Paraísos Selvagens

Da wiki EverybodyWiki Bios & Wiki
Ir para: navegação, pesquisa


Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Paraísos selvagens é uma coletânea de documentários da National Geographic Society produzido na década de 1990 sobre os principal refúgios da vida selvagem.

Essa coletânea engloba diversos lugares, como o Delta de Okavango, Parque Nacional de Serengueti, onde retrata o ciclo da vida e da cadeia alimentar na região, a fauna da Tanzânia, os ursos-polares na Noruega, os tigres siberianos na Rússia, os manguezais de Bornéu, a preservação do urso-panda na China, os cangurus dos desertos da Austrália e toda a sua estranha fauna, os coiotes no parque de Yellowstone, entre vários outros lugares.

Lista de documentários da série Paraísos Selvagens[editar | editar código-fonte]

  • Okavango - Oásis selvagem da África
  • Serengeti - Ciclo da vida animal
  • Tanzânia - O convívio dos predadores
  • Noruega - O grande urso polar
  • Sibéria - Os ferozes tigres da neve
  • Bornéu - As estranhas criaturas do mangue
  • China - O refúgio do panda selvagem
  • Desertos australianos - O reino do canguru
  • Austrália - A terra dos animais misteriosos
  • Reino Ártico - A vida em seu limite
  • Yellostone - O reino do coiote americano
  • América do Norte - O deserto de Sonora
  • Flórida - os pântanos de Everglades
  • Panamá selvagem - A vida na floresta tropical
  • Galápagos - A ilha dos dragões

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este sobre televisão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.



Outros artigos do tema Televisão : Painel de Domingo, Semana em Foco, Jornal da Vida (Bacabal), Jornal da Tarde (telejornal), Sectaurs, Hiperprograma, Luisa Palomanes


Este artigo "Paraísos Selvagens" é da wikipedia