Ninfa Parreiras

Da wiki EverybodyWiki Bios & Wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Ninfa Parreiras, foto por Dafne Parreiras

Ninfa de Freitas Parreiras (Itaúna) é uma psicanalista, escritora brasileira[1][2] e professora de literatura. Mora na cidade do Rio de Janeiro (RJ).

Trabalha como psicanalista, escritora, professora, consultora/editora de literatura e produtora cultural.

Graduada em Letras e em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - PUC RIO, Mestre em Literatura Comparada pela Universidade de São Paulo - USP (mestrado sobre literatura e psicanáilise).

Trabalhou como especialista e pesquisadora na Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil - FNLIJ, por 20 anos.

Foi bolsista da Internationale Jugendbibliothek[3] (Biblioteca Internacional da Juventude de Munique, Alemanha), em 2000/2001, com a pesquisa "O Desamparo na Literatura para Crianças".

Coordenou o grupo de pesquisa de literatura infantil e juvenil Letra Falante[4].

Pesquisadora da Fundação Cultural Casa Lygia Bojunga, no Rio de Janeiro, desde 2010.

Curadora:

  • do sarau Poesia no Parque (Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas), em Santa Teresa, RJ, desde 2013
  • do sarau Poesia no Castelo (do Centro Educacional Anísio Teixeira - CEAT), desde 2016
  • da Festa Literária de Santa Teresa - FLIST (Centro Educacional Anísio Teixeira - CEAT), desde 2011
  • do Quintal da Língua Portuguesa (leitura e bate papo com autores dos países de língua portuguesa)
  • curadora selecionada no "Projeto Viva o Talento" (2014, 2015 e 2016), da Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro para a realização de Encontros Literários em bibliotecas públicas e a oficina "Gravetos viram Poesia" em bibliotecas públicas e no Centro de Artes Calouste Gulbenkian
  • do projeto Encontro com Jovens Leitores, com o patrocínio da Secretaria Municipal de Cultura - SMC da Cidade do Rio de Janeiro, em 2014 e 2016

Professora de cursos e oficinas de criação literária na Estação das Letras, RJ, desde 2003. Ministra aulas de literatura e criação literária para o Programa Nacional de Incentivo à Leitura - PROLER, secretarias de educação e cultura, unidades do SESC, do SESI - SP, em feiras de livros e eventos relacionados à leitura e à literatura.

Consultora de literatura do "Programa Prazer em Ler" do Instituto C&A, de 2012 a 2016.

Membro dos conselhos diretores:

  • da Fundação Cultural Casa Lygia Bojunga (Rio de Janeiro, RJ)
  • da Associação Cultural Bartolomeu Campos de Queirós (Museu Bartolomeu Campos de Queirós, Papagaio, MG).
  • do Movimento por um Brasil Literário - MBL[5].

Formação Leitora[editar | editar código-fonte]

Passou a sua infância na cidade de Itaúna(MG), encravada entre serras de minério de ferro e o cerrado.

Filha de Maura de Freitas Parreiras e Vicente Parreiras. Sua mãe, dedicada cozinheira, lhe trouxe as histórias da roça, das comidas artesanalmente feitas em fogão de lenha e em forno de barro. Histórias do quintal, da semeadura, do cultivo e da colheita.

Seu pai, além de escritor, poeta e compositor, desenvolveu o jornal A Voz do Município e uma gráfica que fazia os impressos da cidade.

As histórias chegaram pela família, pela escola e pelas leituras de livros emprestados na biblioteca pública local.

Passou no primeiro vestibular para Letras na Universidade Federal de Ouro Preto - UFOP e na Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG.

Escolheu a UFMG, na capital mineira, onde iniciou seus estudos literários.

Mudou-se para o Rio de Janeiro, onde concluiu seus estudos na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - PUC RIO.

Foi pesquisadora da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil - FNLIJ, onde trabalhou com a organização de catálogos de livros; tradução de revistas sobre literatura e leitura para o português; montagem de exposições de livros e de ilustrações; cursos sobre literatura e leitura; montagem de bibliotecas e de acervos literários, seleção de obras para prêmios e programas de leitura, traduções de textos.

Trabalhou em feiras de livros nacionais (bienais do livro do Rio de Janeiro e de São Paulo) e internacionais (Feira de Frankfurt, Alemanha, e Feira do Livro de Bolonha, Itália).

Participou de diversos cursos acadêmicos e outros na área da literatura e da leitura no Brasil e no exterior.

Possui diferentes experiências com leitura e literatura (como professora, palestrante e escritora) no Brasil e em muitos países como Argentina, Paraguay, Colômbia, Itália, Portugal, Alemanha.

Produção Literária[editar | editar código-fonte]

Possui obras publicadas em prosa (contos, novelas e crônicas) e em poesia. Além disso, escreve ensaios sobre literatura, sobre leitura e sobre psicanálise.

Publicou também obras de não ficção (informativas).

Seu conto "Lá no alto" está publicado em espanhol na coletânea Cuentos infantiles brasileños (Embajada del Brasil en Costa Rica, 2011), além de ter sido traduzido para o braille.

Possui diversos artigos sobre literatura/psicanálise publicados em inglês, francês, espanhol, alemão, italiano, em diversos países.

Obra completa:

  • 15 títulos de livros de literatura;
  • 4 títulos de livros de ensaios;
  • 3 títulos de ensaios em co-autoria;
  • 9 coletâneas como organizadora;
  • 4 títulos de livros como co-autora;
  • 4 títulos de livros informativos.

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Algumas de suas obras literárias receberam prêmios:

  • Melhores Livros do Ano[6], da Revista Crescer: Com a maré e o sonho
  • Altamente Recomendável, da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil - FNLIJ, nas categorias Criança, Jovem e Livro Teórico (Com a maré e o sonho; Histórias d'além mar; Navegar pelas letras, literaturas de língua portuguesa; Do ventre ao colo, do som à literatura – Livros para bebês e crianças)

Algumas de suas obras foram selecionadas pelo Programa Nacional Biblioteca da Escola - PNBE, do Ministério da Educação - MEC e por outros programas governamentais (estaduais e municipais), em diferentes categorias.

Recebeu prêmios da sua cidade natal, pela publicação dos livros Com a maré e o sonho e A velha dos cocos:

  • Troféu Feminino Plural (Jornal Social Luiz Parreiras), 2007
  • Troféu Pizzicato (Talento Itaunense), 2007

Como Psicanalista[editar | editar código-fonte]

Graduada em Psicologia, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - PUC RIO, em 1998.

Sua formação em psicanálise compreende estudos com psicanalistas brasileiros (Rio de Janeiro, Brasília, São Paulo) e argentinos (na Argentina e no Paraguay), desde 1989.

Membro Psicanalista Titular da Sociedade de Psicanálise Iracy Doyle - SPID, RJ, desde 2000.

Participou dos projetos:

  • Caminhando: atendimentos a crianças e adultos na Creche Cristo Redentor, Cosme Velho, Rio de Janeiro (RJ)
  • PSIFERIA: supervisão ao grupo de atendimento psicanalítico social em Florianópolis (SC), em parceria com outros psicanalistas

Sua experiência como psicanalista:

  • Trabalha em um consultório de psicanálise, no Rio de Janeiro (RJ), com atendimentos a crianças, adolescentes e adultos, desde 1998
  • Tem artigos sobre psicanálise publicados em diversas revistas de psicanálise no Brasil e em outros países
  • Desenvolve um grupo de estudos sobre literatura e psicanálise
  • Ministra grupos de criação literária, tendo a psicanálise como referência de estudo
  • Trabalha com supervisão psicanalítica a profissionais psicólogos, terapeutas e psicanalistas

Atuação Literária[editar | editar código-fonte]

  • Ministra Oficinas de Criação Literária para a Estação das Letras, no Rio de Janeiro, RJ.

A cada semestre, uma nova turma de literatura infantil e juvenil se inicia, com aulas semanais, desde 2003.

  • Coordena o grupo de leitura Feito à Mão, na Fundação Cultural Casa Lygia Bojunga, Rio de Janeiro, RJ, com encontros mensais. O grupo se dedica a ler a obra de Lygia Bojunga e autores correlatos.
  • Ministra a Oficina de Poesia Versos Diversos, para grupos.
  • Realiza palestras, conversas com o público, cursos e oficinas para adultos e crianças.
  • Ministra cursos de formação para professores, bibliotecários e mediadores de leitura.
  • Ministra a oficina Gravetos viram Poesia, selecionada no edital Viva o Talento 2015, da Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro.
  • Concebeu e criou o selo Cartonera Carioca (edições artesanais de livros de literatura). A primeira publicação: "Miudezas" (2016), com aldravias de 13 poetas cariocas.
  • Organiza antologias, coletâneas de contos, crônicas, poemas e ensaios para diversas editoras, como Objetiva, RHJ, Record, Rovelle.
  • Ministra cursos e grupos de estudos de contos de fadas, com leitura psicanalítica.

Obras Publicadas[editar | editar código-fonte]

Ensaios (não-ficção)[editar | editar código-fonte]

  • Confusão de línguas na literatura: o que o adulto escreve, a criança lê (RHJ, 2009)
  • O brinquedo na literatura infantil: uma leitura psicanalítica (Biruta, 2009)[7]
  • Do ventre ao colo, do som à literatura – Livros para bebês e crianças (RHJ, 2012)[8]
  • Janelas da escrita: memória de Bartolomeu Campos de Queirós (Museu Bartolomeu Campos de Queirós, 2017, no prelo))

Literatura Infantil[editar | editar código-fonte]

Prosa[editar | editar código-fonte]

  • Com a Maré e o Sonho (RHJ, 2006)
  • A Velha dos Cocos (Global, 2006)
  • Um teto de céu (DCL, 2009)
  • Encontros D´água (Scipione, 2009)
  • O morro encantado (Paulus, 2010)
  • O Mergulho no Espelho (Positivo Editora, 2010)
  • Lá no alto (Positivo Editora, 2010)
  • Cuentos infantiles brasileños (Embajada del Brasil en Costa Rica, 2011)
  • Um Mar de Gente (Girafinha, 2007/Rovelle, 2014)
  • Donana e Titonho (Paulinas, no prelo)

Poesia[editar | editar código-fonte]

  • Coisas que Chegam, Coisas que Partem (Cortez, 2008)
  • Poemas do Tempo (Paulinas, 2009)
  • O menino no beco da pipa (Larousse, 2009)

Literatura Juvenil[editar | editar código-fonte]

  • Com Fio (Larousse Jovem, 2010)
  • Histórias d'além mar (Paulinas, 2013)

Livros de não ficção (informativos)[editar | editar código-fonte]

  • Relações afetivas (DCL, 2010)
  • Direitos humanos e ECA, volumes 1 e 2, em co-autoria com Lucilia Soares & Monica Baloussier (DCL, 2010)
  • Família, volumes 1 e 2, em co-autoria com Virgínia Heine (DCL, 2010)
  • Orientação sexual, volumes 1 e 2, em co-autoria com Virgínia Heine (DCL, 2010)

Em co-autoria[editar | editar código-fonte]

  • Da África e Sobre a África: Textos de Lá e de Cá (Cortez, 2012), com Emilia Machado, Mariúcha Rocha & Vania Salek
  • Navegar pelas letras, literaturas de língua portuguesa (Civilização Brasileira, 2012), com Edna Bueno & Lucilia Soares
  • Histórias de Papagaios (Prefeitura Municipal de Papagaios & SESC, 2012), com Bartolomeu Campos de Queirós

Coletâneas, como organizadora[editar | editar código-fonte]

  • Cuentos infantiles brasileños (Embajada del Brasil en Costa Rica, 2011), com Glória Valladares Grangeiro
  • Depois do Silêncio: Escritos Sobre Bartolomeu Campos de Queirós (RHJ, 2013), com Lucilia Soares
  • Contos e poemas para ler na escola: Bartolomeu Campos de Queirós (Objetiva, 2014)
  • Contos e crônicas para ler na escola: Nei Lopes (Objetiva, 2014)
  • Mapas literários: um Rio de histórias (Rovelle, 2015)
  • Miudezas (Selo Cartonera Carioca, 2016)
  • Gravetos viram Poesia (Selo Edições Chave da Torre, 2017)
  • Janela Poética: Haikais (Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro, 2017)
  • Conta-contos (Selo Cartonera Carioca, 2017)

Como colaboradora[editar | editar código-fonte]

  • Revista Direcional Educador (artigos sobre leitura e literatura)
  • Portal EDUKA (artigos sobre leitura e literatura)
  • Revista Plataforma (de Macau, em português e chinês)
  • Diversas revistas, suplementos, jornais

Co autoria em livros[editar | editar código-fonte]

  • Ética, Estética e Afeto na literatura para crianças e jovens (Elizabeth D'Angelo Serra, organizadora), (Global, 2001)
  • Ler é preciso (Elizabeth D'Angelo Serra, organizadora), (Global, 2002)
  • A Morte inventada, Alienação Parental em Ensaios e Vozes (Alan Minas & Daniela Vitorino, organizadores), (Saraiva, 2014)
  • Educação em foco, Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Luciane Manera & Suzana Lima Vargas, organizadoras), (Editora Universidade Federal de Juiz de Fora, 2015)

Apresentações de livros, ensaios em revistas, artigos[editar | editar código-fonte]

  • Revista Carta Capital
  • Revista Crescer
  • Revista Direcional Educador
  • Revista Nova Escola
  • Revista Plataforma (de Macau, em português e chinês)
  • Revista Philos, da União Latina
  • Diversas revistas, jornais e apresentações de dezenas de livros

Projetos concebidos[editar | editar código-fonte]

  • Letra Falante: grupo de estudos e pesquisas de literatura infantil, de 2007 a 2011
  • Encontros Literários na Fundação Cultural Casa Lygia Bojunga, grupo de estudos, desde 2010
  • Poesia no Parque (das Ruínas), em Santa Teresa (RJ), sarau de poesia, desde 2013
  • Poesia no Castelo (do CEAT - Centro Educacional Anísio Teixeira), em Santa Teresa (RJ), sarau de poesia, desde 2016
  • Selo editorial Cartonera Carioca, para publicação de livros artesanais, desde 2016

Referências

  1. Ninfa Parreiras e Sonia Travassos no Conversa com o Autor. Rádios EBC, 17 de janeiro de 2014
  2. Bienal: Joel Rufino e Ninfa Parreiras debatem Africanidade. Prefeitura de Campos, 26 de novembro de 2012
  3. «Internationale Jugendbibliothek». Consultado em 18 de setembro de 2014 
  4. Formação “O BRINQUEDO NA LITERATURA INFANTIL”. Biblioteca Municipal de Silves
  5. «Movimento por um Brasil Literário - MBL». 18 de setembro de 2014. Consultado em 18 de setembro de 2014 
  6. «http://www.premio-offflip.net/julgadores/2016-2/». www.premio-offflip.net. Consultado em 14 de fevereiro de 2018  Ligação externa em |titulo= (ajuda)
  7. Autores: Ninfa Parreiras. Editora Biruta
  8. Ninfa Parreiras. Editora RHJ

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Outros artigos do tema Literatura : Pode um Desejo Imenso, O Codex 632, Metrópolis (literatura), Literatura da Bahia, Livro de Todos, Lista de poetas do Canadá, Sidney Silveira

Este artigo "Ninfa Parreiras" é da wikipedia