O Púcaro Búlgaro

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki


O Púcaro Búlgaro
Autor(es) Campos de Carvalho
Idioma Português
País  Brasil
Gênero Romance surrealista
Lançamento 1964

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

O Púcaro Búlgaro é um romance surrealista e o último livro de Campos de Carvalho, lançado em 1964. Pode ser tomado como a síntese de sua obra absolutamente original e idiossincrática. O livro possui 110 páginas.

A narrativa é um exercício – e também uma aula – de humor e escrita, com doses de surrealismo e um texto formado por relatos que beiram a esquizofrenia e parecem não levar a lugar nenhum, mas acabam por formar uma obra “fluente em sua descontinuidade”.

Enredo[editar]

No verão de 1958, enquanto visitava tranqüilamente o Museu Histórico e Geográfico de Filadélfia, um cidadão chamado Hilário avistou um púcaro búlgaro. Espantadíssimo, embarcou – ao lado de Pernacchio, Radamés, Expedito e Ivo Que Viu a Uva – numa jornada à Bulgária, a fim de comprovar a (in)existência desse país. “Do que se passou e sobretudo do que não se passou nessa expedição já famosa é o relato que se vai ler em seguida”, explica o narrador, “o mais pormenorizado e o mais honesto possível, embora tenha sido reduzido ao mínimo para que pudesse caber num só volume e mesmo num só século – o que afinal se conseguiu.”

Ícone de esboço Este sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Este artigo "O Púcaro Búlgaro" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:O Púcaro Búlgaro.