Welcome to EverybodyWiki 😃 ! Nuvola apps kgpg.png Log in or ➕👤 create an account to improve, watchlist or create an article like a 🏭 company page or a 👨👩 bio (yours ?)...

Mia penso

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki
Esperanto flag
Tópico sobre Esperanto
Esse artigo faz parte da série em desenvolvimento Esperanto
Gramática
Esperanto | Gramática | Alfabeto | Ortografia | Vocabulário | Correlativos | Preposições | Advérbios | Conjunções | Afixos | Pronomes | Signuno
História
História | Zamenhof | "Unua Libro" | Declaração de Boulogne | "Fundamento" | Manifesto de Praga | Discursos de Zamenhof
Cultura
Cultura | Esperantistas | Esperantujo | Cinema | Internacia Televido | La Espero | Bibliotecas | Literatura | Música | Falantes nativos | Cultura pop | Publicações | Símbolos | Dia de Zamenhof| Internacia Junulara Kongreso
Organizações e serviços
Amikeca Reto | Academia de Esperanto | Kurso de Esperanto | Pasporta Servo | TEJO | UEA
Críticas
Esperantido | Valor propedêutico | Reformas | Iĉismo | Esperanto X Ido | Interlingua | Novial
Wikimedia
Portal | Vikipedio | Vikivortaro | Vikicitaro | Vikifonto | Vikilibroj | Vikikomunejo | Vikispecoj
editar

Mia Penso (meu pensamento) é um poema de L. L. Zamenhof escrito antes do lançamento do Unua Libro, em 1887.

Edmond Privat em sua obra A Vida de Zamenhof comentou sobre ele da seguinte forma: "Durante seis anos ele permaneceu em silêncio. Foi uma época difícil. Ninguém falou sobre seu trabalho ... Então faleceu os anos mais belos da vida, o aluno, triste e dolorosa." (Edmond Privat, Vivo de Zamenhof, pg. 32).

Versão de J. B. de Mello e Souza[editar]

Uma tradução em Português do poema Mia Penso, realizada por J. B. de Mello e Souza, foi publicada na revista Brazila Esperantisto (Esperantista Brasileiro)(ano 9, números 1-2-3, janeiro-março de 1918, pág. 1).



Outros artigos do tema Literatura : Fábio Bahia, Ume no chiri, Medo de Sade, Iacyr Anderson Freitas, Ak-babas, A Última Viagem (romance), Juan Van Der Aa


Este artigo "Mia penso" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Mia penso.