Luiz Gustavo (futebolista)

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki


Luiz Gustavo
Informações pessoais
Nome completo Luiz Gustavo Tavares Conde
Data de nasc. 12 de fevereiro de 1994 (28 anos)
Local de nasc. Votuporanga (SP), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Destro
Apelido Careca Maluco
Informações profissionais
Clube atual Guarani
Número 67
Posição Zagueiro, lateral e volante
Clubes de juventude
2008
2008
2009–2012
Arsenal
Mirassol
Palmeiras
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2012–2017
2013–2015
2016
2016
2017
2018
2019
2020
2020
2021–
Palmeiras
→ Vitória (emp.)
→ Ferroviária (emp.)
→ Avaí (emp.)
→ Oeste (emp.)
Vasco da Gama
→ Guarani (emp.)
→ Goiás (emp.)
→ Cuiabá (emp.)
Guarani
00004 0000(0)
00062 0000(5)
00003 0000(0)
00008 0000(0)
00018 0000(0)
00041 0000(0)
00023 0000(1)
00013 0000(0)
00013 0000(0)
Seleção nacional3
2009
2010
2010
2012
Brasil Sub-15
Brasil Sub-16
Brasil Sub-17
Brasil Sub-20
00007 0000(0)
00002 0000(0)
00011 0000(1)
00012 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 6 de dezembro de 2021.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 20 de agosto de 2012.

Luiz Gustavo Tavares Conde, ou simplesmente Luiz Gustavo (Votuporanga, 12 de fevereiro de 1994), é um futebolista brasileiro que atua como zagueiro, lateral e volante. Atualmente joga no Guarani Futebol Clube.

Carreira[editar]

Divisões de Base[editar]

Em 2008, com 14 anos, chamou a atenção do Arsenal, da Inglaterra. O nível técnico do polivalente atleta, que atua como zagueiro, volante e nas duas laterais, impressionou a comissão técnica dos Gunners, que chegou a duvidar se ele tinha mesmo 14 anos. Luiz Gustavo treinou tão bem com o time B do Arsenal que acabou promovido pelo então técnico da equipe, Arsene Wenger, para completar os trabalhos na equipe de cima.[1]

Por conta da saudades que tinha de sua família, resolveu voltar para o Brasil. Retornou ao Mirassol, equipe que ficava mais perto da sua cidade natal, pelo qual prosseguiu nas categorias inferiores, até chamar a atenção do Palmeiras, que o levou para sua base.

Palmeiras[editar]

Revelado pelo Palmeiras, Luiz Gustavo subiu para o time principal em 2012, estreando com a camisa do Alviverde no dia 8 de julho do mesmo ano, em uma derrota por 1–0 para a Ponte Preta no Moisés Lucarelli, válida pelo Brasileirão. No entanto, não obteve muitas chances como titular, no ano que ficou marcado pelo segundo rebaixamento do Palmeiras à Série B do Campeonato Brasileiro.

Vitória[editar]

2013[editar]

Em 2013, ainda com poucas chances no Palmeiras, Luiz Gustavo foi então emprestado ao Vitória no final de setembro[2], buscando ter chances como titular.[3] Fez sua estreia pelo clube baiano em uma vitória por 5–3 sobre o Atlético Paranaense em plena Vila Capanema, válida pelo Brasileirão.[carece de fontes?] Luiz Gustavo teve participação importante na reta final da boa campanha do Vitória no certame nacional, participando de onze das últimas quinze partidas do Rubro-Negro Baiano na competição, ajudando a equipe a ficar na quinta colocação (melhor campanha de um clube nordestino na era dos pontos corridos).[4]

2014[editar]

Logo no seu terceiro jogo no ano, o zagueiro marcou o primeiro gol de sua carreira profissional, sendo esse o segundo gol da vitória por 3–0 sobre o Serrano no Barradão, válida pelo Campeonato Baiano.[carece de fontes?] Após as seguidas boas atuações, o clube baiano optou por renovar seu empréstimo por mais um ano.[5] Seu segundo gol como profissional não poderia ser mais marcante: foi um golaço de fora da área que deu a vitória de virada ao Leão da Boa Terra, por 2–1 sobre o arquirrival Bahia, válida pelo Brasileirão. O defensor continuou a fazer boas partidas, em sua maioria atuando como zagueiro, mas o Vitória não conseguiu repetir a boa campanha do ano anterior, sendo rebaixado na última rodada do Brasileirão para a Série B do ano seguinte.

2015[editar]

Para 2015, o Vitória renovou mais uma vez o seu empréstimo, e Luiz Gustavo permaneceu no clube pelo terceiro ano seguido.[6] Marcou dois gols em jogos seguidos, o primeiro deles na vitória por 4–2 sobre o América-RN no Barradão, válida pela Copa do Nordeste;[carece de fontes?] e o segundo deles na vitória por 2–1 sobre a Anapolina no Jonas Duarte, válida pela Copa do Brasil.[7] No segundo semestre, o zagueiro sofreu uma série de lesões que o deixaram de fora dos gramados por seis meses.[8][9]

Ferroviária[editar]

No início de 2016 foi emprestado para a Ferroviária, com contrato até o fim do Campeonato Paulista.[10] Fez sua estreia na vitória por 1–0 sobre o Salgueiro na Fonte Luminosa, válida pela Copa do Brasil. O zagueiro chegou com boas expectativas de se destacar no Estadual considerado como o mais forte do país, para atrair interesses de clubes da Série A, porém não obteve o mesmo sucesso dos tempos de Vitória e foi pouco aproveitado, disputando apenas três partidas.

Avaí[editar]

Em 11 de agosto de 2016, foi anunciado como reforço do Avaí.[11] Estreou pelo time catarinense no empate em 0–0 diante do Ceará no Castelão, válido pela Série B. No Avaí, o zagueiro novamente foi reserva durante a maior parte do tempo.

Oeste[editar]

Para 2017, o Palmeiras acertou o empréstimo do jogador ao Oeste que disputaria a segunda divisão do Estadual e do Brasileirão.[12] Fez sua estreia na vitória por 1–0 sobre o Votupiranguense na Arena Plínio Marin, válido pelo Paulistão Série A2.[carece de fontes?] Após atuar como titular durante todo o primeiro semestre, o defensor perdeu espaço na equipe após a chegada de Joílson, tendo atuado também como volante na equipe de Itápolis.[13]

Vasco da Gama[editar]

Em janeiro de 2018, o zagueiro foi contratado pelo Vasco, a principio para compor elenco em diversas posições.[14] Fez sua estreia na derrota por 2–0 para o Bangu em São Januário, válida pelo Campeonato Carioca.[15] Com o técnico Zé Ricardo Luiz Gustavo teve poucas Chances na equipe titular, e quando entrava jogava na Lateral Direita. Com a Chegada do técnico Jorginho, Luiz Gustavo Virou titular absoluto, Jogando novamente de Lateral Direito. Com a lesão do zagueiro Leandro Castán, Luiz Gustavo foi improvisado na posição formando dupla com Bruno Silva. No início de Janeiro de 2019, o contrato de Luiz Gustavo com o Vasco foi renovado por mais 2 anos.[16]

2019[editar]

Estreou pelo vasco em 2019 na Vitória contra o Americano, em partida Válida pela 3ª rodada da Taça Guanabara.[17]

Seleção Brasileira[editar]

Integrou as categorias de base da Seleção Brasileira desde o Sub-15, com destaque para as conquistas da Copa do Mediterrâneo Sub-16 em 2010, e da Copa 2 de Julho Sub-17 no mesmo ano, além do Torneio das 8 Nações Sub-20 em 2012.

Estatísticas[editar]

Até 26 de outubro de 2018.

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional[a]
Competições
continentais[b]
Outros
torneios[c]
Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Palmeiras 2012 3 0 1 0 4 0
2013
Total 3 0 1 0 4 0
Vitória 2013 11 0 11 0
2014 23 1 2 0 4 0 4 1 33 2
2015 4 0 3 1 11 2 18 3
Total 38 1 5 1 4 0 15 3 62 5
Ferroviária 2016 1 0 2 0 3 0
Total 1 0 2 0 3 0
Avaí 2016 8 0 8 0
Total 8 0 8 0
Oeste 2017 7 0 11 0 18 0
Total 7 0 11 0 18 0
Vasco da Gama 2018 23 0 2 0 4 0 29 0
Total 23 0 2 0 4 0 29 0
Total 76 1 6 1 7 0 32 3 124 5
  • a. ^ Jogos da Copa do Brasil
  • b. ^ Jogos da Copa Sul-Americana
  • c. ^ Jogos de Campeonatos estaduais e Torneios amistosos

Títulos[editar]

Categorias de Base[editar]

Palmeiras
  • Campeonato Paulista Sub-17: 2011
Seleção Brasileira
  • Copa do Mediterrâneo Sub-16: 2010
  • Copa 2 de Julho Sub-17: 2010
  • Torneio das 8 Nações: 2012

Profissional[editar]

Vasco Da Gama
  • Taça Guanabara: 2019

Referências

  1. espn.com.br/ Hoje no Vasco, zagueiro encantou Wenger aos 14, mas desistiu do Arsenal
  2. «Vitória confirma contratação de zagueiro que estava no Palmeiras». ibahia.com. 24 de setembro de 2013 
  3. «Recém-chegado, Luiz Gustavo pode ser titular no Vitória». esportes.terra.com.br. 27 de setembro de 2013 
  4. Guerra, Glauber. «Brasileirão: Vitória faz melhor campanha de um nordestino na era dos pontos corridos». www.bahianoticias.com.br. Consultado em 24 de janeiro de 2018 
  5. «Palmeiras volta a emprestar Luiz Gustavo ao Vitória». esportes.terra.com.br. 24 de janeiro de 2014 
  6. «Vitória acerta empréstimo de Luiz Gustavo pelo terceiro ano consecutivo». globoesporte.globo.com. 14 de fevereiro de 2015. Consultado em 14 de fevereiro de 2015 
  7. «Vitória vernce Anapolina de virada na estreia da Copa do Brasil». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 24 de janeiro de 2018 
  8. Line, A TARDE On. «Volante do Vitória só deve voltar em um mês». Portal A TARDE 
  9. Guerra, Glauber. «Luiz Gustavo sofre nova lesão e para por tempo indeterminado». www.bahianoticias.com.br. Consultado em 24 de janeiro de 2018 
  10. «Paulistão: Ferroviária contrata Luiz Gustavo do Vitória e ex-Palmeiras». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 24 de janeiro de 2018 
  11. «Luiz Gustavo é o novo reforço do Leão». Avaí.com.br 
  12. «Mercado da bola: Luiz Gustavo é emprestado pelo Palmeiras ao Oeste». Torcedores.com. 20 de fevereiro de 2017 
  13. «Emprestado para o Oeste, Kaue volta ao Palmeiras; Luiz Gustavo fica sem contrato». Globoesporte 
  14. «Vasco acerta com zagueiro Luiz Gustavo, ex-Vitória». Globoesporte 
  15. «Vasco perde em casa para o Bangu na estreia do Carioca». O Globo. 18 de janeiro de 2018 
  16. «Luiz Gustavo renova contrato com o Vasco por dois anos». Globoesporte. Consultado em 31 de janeiro de 2019 
  17. «Vasco vence Americano com menos um, faz a trinca e mantém 100% no Carioca». UOL Esporte. Consultado em 31 de janeiro de 2019 

Ligações externas[editar]

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).


Outros artigos dos temas Futebol E São Paulo E BiografiasKléver Rodrigo Gomes Rufino, Pedro Lucas Schweizer, Daniel Guedes, José Luiz Drey, Renato Baruffi, Lucas Braga, Marcos Guilherme

Outros artigos dos temas Futebol E São PauloZé Leandro, Hélio Junio Nunes de Castro, Igor Gomes, Gabriel Silva, Léo San, João Pedro Junqueira de Jesus, Copa Coca-Cola de Futebol de 2001

Outros artigos dos temas Futebol E BiografiasHugo Henrique, Shun Takagi, Pedro Raúl, Marcelo do Nascimento Moscatelli, Taiberson Ruan Menezes Nunes, Rodolfo de Almeida Guimarães, Guilherme de Queiróz Gonçalves

Outros artigos dos temas São Paulo E BiografiasGiovanna Chaves, Guilherme de Queiróz Gonçalves, Eduardo Tironi, Leandro Henrique do Nascimento, Richard de Oliveira Costa, Lucas Kal, Mamonas Assassinas

Outros artigos do tema Futebol : Juninho Piauiense, Bruno Centeno, Centro Esportivo Assis Brasil Ramos Escobar, Campeonato Capixaba de Futebol de 1940, Campeonato Cipriota de Futebol de 1947–48, Campeonato Cipriota de Futebol de 1981-82, França-Uruguai em futebol

Outros artigos do tema São Paulo : Leandro Henrique do Nascimento, Adriano Campanhole, Caminho Velho, Mix FM Presidente Prudente, Luiz Inácio Lula da Silva, José Galli Neto, Du Cazellato

Outros artigos do tema Biografias : Patrícia Pomerantzeff, Atores da Bahia, Pelé, Iker Undabarrena, Vincent van Gogh, Raul Lô, Cleyson da Silva Nascimento


Erro Lua em Módulo:Controle_de_autoridade na linha 131: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).Erro Lua em Módulo:Taxonbar na linha 147: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).Erro Lua em Módulo:Medbar na linha 131: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).


Este artigo "Luiz Gustavo (futebolista)" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Luiz Gustavo (futebolista).