Nuno Gomes Garcia

Da wiki EverybodyWiki Bios & Wiki
Ir para: navegação, pesquisa


Nuno Gomes Garcia
Nascimento 2 junho 1978
Matosinhos
Residência Paris
Nacionalidade Português

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

Nuno Gomes Garcia (Matosinhos, 1978) [1] é um escritor português a viver em Paris, França.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nuno Gomes Garcia nasceu em Matosinhos, no ano de 1978, e vive em Paris. Estudou História e Arqueologia nas Faculdade de Letras do Porto e de Lisboa, centrando-se na História Medieval, do Renascimento e da Expansão Europeia. Arqueólogo durante doze anos, dedica-se à escrita de ficção, à edição e à divulgação da Literatura da Lusofonia [2]. É pai de dois filhos com dupla nacionalidade (Lituânia e Portugal)

Obras publicadas[editar | editar código-fonte]

  • O Homem Domesticado (2017)[3]
  • O dia em que o Sol se apagou (2015). Obra finalista do Prémio LeYa em 2014. [4]
  • O soldado Sabino (2012)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

Este artigo "Nuno Gomes Garcia" é da wikipedia

  1. Portal da Literatura Nuno Gomes Garcia
  2. "Nuno Gomes Garcia estreia novo programa na rádio Alfa" [1]
  3. "Uma parábola lúcida e inquietante – O Homem Domesticado, de Nuno Gomes Garcia.", Domingos Lobo, Avante! [2]
  4. "Nuno Gomes Garcia, finalista do Prémio Leya 2015 com um romance histórico dotado de grande poder de fabulação, O Dia em que o sol se apagou, regressa com O Homem Domesticado, uma das raras distopias escritas por autor português.", Miguel Real, Jornal de Letras, nº 1220.