You can edit almost every page by Creating an account. Otherwise, see the FAQ.

Paulo Muller

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki


Paulo Henrique Müller
Paulo Muller
Paulo Henrique Muller em 2001
Informação geral
Nome completo Paulo Henrique Müller
Nascimento 20/7/1970
Origem Concórdia, Santa Catarina
País  Brasil
Morte 03/2/2017
Gênero(s) Jazz
MPB
Música Erudita
Música Experimental
Música contemporânea
Ocupação(ões) clarinetista, saxofonista, arranjador, professor
Período em atividade 1996–2017
Afiliação(ões) Sexteto Blazz, Ex-Machina, Banda Municipal de Porto Alegre, Os Relógios de Frederico

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

Paulo Henrique Müller (Concórdia, 20 de julho de 1970, Concórdia, 03 de fevereiro de 2017) foi um músico brasileiro. Clarinetista, saxofonista, arranjador e professor, bacharel em Música pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, atuou em estilos como Jazz, Erudito, MPB e Rock[1] [2][3].

Biografia[editar]

Paulo Müller nasceu em Concórdia, região oeste de Santa Catarina. Em 1986 estudou música no Conservatório de Tatuí, interior de São Paulo, onde estudou por três anos. [4][5]. Mudou-se para Porto Alegre onde, em 1999, formou-se em Bacharelado em Música na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Durante o período de estudos na faculdade, frequentou cursos de verão no Solar do Barão, em Curitiba.

Participou da criação do Sexteto Blazz em 1999. Com esse grupo de jazz instrumental gravou dois Cds tocando saxofone alto[6]e realizou apresentações em pubs, teatros e espaços culturais no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina.

"Gemius", o disco de estréia do Sexteto Blazz, foi lançado em 2002, contou com o videoclipe "Semba"[7], teve um show de lançamento disputado e obteve elogios de jornais como o Correio do Povo, que descreveu o sexteto como ousado, ao resgatar o jazz clássico com competência [8]. "Quilombo", o segundo disco do grupo, foi lançado em 2005 de maneira independente. Em novembro de 2009, o grupo comemorou 10 anos de formação em uma apresentação no Bar Ocidente, em Porto Alegre[9].

Entre 1998 e 2002, realizou gravações e apresentações com o grupo Ex-Machina, tendo gravado dois discos com o grupo: o disco de estréia "Ex-Machina", em 1998 e o disco "Um Som Que Não Soa" em 2001[10].

Ficheiro:Paulo Muller e Rodrigo Siervo.png
Paulo Müller gravando saxofone.

Entre 1997 e 2000, foi integrante da banda Bili Rubina, tendo gravado clarinete e saxofone alto no disco "Aí Varô", em 2000. A Música "Meu Amor", composição de Yanto Laitano, cujo clarinete foi gravado por Paulo, tornou-se um sucesso nas rádios do sul do Brasil e em festivais como o Planeta Atlântida e o da Ipanema Fm [11]

Entre 2007 e 2009, participou do espetáculo Misto Quente da Companhia Circo Teatro Girassol, como saxofonista.

A partir de 2007 montou o Paulo Müller Trio, que contava com Agnel Luis Kufner na guitarra e Ivo Pelizzaro na bateria e realizavam apresentações frequentes com um repertório de jazz, mpb e bossa nova[12]. Com esse trio, Müller venceu a edição Regional de Concórdia do "Panorama Sesc de Música Catarinense" em 2007 e recebeu convite para participar da etapa final do projeto, em novembro do mesmo ano, no SESC Prainha em Florianópolis [13].

Entre 2008 e 2012, passou a integrar o grupo "Arnaldo Savegnago & Quinteto Musi Art" como clarinetista, tendo realizado diversas apresentações no sul do país tocando o gênero Choro[14].

Em 2009 participou do disco "Horizontes e Precipícios" de Yanto Laitano, com quem já havia tocado no grupo Ex-Machina e na banda Bili Rubina. Nesse disco, Paulo gravou clarinete e saxofone alto[15] [16].

Foi integrante da Banda Municipal de Porto Alegre onde atuou como clarinetista até 2016[17]. Além da Banda Municipal de Porto Alegre, Paulo Müller também participou da Banda Sinfônica de Erechim e Banda Sinfônica de Caxias do Sul, [18], Sexteto Blazz e Bili Rubina.

Em 2017, gravou o disco "Blues for Marcel" com o Paulo Müller Trio, com Ivo Pelizzaro na bateria e Agnel Luis Kufner na guitarra, que também produziu o disco[19].

Homenagem Póstuma[editar]

Recebeu homenagem póstuma da Prefeitura Municipal de Concórdia que, em 2018, batizou o Auditório do Centro Cultural com o seu nome [20] [21][22] [23].

Obra[editar]

Discografia[editar]

  • Ex-Machina. Ex-Machina, 1998.[24]
  • Bili Rubina. Aí Varô, 2000.
  • Ex-Machina. Um Som Que Não Soa, 2002.[25]
  • Sexteto Blazz. Gemius, 2002. [26]
  • Sexteto Blazz. Quilombo, 2008. [27]
  • Paulo Müller Trio. Blues for Marcel, 2017 (póstumo), [28]

Participações em discos[editar]

Trilha Sonora[editar]

  • Kata. Episódio da série Primeira Geração, RBS, 2008. Clarineta

Vídeo Clipe[editar]

  • Sexteto Blazz. Semba, 2002.

Ligações externas[editar]


Referências

  1. [http://www.unicamp.br/ciddic/compositores_a.html "MUSICON CDMC UNICAMP, Centro de Documentação da Música Contemporânea"]. Portal do Centro de Documentação da Música Contemporânea da UNICAMP, acessado em 28/04/2017 - 15h11
  2. "PINHALZINHO TERÁ RECITAL MUSICAL DO CHORO". 'Governo Municipal de Pinhalzinho"]. Governo Municipal de Pinhalzinho, acessado em 28/04/2017 - 14h56
  3. "Auditório Do Centro Cultural Recebe O Nome De Paulo Henrique Muller". 'Página Da Rádio Rural"]. Página Da Rádio Rural, acessado em 28/05/2023 - 12h34
  4. "Auditório Leva o nome de músico". Jornal O Imparcial, Edição impressa, nº 854, 29/06/2018
  5. "Homenagem ao Musicista". Escrito por Rosani Trindade. Jornal Diário do Oeste, Edição impressa de 08/05/2018
  6. "Jazz na Usina com Sexteto Blazz". RS Virtual, acessado em 05/02/2017 - 15h48
  7. "Musical especial com Sexteto Blazz". Página do Studio Clio, acessado em 28/04/2017 - 19h45
  8. "Jornal Correio do Povo, Variedades, Quinta-Feira, 11 de dezembro de 2003, página 27". Disponível no arquivo online do jornal e acessado em 28/04/2017 - 19h53
  9. [http://www.guiadasemana.com.br/porto-alegre/bares/evento/ocidente-acustico-sexteto-blazz-ocidente-01-01-2000 "Ocidente Acústico - Sexteto Blazz"]. Portal Guia da Semanal, acessado em 28/04/2017 - 19h34
  10. [http://www.unicamp.br/ciddic/compositores_a.html "MUSICON CDMC UNICAMP, Centro de Documentação da Música Contemporânea"]. Portal do Centro de Documentação da Música Contemporânea da UNICAMP, acessado em 28/04/2017 - 15h11
  11. "Festa 25 anos Ipanema e Opinião". Cultura e Diversão — Hagah, 04/02/2010 - 02:02.
  12. "Jazz, MPB e Improvisação". Texto de Carla Algeri. Jornal Concórdia, Caderno Variedades, Edição impressa, nº 1905, 01/08/2007
  13. [http://www.overmundo.com.br/agenda/panorama-sesc-de-musica "Panorama SESC de Música de 02/11 a 23/11· Florianópolis, SC"]. Página do Sítio do Overmundo, 07/11/2007, acessado em 28/05/2023
  14. "Arnaldo Savegnago & Quinteto Musi Art apresenta-se no teatro do SESC". Página do Departamento de Comunicação Social da Prefeitura de Passo Fundo, 30/10/2012, acessado em 28/04/2017 - 15h18
  15. [http://www.rockgaucho.com.br/horizontes-e-precipicios-de-yanto-laitano-no-theatro-sao-pedro/ "Horizontes e Precipícios de Yanto Laitano no Theatro São Pedro"]. Página do sítio Rock Gaúcho, acessado em 28/04/2017 - 15h18
  16. [https://celulapop.com.br/entrevistao-yanto%E2%80%8C-%E2%80%8Claitano%E2%80%8C/ "Entrevistão Yanto Laitano no Theatro São Pedro"]. Página do sítio Célula Pop, acessado em 28/05/2023 - 12h54
  17. "Concerto da Banda Municipal abre Semana de Porto Alegre". Portal da Prefeitura de Porto Alegre, 26/03/2016, acessado em 28/04/2017 - 14h58
  18. "Auditório Do Centro Cultural Recebe O Nome De Paulo Henrique Müller". 'Página Da Rádio Rural"]. Página Da Rádio Rural, acessado em 28/05/2023 - 12h34
  19. "Auditório Do Centro Cultural Recebe O Nome De Paulo Henrique Muller".'Página Da Rádio Rural"]. Página Da Rádio Rural, acessado em 28/05/2023 - 12h34
  20. "Auditório do Centro Cultural deverá se chamar "Paulo Henrique Müller" em homenagem a musicista concordiense". Portal da CÂMARA MUNICIPAL DE Vereadores de Concórdia/SC, 07/05/2018, acessado em 29/06/2020 - 23h36
  21. "Auditório do Centro Cultural recebe o nome de Paulo Henrique Müller". Página do Jornal "O Tempo De Fato", 10/06/2018, acessado em 28/06/2020 - 23h37
  22. "Auditório Leva o nome de músico".
  23. "Homenagem ao Musicista". Escrito por Rosani Trindade. Jornal Diário do Oeste, Edição impressa de 08/05/2018
  24. FPMPA / SMC / FUMPROARTE. Projetos Beneficiados / 1997. Prefeitura Municipal de Porto Alegre, 03/02/2010 - 12h33.
  25. FPMPA / SMC / FUMPROARTE. Projetos Beneficiados / 2000. Prefeitura Municipal de Porto Alegre, 02/02/2010 - 17h28.
  26. "Musical especial com Sexteto Blazz". Studio Clio, acessado em 05/02/2017 - 15h40
  27. "Jazz na Usina com Sexteto Blazz". RS Virtual, acessado em 05/02/2017 - 15h48
  28. "Auditório Do Centro Cultural Recebe O Nome De Paulo Henrique Muller".'Página Da Rádio Rural"]. Página Da Rádio Rural, acessado em 28/05/2023 - 12h34
  29. "Os Relógios de Frederico". Discos do Brasil, acessado em 07/02/2017 - 11h43



Outros artigos do tema Música : Aryan Terrorism, Zezinho do Trombone, Peter Tuthill, Sally Baldwing, UFO Radio, Creamy, Iládio Amado


Ícone de esboço Este sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.



Este artigo "Paulo Muller" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Paulo Muller.



Read or create/edit this page in another language[editar]