Welcome to EverybodyWiki 😃 ! Nuvola apps kgpg.png Log in or ➕👤 create an account to improve, watchlist or create an article like a 🏭 company page or a 👨👩 bio (yours ?)...

Otaku no Video

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki
Otaku no Video
おたくのビデオ
(Video do Otaku)
Otaku no Video DVD EUA.jpg
Capa do DVD Volume 01 americano
Gênero Comédia, Drama, Romance,

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

Otaku no Video (おたくのビデオ, Otaku no Bideo?) é um anime de comédia que alterna animação tradicional com segmentos de um mockumentary, e mostra tanto a vida e cultura de alguns otakus, quanto a história do grupo que criou o desenho animado em questão - a Gainax. Esta obra destaca-se das outras pela sua mistura de animação tradicional (com a roteirização característica de outros desenhos animados) com o uso de filmes em live-action que imitam um documentário comum, em uma mistura de técnicas um tanto diferentes entre si.

História[editar]

O personagem principal, Ken Kubo, é um japonês comum que vive pacificamente com a sua namorada e participando do clube de tênis de sua faculdade. Um dia, Ken encontra um de seus antigos amigos do colégio: Tanaka. Após ser introduzido ao círculo de amigos de Tanaka (sendo que todos os membros desse círculo são otakus) e aprofundar-se na cultura otaku, Ken acaba estabelecendo uma meta: tornar-se o Otaking, o rei de todos os otakus. Após isso, ele inicia sua "jornada" para atingir a sua meta.

O roteiro do anime centra-se nas peripécias de Ken para atingir o seu sonho e em análises sobre os diversos aspectos da subcultura otaku, enfatizando de forma exagerada certas caracteristicas que marcam os otakus como uma tribo urbana: a união existente entre os membros do grupo, a tendencia de "sonhar acordado", a criatividade pouco comum e o sonho de aceitação pelo resto da sociedade. Alem disso, ha criticas espirituosas a praticas comuns entre os otakus, como a imitacao de personagens de desenhos animados.

O Retrato de um Otaku[editar]

Algumas das partes mais espirituosas e controversas de Otaku no Video centram-se na inclusão de alguns segmentos de um documentário tradicional denominado "O retrato de um otaku". Nesses segmentos, os produtores do documentário entrevistam um otaku anônimo (devidamente ocultado por um mosaico em seu rosto e com a voz eletronicamente distorcida), que normalmente tem vergonha de seu fanatismo. Servindo como um contraponto para os segmentos em animação tradicional, os trechos em documentário centram-se nas características negativas que os otakus possuem, tecendo criticas contundentes e, as vezes, crueis a tribo urbana.

Com entrevistas que abordam desde um programador de computadores envergonhado de seus dias de cosplayer, passando por um otaku colecionador de garage kits e até mesmo um otaku que rouba celulas de animação e um otaku viciado em pornografia que se masturba durante a entrevista, esses trechos em mockumentary cobrem alguns dos diversos segmentos componentes da subcultura otaku e expõem aspectos extremamente negativos que mostram qual seria o ponto que o fanatismo otaku pode alcançar, e quais são as consequências que esse fanatismo traz.

Acredita-se que alguns dos entrevistados dos trechos de "O retrato de um otaku" eram funcionários da GAINAX na época que o anime era produzido.

Ver também[editar]

  • Otaku
  • Welcome to The NHK!

Ligações externas[editar]


Este artigo "Otaku no Video" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Otaku no Video.