Welcome to EverybodyWiki ! Nuvola apps kgpg.png Sign in or create an account to improve, watchlist or create an article like a company page or a bio (yours ?)...

Manuel Francisco da Silva

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Manuel Francisco da Silva
Presidente da Câmara Municipal de Faro
Período 1983 - 1983
Antecessor José Marciano Nobre
Sucessor João Negrão Belo
Dados pessoais
Nascimento
São Marcos da Serra
Morte 5 de Janeiro de 2015
Nacionalidade Portugal Portugal
Partido Aliança Democrática
Ocupação Político e militar

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

Manuel Francisco da Silva (São Marcos da Serra, ? - 5 de Janeiro de 2015), foi um político e militar português.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Manuel Francisco da Silva nasceu em São Marcos da Serra, no concelho de Silves.[1] Na Década de 1940, deslocou-se para Faro para estudar, tendo frequentado os colégios Pedro Nunes e Algarve.[1]

Carreira política e militar[editar | editar código-fonte]

Candidatou-se à presidência da Câmara Municipal de Faro em Dezembro de 1982.[2] As eleições tiveram lugar em 12 de Dezembro, tendo Manuel Francisco da Silva sido eleito como independente, pela Aliança Democrática.[3] sucedendo a José Marciano Nobre, embora tenha ocupado aquela posição apenas durante o ano de 1983, tendo-se demitido em 26 de Setembro desse ano.[4] Segundo um comunicado, pediu a demissão devido à falta de apoio da Aliança Democrática, declarações que foram criticadas pela delegação de Faro do Partido Socialista, que também apontou falhas na gestão camarária, especialmente em relação a problemas no abastecimento de água a Montenegro, um dos principais motivos pela demissão de Manuel Francisco da Silva.[5] Com efeito, a posição da Aliança Democrática em Faro já se encontrava bastante deteriorada desde os anos anteriores, devido a graves problemas verificados durante o mandato de José Marciano Nobre, que por esse motivo não se recandidatou.[6] Segundo a imprensa regional, a escolha de Manuel Francisco da Silva foi bastante arriscada, devido à fragilidade da Aliança Democrática na cidade.[6] A sua demissão inseriu-se num quadro de conflitos políticos no Algarve, que reflectiram a situação económica e política nacional, e que envolveram os principais partidos.[7] O Centro Democrático Social acusou o bloco central, formado pelo Partido Socialista e pelo Partido Social Democrata, de ter levado à demissão de Manuel Francisco da Silva através de «movimentações».[7] Por seu turno, a Aliança Povo Unido culpou a demissão pela falta de apoio, tanto por parte da Aliança Democrática e do Partido Social Democrata, como do bloco central.[7] Segundo a Aliança Povo Unido, apesar do executivo municipal eleito em Dezembro de 1982 ter condições para funcionar, não o conseguiu fazer de forma eficaz devido a um boicote da Aliança Democrática e do bloco central.[7] Outro importante motivo foi a deterioração financeira da autarquia, que já vinha do mandato anterior, e que piorou com a rejeição da Lei das Finanças Locais.[7]

Apesar de ter sido muito curto, o seu mandato teve um impacto significativo em Faro,[2] tendo-se destacado principalmente pela manutenção política verificada na cidade, num distrito que ficou principalmente dominado pelos partidos Socialista e Comunista.[8] Com efeito, apenas em Faro e em Albufeira é que a Aliança Democrática venceu as eleições, tendo a maior parte dos municípios escolhido o partidos Socialista e Social Democrata.[9] Foi sucedido por João Negrão Belo, cujo mandato iniciou-se em 29 de Setembro do mesmo ano.[4]

Também enveredou pela carreira militar, onde esteve durante várias décadas, tanto em Portugal como nas antigas colónias.[1] Teve uma carreira distinta, tendo sido por várias vezes homenageado.[1] Em 1962, foi um dos militares condecorados por heroísmo em Angola, possuindo nessa altura a categoria de capitão de infantaria.[10] Alcançou a patente de coronel de infantaria.[11] Durante alguns anos, liderou o Comando Distrital de Faro da Polícia de Segurança Pública, tendo-se destacado pela sua conduta em períodos mais complicados daquela força, e por ter empreendido um sistema inovador de reuniões periódicas com a imprensa, de forma a melhorar as comunicações entre os dois órgãos, sistema que foi depois desenvolvimento e praticado de forma mais ampla, com o nome de policiamento de proximidade.[1]

Falecimento e homenagens[editar | editar código-fonte]

Manuel Francisco da Silva faleceu em 5 de Janeiro de 2015, aos 81 anos de idade.[2] A missa de corpo presente foi realizada na Igreja de São Luís, em Faro, e funeral teve lugar no dia seguinte, em Boliqueime.[12] Na sequência do seu falecimento, foi homenageado pela delegação de Faro do Partido Social Democrata, que elogiou a sua conduta enquanto autarca e militar.[13] A Câmara Municipal de Faro também colocou a sua bandeira em meia-haste.[12]

Em Maio de 2015, foi um dos homenageados durante a comemoração dos quarenta anos da delegação de Faro do partido Social Democrata.[14]

Durante a sua carreira militar, foi por várias vezes condecorado.[1]

Referências

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 1,4 1,5 LEAL, João (24 de Janeiro de 2015). «Um testemunho de cidadania». Jornal do Algarve. Consultado em 12 de Julho de 2019 
  2. 2,0 2,1 2,2 «Faleceu o Coronel Silva, antigo presidente da Câmara de Faro». Sul Informação. 6 de Janeiro de 2015. Consultado em 12 de Julho de 2019 
  3. «Quadro (incompleto) das novas Câmaras resultantes do acto eleitoral de ontem». Diário de Lisboa. Ano 62 (21027). 13 de Dezembro de 1982. p. 14. Consultado em 14 de Julho de 2019 – via Casa Comum / Fundação Mário Soares 
  4. 4,0 4,1 «Galeria dos Presidentes». Câmara Municipal de Faro. Consultado em 14 de Julho de 2019 
  5. «A demissão do autarca de Faro». Diário de Lisboa. Ano 63 (21268). 29 de Setembro de 1983. p. 8. Consultado em 14 de Julho de 2019 – via Casa Comum / Fundação Mário Soares 
  6. 6,0 6,1 «Silves e Faro na corda bamba». Diário de Lisboa. Ano 62 (21025). 10 de Dezembro de 1982. p. 10. Consultado em 14 de Julho de 2019 – via Casa Comum / Fundação Mário Soares 
  7. 7,0 7,1 7,2 7,3 7,4 «APU e CDS acusam "bloco central" pela demissão do presidente de Faro». Diário de Lisboa. Ano 63 (21271). 3 de Outubro de 1983. p. 2. Consultado em 17 de Julho de 2019 – via Casa Comum / Fundação Mário Soares 
  8. «PSD Faro lamenta falecimento do Coronel Manuel Francisco da Silva». Algarve Primeiro. 6 de Janeiro de 2015. Consultado em 12 de Julho de 2019 
  9. «AD pára a descida em 43,3 por cento; PS sobe até 31,1 e APU até 20,4». Diário de Lisboa. Ano 62 (21027). 13 de Dezembro de 1982. p. 5. Consultado em 14 de Julho de 2019 – via Casa Comum / Fundação Mário Soares 
  10. «Oficiais condecorados por actos de heroísmo na luta contra os terroristas, em Angola». Portal Português de Arquivos. Consultado em 16 de Julho de 2019 
  11. «Ordem do Exército» (PDF). Ministério da Defesa Nacional - Estado Maior do Exército. 5 de Fevereiro de 2015. Consultado em 13 de Julho de 2019 
  12. 12,0 12,1 «Faleceu Manuel Francisco da Silva, antigo presidente da Câmara Municipal de Faro». Câmara Municipal de Faro. 6 de Janeiro de 2015. Consultado em 12 de Julho de 2019 
  13. «Faro de luto: faleceu o Coronel Manuel Francisco da Silva». Barlavento. 8 de Janeiro de 2015. Consultado em 12 de Julho de 2019 
  14. «PSD/Faro fez História no Teatro das Figuras». A Voz do Algarve. 12 de Maio de 2015. Consultado em 12 de Julho de 2019 

Ver também[editar | editar código-fonte]




Outros artigos dos temas Portugal E BiografiasPedro Faria Gomes, Cristiana Felgueiras, Eduardo Baptista Correia, Francisco Guerreiro, Frederico Marques

Outros artigos do tema Portugal : Ernesto Augusto Pereira de Sales, A Noiva, Clarinha, Adelino Ângelo, Relações entre Países Baixos e Portugal, Estêvão da Gama (1470), Conde de Lumbrales

Outros artigos do tema Biografias : Wanderson Santos Pereira, José Nassif Mokarzel, Dexter Jackson, Suzy Lopes, Cristovam Roberto Ribeiro da Silva, Aylla Harard, Francisco Gomes de Matos


Ícone de esboço Este sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Este artigo "Manuel Francisco da Silva" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Manuel Francisco da Silva.



Compte Twitter EverybodyWiki Follow us on https://twitter.com/EverybodyWiki !