You can edit almost every page by Creating an account. Otherwise, see the FAQ.

Nerdstore

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki


Nerdstore
Megaboga Editora Ltda. ME.
Nerdstore
Slogan A maior Loja Nerd do Brasil
Proprietário(s) Fernando Nascimento Alescio
Gênero Comércio eletrônico
Idioma(s) Língua portuguesa
Lançamento Setembro de 2007
Posição no Alexa Erro Lua em package.lua na linha 80: module 'Módulo:Wikidata/i18n/Testes' not found.
Endereço eletrónico https://nerdstore.com.br/

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

Nerdstore é uma loja brasileira de comércio eletrônico. Criada em setembro de 2007 pela empresa Jovem Nerd, depois de anos no mercado e com compradores já estabelecidos, foi vendida em 2018, tendo como atual proprietário Fernando Nascimento Alescio. A Nerdstore tem como slogan: "a maior loja nerd do Brasil"; tendo produtos dos mais distintos universos da cultura pop e nerd, camisetas personalizadas da própria empresa, decorações e edições exclusivas de O Hobbit e O Senhor dos Anéis.

História[editar]

O blog Jovem Nerd era e ainda é um dos maiores sites de multimídia do Brasil, com seus donos Alexandre Ottoni (Jovem Nerd) e Deive Pazos (Azaghal) que deixaram de ver o blog como diversão nas horas vagas e começaram a enxergar como algo lucrativo que, alguns anos mais para frente, tornou-se parte da cultura nerd brasileira. Em 2006, os visitantes do site começaram a pedir produtos da empresa Jovem Nerd e, vendo uma oportunidade, os proprietários começaram a estudar durante 1 ano para poderem criar uma plataforma de comércio eletrônico.

Jovem Nerd e sua esposa Sra. Jovem Nerd (Agatha Ottoni) começaram com o negócio pequeno, em um apartamento no Rio de Janeiro. Ainda sem ter criado a loja, começaram a vender seu primeiro produto, uma camiseta com a estampa do Nerdinho[1]. Azaghal e sua esposa Portuguesa (Andreia Duboc) tinham uma confecção de camisetas onde faziam e estampavam as camisetas em São Lourenço e mandavam para o apartamento, o fazendo de centro de distribuição.

Ficheiro:A-batalha-do-apocalipse.jpg
A Batalha do Apocalipse, de Eduardo Spohr

A Nerdstore foi oficialmente inaugurada em 2007, uma semana depois começaram a vender A Batalha do Apocalipse, de Eduardo Spohr. Eduardo Spohr, na época, era um autor não-publicado e, como prêmio de um concurso literário, conseguiu 100 cópias de seu livro. 30 cópias Eduardo usou para distribuir entre as editoras e 70 cópias foram vendidas na Nerdstore com ajuda de propaganda em um podcast da própria empresa, chamado Nerdcast. Na manhã seguinte, depois da publicação do episódio 80 do Nerdcast, chamado de A Batalha do Apocalipse, todas as 70 cópias dos livros foram vendidas. Depois, com ajuda do próprio dinheiro ganho das cópias e com o dinheiro das camisetas vendidas, fizeram mais 500 cópias do livro.

Alexandre e Agatha se mudaram para um apartamento em Curitiba juntamente com Azaghal e a Portuguesa para tornar mais fácil a venda dos produtos, tanto na parte do empacotamento dos produtos quanto na parte da distribuição. A empresa começou a crescer ao passar dos anos, tanto que o estoque começou a aumentar. De 500 cópias de livros foram para 2.000 a 4.000 cópias e cada vez o estoque aumentava na medida que a Nerdstore ia crescendo. Se mudaram então para um escritório conhecido pelos fãs como NerdOffice, onde tinham um estoque maior para armazenar os produtos.

Hoje em dia, a Nerdstore é conhecida nacionalmente por ser uma loja onde os geeks e nerds do Brasil procuram por produtos de seus universos favoritos, tendo uma variedade surpreendente de produtos de distintos universos da cultura pop, principalmente produtos do próprio universo Jovem Nerd, como Protocolo Bluehand, A Lenda de Ruff Ghanor e Ozob (sendo Ruff Ghanor e Ozob baseados em role-playing games lançados em edições especiais do Nerdcast, Nerdcast RPG.

Alexandre Ottoni, o Jovem Nerd

"[...] Os próprios nerds pediam né, cara? "Galera, façam ai uma camiseta do Nerdinho..." que era e ainda é o mascote do Jovem Nerd "...E coloquem em qualquer plataforma Market Place..." que já existiam plataformas Market Place que bota a venda e... É isso "Eu-Eu quero comprar!". E a gente falou "Ah, realmente a gente pode olhar isso", mas a gente vai ter assim, cara, se a gente vai fazer um negócio; a gente vai ter que lidar com o dinheiro das pessoas. Se o público do site vai ser nosso cliente, não dá pra fazer de qualquer jeito, não dá pra simplesmente... Sabe? A gente tinha que mergulhar no assunto. Porque a gente tem esse "apego com a qualidade" em tudo que a gente faz né, cara? Então a gente mergulhou e a gente ficou 1 ano estudando: "Como? Como se cria uma plataforma de e-commerce". A gente não fazia ideia de como é que você emitia um boleto; como é que você cobrava alguém com um cartão de crédito; como você integra essas coisas com conta bancárias; logística, a gente não fazia ideia aliás logística. A gente começou na sala de casa né, cara? [...] E ai a coisa foi crescendo, a gente fez 500 cópias com a grana dos 70 livros vendidos, ainda com um preço caríssimo! Se rodar 500 cópias é um volume muito pequeno pra uma gráfica, né? Então o custo por livro fica muito alto, mas mesmo assim "Gente, vamos investir tudo que a gente tem pra gente fazer essa parada funcionar". E eu lembro que o Azaghal veio de São Lourenço num feriado prolongado era uma quinta, sexta, sábado e domingo. E a gente ficou quinta, sexta, sábado e domingo embalando esses 500 livros, que a gente era muito juvenil, hoje em dia a gente saberia fazer isso muito mais fácil. E a gente tinha um medo do livro amassar, né? Com o transporte, chegar machucado... Então a gente envolvia a coisa com tanto plástica-bolha, cara. Eu lembro que eu fiquei sentindo a textura do plástico bolha nos meus dedos mesmo depois de embalar, a semana inteira sem tocar fiquei sentindo a textura."[2]

Referências

  1. Mascote do blog Jovem Nerd
  2. Alexandre Ottoni responde Como foi criar a Nerdstore?, consultado em 3 de dezembro de 2019 


Este artigo "Nerdstore" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Nerdstore.



Read or create/edit this page in another language[editar]