Welcome to EverybodyWiki 😃 ! Nuvola apps kgpg.png Log in or ➕👤 create an account to improve, watchlist or create an article like a 🏭 company page or a 👨👩 bio (yours ?)...

Lista de personagens de Blueberry

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki
Ver artigo principal: Blueberry (banda desenhada)

Esta é uma lista dos principais personagens das histórias em quadrinhos de Blueberry, suas características básicas, os desempenhos nas aventuras e as contribuições deles nas tramas. Apenas os das séries principais são apresentados, não da série derivada Young Blueberry – exceto os três primeiros álbuns dos criadores Jean Giraud e Jean-Michel Charlier (parte do começo da série principal) – e Marshall Blueberry criados por artistas diferentes da dupla original. O número de aparições de cada personagem segue as publicações originais franco-belgas.

Heróis[editar]

Michael Steven Donovan,[nota 1] nascido em 30 de outubro de 1843 nas proximidades de Augusta, Georgia[nota 2] é o personagem principal da série. Donovan é filho de um rico fazendeiro do Sudeste dos Estados Unidos e era bem racista. Após ser acusado por assassinato que ele não cometeu, do proprietário de plantação Tucker, pai de sua noiva Harriet, fugiu e foi salvo pelo escravo afro-americano Long Sam, que pagou com a própria vida por esse ato de altruísmo. Ele se tornou inimigo da discriminação racial em todas as formas, lutando contra o Confederados (apesar de ter nascido sulista), e tentando proteger os direitos dos nativos norte-americanos. Ele escolheu o apelido de "Blueberry" quando fugia de seus inimigos sulistas (inspirado ao avistar um arbusto conhecido por esse nome). Muitas de suas aventuras ocorreram quando ele era tenente da Cavalaria dos Estados Unidos, logo após o encerramento da Guerra Civil.

Jimmy McClure é um garimpeiro idoso e, sobretudo, um grande beberrão. Blueberry foi aconselhado pelo General Crook para ir até ele perguntar sobre os índios, pois o velho homem seria um especialista na matéria. Se tornou o melhor amigo de Blueberry, a quem ajudou em muitas das aventuras, inclusive salvando sua vida, mas também provocou alguns problemas inesperados, não raro devido ao seu vício em bebida. Contudo, na parte final da vida de Blueberry, em Tombstone, ele não aparece. (figurou em 17 álbuns).

"Red Neck" ("Pescoço Vermelho") [nota 3] é um perito em assunto indígenas, enviado pelo General Dodge para Forte Navajo para se encontrar com o Tenente Blueberry. Desde então, ele ajudou o oficial em algumas missões. Apesar de parecer mais introvertido e solitário que McClure,é um amigo fiel de Blueberry. (aparece em 11 álbuns).

Personagens recorrentes, amigos e inimigos[editar]

General "Golden Mane" Allister, determinado a exterminar as tribos Cheyenne e Sioux, foi enviado por Washington para subjugar os índios em 1867. Ele não queria que tratados de paz fossem assinados. Mais tarde, tentou assassinar o Presidente Grant. Foi morto por Blueberry após um último atentado contra Grant (aparece em 3 álbuns).

Wally Blount, com seu companheiro e sócio "Crazy" Cole Timbley, era um esperto serial killer. Procurando por uma mina de ouro nas Montanhas da Superstição, caçou Prosit Luckner e o forçou a levá-lo até a mina, mas morreu ao ser picado por uma cascavel colocada em sua bota por Prosit (apareceu em 2 álbuns).

Capitão Finley é um ex-oficial confederado. Forçado a se entregar, após ter desertado das forças confederadas, ele fugiu para o México onde formou uma quadrilha de salteadores formada por antigos membros que haviam servido sob seu comando. Em 1866, ajudou Blueberry a destruir um comboio de armas mexicano destinado aos Apaches, contribuindo para estabelecer novamente a paz. Em 1869, procurando por um tesouro confederado, ele foi rival de Blueberry mas acabou sendo morto. O assassino de Finlay foi o patriota convicto ex-sargento confederado Kimball, após descobrir que o capitão escondera o perdão do presidente Grant por terem ajudado Blueberry no México, e com isso negado a oportunidade de retorno aos respectivos familiares dos ex-confederados. Todos os homens de Finlay pereceram na busca incessante pelo ouro (apareceu em 5 álbuns).

Chihuahua Pearl é uma ex-corista. Ela era cortejada por Lopez, um carcereiro-chefe mexicano, e estava pronta para se casar com ele por dinheiro. Contudo, tinha mais interesse no tesouro dos confederados, tendo se casado com o ex-Coronel Confederado Trevor para descobrir a localização, mas não conseguiu nada. Quando voltou a seguir a pista do tesouro, eventualmente se tornou aliada de Blueberry. Apesar da natureza antagônica da relação com o herói, havia uma tensão sexual entre os dois, observada por Red Neck. Ela ajudou num plano para libertar Blueberry de uma prisão do Exército dos Estados Unidos. Mais tarde ele se apaixonou por Pearl mas não conseguiu se casar com ela, apesar de um espetacular rapto de uma igreja, pois a mulher preferia ficar com Duke Stanton, um rico barão da ferrovia. Extremamente ciumento, Stanton desconhecia o passado de Pearl, conhecendo-a apenas pelo nome de Lily Caloway (aparece en 5 álbuns).

Chini é a filha de Cochise. Vittorio e Blueberry disputaram uma dura competição para conseguir a afeição dela, o nativo por querer suceder o antigo chefe. Na verdade, Blueberry tentava impressionar Chini, quando ele e muitos amigos Navajos emboscaram uma diligência que transportava "Wild Bill" Hickok, que alertou as autoridades norte-americanas sobre um suposto perigo ainda existente de atentado ao Presidente Grant. Isso causou a caçada ao ex-tenente, implicando também a tribo de Cochise. Chini se encontrou uma vez com Chihuahua Pearl e ficou ciumenta ao perceber a atração entre ela e Blueberry. Ela ficou bastante ferida ao ser golpeada pelo caçador de escalpos Gideon "Eggskull" O'Bannon quando tentava ajudar Blueberry a escapar dele, mas sobreviveu ao ser medicada por cirurgiões do Exército dos Estados Unidos. Ela teve um importante papel na fuga para o México por sua tribo, no inverno de 1871/1872, e eventualmente ajudou Vittorio (aparece em 3 álbuns).

Coronel Clark[nota 4] é o oficial comandante de Blueberry no Forte Navajo. Oficial de carreira sucedeu ao antigo comandante de Blueberry, Coronel Dixon, que morrera ao ser picado por uma cobra. Apesar de desgostoso com a natureza incontrolável de seu subordinado, ele fica feliz ao mandar Blueberry para missões separadas, sempre que possível. Embora nunca admitisse ele gosta de Blueberry e respeita as inegáveis habilidades e lealdade dele aos comandos, e tentou em vão defendê-lo quando o soldado foi expulso do Exército com motivos forjados. O que Clark não sabia é que seus superiores tinham a intenção de manter Blueberry fora do circuito para enviá-lo a missões secretas. Iniciando como major, foi promovido a coronel durante seu comando no forte (aparece em 4 álbuns).

Cochise é o chefe da tribo Navajo. Em 1866/67, ele se revoltou contra o exército norte-americano que aprisionara muitos chefes índios. Confiando em Blueberry que queria firmar um tratado de paz, ele finalmente aceitou. Em 1870, aceitou acolher Blueberry, perseguido como fora-da-lei. Morreu em 1872 antes que sua tribo ficasse em segurança no território mexicano. (aparece em 5 álbuns).

Tenente Crowe é um oficial da cavalaria que serviu no Forte Navajo. De origem indígena, era odiado pelo Major Bascom. Desertou do exército durante a guerra contra os Navajos em 1866, libertando muitos chefes indígenas anteriormente aprisionados por Bascom. Depois ajudou Blueberry a conseguir a paz com Cochise r foi morto por Águia Solitária (aparece em 4 álbuns).

Jethro "Steelfinger" Diamond é um fora-da-lei. Seu apelido ("dedo de ferro") veio de uma mão de aço que substituiu ao membro verdadeiro, decepado por índios. Foi contratado pela Estrada de Ferro Central Pacific para bloquear o avanço da rival Union Pacific. Ele massacrou um bando de búfalos e culpou os membros da Union Pacific por esse ato para provocar uma revolta indígena. Conseguiu aliar Siouxs e Cheyennes numa guerra contra os brancos em 1868. Após a paz, foi finalmente assassinado por Touro Sentado. (aparece em 3 álbuns).

General Dodge foi sempre um forte apoiador de Blueberry, mesmo quando o herói ajudou na fuga de prisioneiros confederados após a Batalha de Chickamauga. Foi de notável ajuda na reabilitação dele. Anteriormente, fora quem enviara Blueberry na missão de evitar a guerra indígena em 1868 na luta contra a Union Pacific (aparece em 6 álbuns).

Tenente Graig é filho do General Graig. Inexperiente, foi aprisionado pelos índios durante a primeira guerra Navajo e foi libertado por Blueberry. Ele ajudou o herói a conseguir a paz e lhe apoiou e defendeu (aparece em 4 álbuns).

"Wild Bill" Hickok é um caçador, de animais e recompensas, e batedor do exército. Após ter sido emboscado por Blueberry e Navajos, Hickock se uniu ao caçador de escalpos Gideon "Eggskull" O'Bannon para perseguir ao herói e Navajos de Cochise. Despistado a todo momento por Blueberry, Hickock mal consegue escapar com vida, quando os Navajos fazem sua cavalgada final rumo ao México, ao contrário de Eggskull (que tinha ferido gravemente Chini), pisoteado até a morte (aparece em 3 álbuns).

Águia Solitária, um cruel indígena determinado a derrotar os brancos, fez de tudo para levar os Navajos à guerra em 1866. Disfarçado de batedor contratado pelo Exército dos Estados Unidos, usava sua posição para espionar e sabotar operações. Um dos maiores inimigos de Blueberry, assassinou Crowe, um oficial norte-americano de origem indígena e amigo de Mike. Foi derrotado e morto num memorável duelo (aparece em 3 álbuns).

Governador Lopez iniciou uma competição com Blueberry para encontrar o tesouro confederado escondido pelo coronel Trevor no México. Lopez não parava por nada, e praticava inclusive torturas para descobrir o tesouro. Após Blueberry fugir, Lopez finalmente encontrou seu destino ao tentar capturar o bando de Blueberry que estava na outra extremidade de uma ponte, preparada anteriormente pelo herói com explosivos (aparece em 3 álbuns).

"Prosit" Luckner é um garimpeiro alemão que acreditava existir uma mina de ouro nas Montanhas Superstição. Quando finalmente encontrou a mina, Blueberry o prendeu e lhe enviou para a cadeia. Foi acusado de matar muitos de seus sócios. Na verdade, Luckner era o nome de um antigo patrão, a quem igualmente tentara matar. Sobrevivendo a inúmeras dificuldades, o verdadeiro Luckner, um empobrecido nobre alemão, revelou que o nome de seu servo assassino era Gustaaf Havel [nota 5] (aparece em 2 álbuns).

Dorée Malone é uma cantora e dançarina empregada em um saloon da cidade de Tombstone, Arizona. Apesar da profissão, era uma formidável jogadora de pôquer e frequentemente se envolve com Blueberry, com quem mantém uma relação de amizade, em maratonas de jogatina. É Malone quem socorre Blueberry, após ele ter sido ferido à bala por um jovem em 1881 (aparece em 5 álbuns).

Marmaduke "Angel Face" O'Hare[nota 6] é um serial killer e homem jovem e bonito contratado para matar o Presidente Grant. Blueberry mutila o rosto dele ao jogá-lo na caldeira de uma locomotiva. Angel Face prometeu fazer o mesmo com o herói. Foi finalmente morto por Blueberry após uma intensa luta (aparece em 3 álbuns).

Guffie Palmer é uma atriz e gerente da mais famosa troupe teatral de fins da década de 1860. Jethro Steelfinger roubou-lhe em 1858 após ter prometido se casar com ela. Blueberry a salvou dos índios durante a guerra de 1868. Em 1869, em novo encontro, foi a vez de Guffie salvar Mike no deserto próximo da Montanha da Superstição. Em 1870, Blueberry se escondeu em Santa Fé, cidade que ela morava. Sem o conhecimento de Blueberry, Guffie tomava parte involuntária de um bando de criminosos que conspiravam para assassinar o Presidente Grant, e foi forçada a atrair o herói que deveria ser o bode expiatório do atentado. Após escapar do bando, ela conseguiu salvar o presidente, seu antigo amante, mas perdeu a vida ao fazê-lo (aparece em 4 álbuns).

Coronel Trevor é um ex-oficial da Cavalaria do Exército Confederado. Convocado pelo Presidente Jefferson Davis ao final da guerra civil para esconder um valioso tesouro no México, para uso futuro. Ele continuou com o cumprimento do dever, mesmo ao ser feito prisioneiro e torturado pelo brutal Governador Lopez, não revelando o segredo do esconderijo do tesouro. Quando fora embriagado em uma ocasião anterior, Trevor tinha se casado com Chihuahua Pearl, que tinha seus próprios planos, o que não passou desapercebido por ele quando ficou sóbrio. Após ser libertado com a ajuda de Blueberry, Trevor foi assassinado ao defender o tesouro contra os homens de Finlay, a quem tinha condenado à morte por deserção durante a guerra. Como um camarada oficial, Blueberry expressava admiração e respeito pelo senso de dever e honra de Trevor, quando achou e enterrou seu corpo, apesar dos interesses de ambos serem opostos, e esbofeteou Chihuahua Pearl quando ela debochou de Trevor durante o sepultamento. Ele foi morto por um nativo mexicano antes que Blueberry pudesse intervir. O sacrifício de Trevor se mostrou em vão, pois os mexicanos tinham anos antes fugido com o tesouro (aparece em 2 álbuns).

Vigo é um comandante mexicano. Ele recebera ordens do governador para encontrar o tesouro escondido no México por Trevor ao final da guerra civil. Ele o fez e tornou em vão todo o sacrifício de Trevor, que nunca soubera que o esconderijo fora comprometido. Foi procurado por Blueberry pois era o único homem que poderia provar sua inocência. Cometeu suicídio após contrair gangrena ao ser esfaqueado nas costas (aparece em 4 álbuns).

Personagens não-fictícios[editar]

Como uma série realista, Blueberry apresenta muitos personagens reais que deixaram sua marca na História dos Estados Unidos. Entre eles estão George Nicholas Bascom, Cochise, General Crook, General Dodge, Touro Sentado, Wild Bill Hickok, Presidente Grant, os Irmãos Earp e Geronimo. Apesar dos personagens reais, muitos outros foram substituídos por contrapartes fictícias. Os mais notórios são o General "Golden Mane" Allister (inspirado no General/Coronel George Armstrong Custer), Chihuahua Pearl (baseada na atriz anglo-americana do século XIX Lily Langtry) e Vittorio (inspirado no chefe Apache Victorio). Menos óbvio é a ferozmente independente Chini, inspirada na guerreira Apache Dahteste e/ou Gouyen. O caçador de escalpos Gideon "Eggskull" O'Bannon, assim chamado por ter sobrevivido a um escalpelamento, que, contudo, tinha deixado parte de seu crânio exposto, fora inspirado em fatos similares acontecidos no século XIX com Josiah P. Wilbarger e Robert McGee, escalpelado quando criança pelo chefe Sioux Tartaruga Pequena em 1864.

Personagens inspirados no cinema[editar]

Em sua juventude, o artista de Blueberry Giraud era aficionado por faroestes norte-americanos, o que resultou em que prestou muitas homenagens como usar aparências de atores em muitos personagens. Dentre essas homenagens, podem ser citadas:

  • Blueberry: Nas primeiras aventuras da série, o principal personagem tinha a face do ator francês Jean-Paul Belmondo. Mesmo não sendo um ator de faroeste, o criador queria aproveitar a popularidade de Belmondo à época.
  • Cochise: No primeiro ciclo de aventuras com os Navajos, Cochise tem a aparência do ator norte-americano Jeff Chandler que interpretou o chefe índio no filme de 1950 Broken Arrow, e depois o reprisou em 1952 em The Battle at Apache Pass.
  • Capitão Finlay: Em sua primeira aventura Finlay se parece com Richard Harris que interpretara o papel do Capitão Benjamin Tyreen no faroeste de 1965 Major Dundee.
  • Guffie Palmer: Em sua primeira aventura, Palmer se parece com Shelley Winters que interpretou um papel similar no faroeste de 1968 The Scalphunters.
  • Wally Blount: Esse personagem aparenta o rosto e cabelo de Spencer Tracy, sem um papel em particular, contudo.
  • Chihuahua Pearl: Em sua primeira aventura como dançarina, Pearl aparenta a atriz Jayne Mansfield, que interpreta um papel similar no faroeste de 1958 The Sheriff of Fractured Jaw.
  • Dorée Malone: Na juventude, Giraud era atraído pela aparência da atriz norte-americana Dorothy Malone, a quem homenageou com o nome da personagem, apesar de não se parecerem.[1]

Notas

  1. Mike Steve Donovan na publicação original
  2. . Data e local de nascimento foram dadas por seu co-criador Charlier na biografia ficcional Blueberry incluída no álbum de 1974 Ballade pour un cercueil
  3. Adicionalmente chamado de "Wooley" numa republicação do livro original
  4. Oficial comandante de Blueberry que ficou sem nome na primeira série. Em 1991 foi batizado finalmente, na aventura Sur ordre de Washington, o primeiro título de Marshal Blueberry
  5. Na tradução para o inglês, ambos os homens tinham origem holandesa, contudo, na publicação original eles eram da Prússia, com a história se chamando "A Mina de Ouro Perdida do Alemão", e se chamavam Lückner e Gustav Hazel respectivamente. O tradutor Jean-Marc Lofficier usou emprestada a lenda no lançamento do álbum em inglês, e confundiu o termo "Dutch" como oriundo da Holanda, literalmente. Contudo, por ser descendente francês, Lofficier não percebera que nos Estados Unidos de meados da década de 1880, "Dutch" tinha um significado diferente, empregado para se referir ao povo de descendência alemã, que implementava uma grande imigração naquele período. Esses imigrantes referiam-se a si próprios como "Deutch" em linguagem nativa, e a similaridade fonética é a razão mais racionalmente aceita para essa confusão
  6. Marmaduke O'Saughtnessy na publicação original

Referências


Este artigo "Lista de personagens de Blueberry" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Lista de personagens de Blueberry.