Welcome to EverybodyWiki ! Nuvola apps kgpg.png Log in or create an account to improve, watchlist or create an article like a company page or a bio (yours ?)...

Lucas Gomes Arcanjo

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki


Emblem-scales.svg
A neutralidade deste artigo ou se(c)ção foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão.
Lucas Arcanjo
 Edit this InfoBox
Nome completo Lucas Gomes Arcanjo
Nascimento 30 de abril de 1971
Belo Horizonte, Brasil
Morte 26 de março de 2016 (44 anos)
Belo Horizonte, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Alma mater
Ocupação policial civil
Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

Lucas Gomes Arcanjo (Belo Horizonte, 30 de abril de 1971 — Belo Horizonte, 26 de março de 2016) atuou como policial civil do DETRAN de Minas Gerais[1] e candidato a Deputado Federal pelo Partido Renovador Trabalhista Brasileiro[2]. Lucas Arcanjo, como era conhecido, ficou notoriamente conhecido por suas denúncias recorrentes contra o senador Aécio Neves (PSDB). O policial acusava o tucano de ligação com crimes variados, como narcotráfico, compra de habeas corpus e homicídio, gravando vídeos e publicando nas redes sociais. Um de seus vídeos teve mais de um milhão de visualizações e cerca de 120 mil visualizações.Em uma das gravações, ele contou que um corpo foi encontrado na propriedade do primo de Aécio[3], Tancredo Tolentino, no município de Cláudio[4], com indícios de execução[5]. Arcanjo ganhou apoio da atriz Tássia Camargo, que reforçava as denúncias do policial contra o senador[6].

O policial foi vítima de 4 atentados em respostas às denúncias que fazia; em um destes atentados, Lucas teve a perna direita ferida e tendo sequelas, obrigando-o a andar de bengala. Em 2015, a irmã de Lucas também foi ferida e hospitalizada, sem risco de vida, em um atentado de retaliação ao policial. Lucas estava afastado da Polícia Civil de Minas Gerais para a realização de tratamento psicológico. A assessoria de Neves disse que trata-se de um assunto da competência das polícias, que não guarda nenhuma relação com política. "É lamentável a irresponsável exploração que vem sendo feita pelo PT e seus aliados".[7] No dia 26 de março de 2016 foi encontrado morto em sua casa com uma gravata amarrada no pescoço na janela de seu quarto. A família descarta a hipótese de suicídio alegando que Lucas não teria mais condições físicas para a realização do suicídio. A Polícia Federal acompanhou a investigação de seu assassinato. As conclusões da investigação nunca foram divulgadas.


Referências

  1. LUCAS GOMES ARCANJO - Políticos do Brasil publicado em "UOL Noticias" (2014)
  2. Lucas Gomes Arcanjo 2868 por "Eleições 2014" (2016)
  3. AEROPORTO DE CLÁUDIO: APENAS A PONTA DO ICEBERG? por Vinicius Gomes em "Revista Fórum Semanal" (2016)
  4. Morte suspeita de detetive que acusou Aécio Neves alerta movimentos sociais pela Redação do "Correio do Brasil" de Belo Horizonte (2016)
  5. Morre (de forma suspeita) policial que denunciou Aécio por "Plantão Brasil" (2016)
  6. PF vai investigar morte de policial que fazia denúncias contra Aécio Neves por "Aconteceu no Vale" (2016)
  7. Ministro quer PF na investigação sobre morte de policial que criticava Aécio por Mateus Coutinho, publicado no Estadão (2016)



Outros artigos do tema Biografias : Rafael Dumas Ribeiro, Alex Costa dos Santos, Andrew L.A., Mário Itálico Tumelero, Luciano Huck, Charles Bukowski, Rabino Avraham Franco

Outros artigos do tema Polícia : Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas, Sequestro de ônibus na Ponte Rio-Niterói, Pia Nascimento, Companhia de Motociclistas do Batalhão de Polícia de Choque, Caso Victoria Natalini, Grupamento Especial de Policiamento em Estádios


Este artigo "Lucas Gomes Arcanjo" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Lucas Gomes Arcanjo.


Farm-Fresh comment add.png You have to Sign in or create an account to comment this article !<comment-streams/>