Welcome to EverybodyWiki ! Nuvola apps kgpg.png Sign in or create an account to improve, watchlist or create an article like a company page or a bio (yours ?)...

Pedro Aleixo

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pedro Aleixo
Presidente do Brasil[1]
Período Vetado para assumir o mandato pela Junta Governativa Provisória[2]
Antecessor Artur da Costa e Silva
Sucessor Junta Governativa Provisória de 1969
16.° Vice-presidente do Brasil
Período 15 de março de 1967
a 31 de agosto de 1969
Presidente Artur da Costa e Silva
Antecessor José Maria Alkmin
Sucessor Augusto Rademaker
Ministro da Educação do Brasil
Período 10 de janeiro de 1966
a 30 de junho de 1966
Presidente Castelo Branco
Antecessor Flávio Suplicy de Lacerda
Sucessor Raymundo Augusto de Castro Moniz de Aragão
Presidente da Câmara dos Deputados do Brasil
Período 4 de maio de 1937
a 10 de novembro de 1937
Antecessor Antônio Carlos Ribeiro de Andrada (IV)
Deputado federal por Minas Gerais
Período : 3 de maio de 1935 até até 10 de novembro de 1937
: 1 de fevereiro de 1959 até 1 de julho de 1966
Deputado estadual por Minas Gerais
Período 1947 até 1950
Dados pessoais
Nascimento 1 de agosto de 1901
Mariana, Minas Gerais
Morte 3 de março de 1975 (73 anos)
Belo Horizonte, Minas Gerais
Nacionalidade brasileiro
Progenitores Mãe: Úrsula Maria Aleixo
Pai: José Caetano Aleixo
Cônjuge Mariquita Aleixo (1925–1975)[3]
Partido UDN
Ocupação Advogado e professor

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

Pedro Aleixo (Mariana, 1 de agosto de 1901 — Belo Horizonte, 3 de março de 1975) foi um advogado, jornalista, professor e político brasileiro, tendo sido o 16.º vice-presidente do Brasil entre 1967 e 1969, impedido de tomar posse da presidência da República pela junta governativa provisória. Foi também deputado estadual, deputado federal e ministro da Educação no governo do presidente Castelo Branco.

Biografia[editar]

Vida familiar e primeiros anos[editar]

Nasceu em São Caetano, um distrito do município de Mariana, em Minas Gerais, no dia 1 de agosto de 1901, filho do comerciante José Caetano Aleixo e de Úrsula Martins Aleixo. Casou-se em 25 de outubro de 1925 com Maria Stuart Brandi Aleixo, mais conhecida como Mariquita, com quem teve quatro filhos.

Estudos e carreira[editar]

Teve seus primeiros estudos no Colégio Malheiros em Ouro Preto. Ingressou em 1918 no curso de direito da Faculdade de Direito de Minas Gerais, formando-se em 1922. Exerceu a advocacia no escritório do Dr. Abílio Machado, junto com o seu colega de turma Milton Campos. Paralelamente a sua formação jurídica, exercia também o jornalismo e em 1928, foi um dos fundadores e diretor do jornal Estado de Minas. Foi eleito para o cargo de conselheiro municipal de Belo Horizonte (1927-1930). Em 1928 foi aprovado como professor de Direito Penal, passando dar aulas no curso de doutorado na mesma Faculdade que se formara.

Vida política[editar]

Deputado constituinte[editar]

Na política, apoiou a Aliança Liberal e foi um dos mentores intelectuais da Revolução de 1930. Elegeu-se deputado à constituinte de 1934. Em 4 de maio de 1937, apoiado por Getúlio Vargas, derrotou o líder mineiro, também da Aliança Liberal, Antônio Carlos na disputa pela presidência da Câmara dos Deputados, sendo portanto o primeiro substituto de Getúlio, pois não havia a figura do vice-presidente na Constituição de 1934. Foi em sua gestão que o presidente Getúlio Vargas instaurou o Estado Novo no Brasil através do golpe de 10 de novembro de 1937.

Com o Congresso Nacional fechado, Pedro Aleixo voltou a advogar, sendo eleito, em 1938, Presidente do Instituto da Ordem dos Advogados de Minas Gerais. Alguns anos depois voltou-se contra Getúlio Vargas, sendo um dos signatários do Manifesto dos Mineiros, em 24 de outubro de 1943, em favor do retorno ao estado de direito.

Deputado estadual[editar]

Fundador da União Democrática Nacional, tendo sido eleito presidente da seção mineira deste partido. Elegeu-se deputado estadual e foi secretário de estado do Interior e Justiça no governo Milton Campos, de 1947 até julho de 1950.

Deputado federal[editar]

Eleito novamente deputado federal em 1958 e 1962, pela UDN, destacou-se por fazer acirrada oposição aos governos de Juscelino Kubitschek e João Goulart. Foi um dos líderes civis do golpe militar de 1964, tendo se filiado à ARENA. Entre 10 de janeiro e 30 de junho de 1966 exerceu o cargo de ministro da Educação e Cultura no governo Castelo Branco.

Vice-presidente do Brasil[editar]

Pedro Aleixo em 1971.

Eleito vice-presidente da república na chapa do marechal Artur da Costa e Silva, pela Aliança Renovadora Nacional, em 3 de outubro de 1966, Pedro Aleixo se posicionou contra a edição do AI-5 chegando inclusive a elaborar uma revisão da constituição de 1967[4], a fim de restaurar a legalidade. Contudo, a doença do presidente da república impediu que tal intenção se concretizasse. Consumado o afastamento de Costa e Silva em 31 de agosto de 1969, em virtude de uma trombose, foi impedido de exercer seu direito constitucional de assumir o cargo pelos ministros militares, que mais tarde consideraram extinto seu mandato por força do AI-12 de 6 de outubro de 1969. Em 1970 desligou-se da ARENA e tentou organizar, sem sucesso, o Partido Democrático Republicano.[5]

Como vice-presidente da república, foi o último nesta condição a exercer a presidência do Senado Federal. Assumiu a Presidência da República entre 11 e 14 de abril de 1967, em razão de uma viagem de Costa e Silva ao Uruguai.

Homenagens[editar]

Em 2001, o Estado de Minas ganhou nova e moderna sede, na Avenida Getúlio Vargas, no bairro dos Funcionários, zona nobre de Belo Horizonte, que recebeu o nome de Edifício Pedro Aleixo. Aleixo foi um dos fundadores do jornal, o maior de Minas Gerais e um dos mais importantes do Brasil.

Em 2011, conforme a Lei n° 12.486, de 12 de setembro, o nome do cidadão Pedro Aleixo foi incluído na galeria dos que foram ungidos pela Nação Brasileira para a Suprema Magistratura. Isso significa que ele deve ser considerado um ex-presidente da República, para todos os efeitos legais.[6] Sua foto foi posteriormente, em 2018, incluída na galeria de presidentes da República.[7]

Em São Gonçalo, no estado do Rio de Janeiro, há uma rua em sua homenagem no bairro de Lagoinha, Terceiro Distrito do município. Há também em Belo Horizonte e Sidrolândia (MS) uma escola municipal com seu nome, cuja inauguração se deu em 1976, contando com as presenças de autoridades da política mineira, dentre elas o governador mineiro da época Aureliano Chaves. Também no bairro Serra, na mesma cidade, tem uma escola estadual com seu nome. Em Contagem (MG), há o Fórum Doutor Pedro Aleixo.

Na Câmara dos Deputados, a Biblioteca por meio da Resolução nº 104, de 3 de dezembro de 1984, passa a se chamar Biblioteca Pedro Aleixo.[8]

No distrito de Bandeirantes, situado em Mariana, Minas Gerais, sua terra natal, existe o centro comunitário Pedro Aleixo, onde se reúnem objetos de sua história e memória.

Obras publicadas[editar]

  • O Peculato no Direito Penal Brasileiro. Tese apresentada em concurso à Faculdade de Direito da Universidade de Minas Gerais para a cadeira de Direito Penal, Belo Horizonte: Gráfica Belo Horizonte, 1956.
  • Imunidades parlamentares. Belo Horizonte: Revista Brasileira de Estudos Políticos, 1961.
  • Em defesa do Congresso Nacional. Discurso proferido na Sessão de 19 de abril de 1963, Brasília, Câmara dos Deputados: 1963.

E teve diversos artigos, pareceres, votos e discursos parlamentares publicados no decorrer de sua carreira política.

Referências

  1. «Lei nº 12.486/2011: Inclui o nome do cidadão Pedro Aleixo na galeria dos que foram ungidos pela Nação Brasileira para a Suprema Magistratura». Presidência da República. 2011. Consultado em 26 de janeiro de 2017 
  2. «Vice-presidente civil foi impedido de assumir». Senado Federal. 2014. Consultado em 26 de janeiro de 2017 
  3. Também conhecida como Mariquita Aleixo
  4. «1968 - Ato Institucional 5 - Pedro Aleixo». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 8 de junho de 2019 
  5. Biografia de Pedro Aleixo na página do Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil (CPDOC)
  6. Lei nº 12.486, de 12 de setembro de 2011.
  7. «Pedro Aleixo passa a integrar galeria de ex-presidentes da República». www.tjmg.jus.br. Consultado em 8 de junho de 2019 
  8. Biblioteca Pedro Aleixo


Precedido por
Antônio Carlos Ribeiro de Andrada
Presidente da Câmara dos Deputados
1937
Sucedido por
Poder Legislativo fechado
Precedido por
Flávio Suplicy de Lacerda
Ministro da Educação do Brasil
1966
Sucedido por
Raymundo Augusto de Castro Moniz de Aragão
Precedido por
José Maria Alkmin
16° Vice-presidente do Brasil
1967 — 1969
Sucedido por
Augusto Rademaker
Precedido por
Costa e Silva
Brasil.
Presidente do Brasil

não tomou posse (1969)
Sucedido por
Junta Governativa Provisória de 1969


Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).


Outros artigos dos temas Brasil E Minas Gerais E PolíticaGedeão de Freitas, Câmara Municipal de Ipatinga, Gustavo Prandini, Almir Ribeiro Tavares, Itamar Franco, Dilma Rousseff

Outros artigos dos temas Brasil E Minas GeraisPense, Dilma Rousseff, Pedro Ninja, Distrito-sede (Coronel Fabriciano), Câmara Municipal de Ipatinga, Sistema Integrado de Mobilidade (Contagem), Paulo César Camarão

Outros artigos dos temas Brasil E PolíticaHenrique Eduardo Alves, Lista de diretores-presidentes da Agência Nacional de Saúde Suplementar, Livro Negro do Terrorismo no Brasil, Escândalos políticos no Brasil, Airon Timóteo Cavalcante, Controvérsias envolvendo o Governo Bolsonaro, Joel Pedro da Silva

Outros artigos dos temas Brasil E BiografiasCezar Ferreira dos Santos Silva, Wilson Matos, Wibe, Paulo da Silveira Rosas, João Carlos Taveira, Cezar Ferreira, Belo Campo, Adriano Magalhães da Nóbrega

Outros artigos dos temas Minas Gerais E PolíticaGedeão de Freitas, Dilma Rousseff, Joaquim Ferreira da Silva Chaves, Rodolfo Gustavo da Paixão, Gustavo Prandini, Itamar Franco, Almir Ribeiro Tavares

Outros artigos dos temas Minas Gerais E BiografiasMárcio Seixas, Mc_Didizin, Rodolfo Gustavo da Paixão, Paulo César Camarão, Iacyr Anderson Freitas, Nardyello Rocha, Itamar Franco

Outros artigos dos temas Política E BiografiasDilma Rousseff, Quinho (político), Luiz Carlos Alborghetti, Ranieri Mazzilli, Rodrigo Maia, Paulo Fumio Tokuzumi, Itamar Franco

Outros artigos do tema Brasil : TV Costa Norte (Parnaíba), Mário Itálico Tumelero, Cronologias da história do Brasil, Cine+, Vila Ipojuca (curta-metragem), Processo de cassação de Mário Covas, TV Canção Nova

Outros artigos do tema Minas Gerais : Hugo Pontes, Nardyello Rocha, Câmara Municipal de Ipatinga, João Carlos Taveira, Gustavo Prandini, TV Bandeirantes Triângulo, Ernani Maletta

Outros artigos do tema Política : Linha do tempo do governo Jair Bolsonaro, Rodolfo Gustavo da Paixão, Lista de monarquias antigas, Governo da Bahia, Escândalo dos Sanguessugas, Jodenir Soares, Pais a Favor do Rock e Rap

Outros artigos do tema Biografias : Desportistas do Maranhão, David Lobato, Valdir Bonatto, Hadson Nery, Flávio Torres (futebolista), Ismerino Soares de Carvalho, Atores da Bahia


Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Pedro Aleixo

Erro Lua em Módulo:Controle_de_autoridade na linha 131: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).Erro Lua em Módulo:Taxonbar na linha 147: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).Erro Lua em Módulo:Medbar na linha 131: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).


Este artigo "Pedro Aleixo" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical.


Compte Twitter EverybodyWiki Follow us on https://twitter.com/EverybodyWiki !

Farm-Fresh comment add.png You have to Sign in or create an account to comment this article !<comment-streams/>