorontsov, continuaram próximos e os Naryshkins e os Vorontsovs cultivaram boas relações que duraram por muito tempo. Muito tempo depois, na década de 1840, tanto a filha de Lev Naryshkin, Sofia Lvovna, quanto a filha de seu primo Miguel Vorontsov, Sofia Mikhailovna, se casariam com 2 irmãos, os condes Andrei e Pedro Shuvalov, vindo a fazer parte da mesma família e unindo mais ainda os laços entre as famílias.

Últimos anos[editar]

Em 22 de maio de 1843, ele retornou ao serviço militar ativo com inscrição no Imperial Retinue. Em 6 de dezembro de 1843 , ele foi promovido a ajudante geral e, um ano depois, promovido a tenente-general. Em 1844, a filha de seu primo Vorontsov, Sofia Mikhailovna Vorontsova, se casou com o conde Andrei Pavlovich Shuvalov. Dois anos depois, em 1846, a filha de Lev, Sofia Lvovna Naryshkina, se casou com o conde Pedro Pavlovich Shuvalov, que por sua vez era irmão de Andrei Pavlovich Shuvalov. Dessa forma, de modo que tanto a filha de Lev quanto a filha de seu primo Vorontsov se casaram com Shuvalovs, vindo a fazer parte da mesma família e unindo mais ainda os laços entre as famílias.

Em 1846, no mesmo ano do casamento de sua filha, Lev estava viajando de férias em Nápoles quando faleceu em 17 ( 29 ) de novembro. Lev Alexandrovich Naryshkin foi foi enterrado em São Petersburgo , no Túmulo da Anunciação do Monastério Alexandre Nevsky. Após sua morte, sua única filha herdou suas posses, entre as quais estavam a propriedade Mishkor na Crimeia e a residência da família em São Petersburgo, o Palácio Naryshkin, que passaria a se chamar Palácio Shuvalov.

Descendência[editar]