You can edit almost every page by Creating an account. Otherwise, see the FAQ.

Orçamento federal do Brasil de 2008

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki

Parte da série sobre
Política do Brasil
Portal Portal do Brasil

O orçamento federal do Brasil de 2008 foi submetido ao Congresso Nacional do Brasil pelo presidente Lula da Silva em 5 de setembro de 2007.

A Lei Orçamentária Anual (LOA) foi sancionada, com atraso, em 25 de março de 2008.[1]

Receitas totais[editar]

As receitas totais para o ano fiscal de 2008 são estimadas em R$ 1,4 trilhão.

  • Receitas primárias: R$ 682,7 bilhões
  • Receita financeira: R$ 669,7 bilhões
  • Estatais: R$ 62 bilhões

Despesas totais[editar]

As despesas totais para 2008 chegam a R$ 1,4 trilhão.

  • Despesas obrigatórias: R$ 502,1 bilhões
    • R$ 114,9 bilhões - Repasses a Estados e Municípios
    • R$ 130,8 bilhões - Folha de pagamento
    • R$ 198,7 bilhões - Previdência Social
    • R$ 34,4 bilhões - Desemprego e outros benefícios sociais
    • R$ 3,9 bilhões - Subsídio à exportação
    • R$ 19,4 bilhões - Outras despesas obrigatórias
  • Gastos discricionários: R$ 129,6 bilhões
  • Despesas financeiras: R$ 720,9 bilhões
    • R$ 504,5 bilhões - Amortização da dívida pública
    • R$ 152,2 bilhões - Juros da dívida pública
    • R$ 64,2 bilhões - Outras despesas financeiras
  • Investimentos em empresas estatais: R$ 62 bilhões

Ver também[editar]

Referências[editar]

  1. «Lula sanciona Orçamento de 2008 sem vetos». Extra Online. Consultado em 20 de março de 2023 

Ligações externas[editar]


Este artigo "Orçamento federal do Brasil de 2008" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Orçamento federal do Brasil de 2008.



Read or create/edit this page in another language[editar]