Welcome to EverybodyWiki ! Nuvola apps kgpg.png Sign in or create an account to improve, watchlist or create an article like a company page or a bio (yours ?)...

Porto Claro

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Question book.svg
Este artigo ou secção necessita de referências de fontes secundárias fiáveis publicadas por terceiros (desde janeiro de 2017).
Por favor, melhore-o, incluindo referências mais apropriadas vindas de fontes fiáveis e independentes.
Fontes primárias, ou que possuem conflito de interesse geralmente não são suficientes para se escrever um artigo em uma enciclopédia.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Porto Claro
República de Porto Claro
Bandeira de Porto Claro
Brasão de armas de Porto Claro
Lema: Paz e Luz Eternamente
Hino nacional: Salve Porto Claro
Gentílico: Portoclarense


Localização de Porto Claro
Capital São Herculano - DN
Língua oficial Português, Francês, Inglês
Governo República presidencialista
 - Presidente Deoclécio Galvao
 - Vice Presidente Cristiano Sobral
 - Presidente do Senado Federal André Szytko
 - Chanceler Cristiano Sobral
Área  
 - Total 100 Km2 km² 
 - Água (%) 0,15%
População  
 - Estimativa para 2010[1] 40 hab. 
IDH (2009) 0,915  – muito elevado
Moeda Cifra
Clima Equatorial semi-úmido
Cód. ISO PC
Website governamental http://www.portoclaro.com.br

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

Porto Claro é uma micronação criada por Pedro Aguiar em 25 de setembro de 1992 que funcionou tendo por forma de governo uma monarquia entre 1992 e 1998, e depois, na forma de república, que configura na Internet até hoje. É considerada, por isso, a micronação mais antiga da América Latina e a primeira fundada por um brasileiro. Hoje, praticamente todas as demais micronações lusófonas são, direta ou indiretamente, derivadas da iniciativa de Porto Claro.[2] Pode ser considerada tanto modelista quanto derivatista.

A micronação foi fundada em 1992, mas só passou a ser realmente na Internet e outros meios em 1996, o que faz uma história fictícia anterior a 1996. O atual Presidente da República é o Sr. Deoclécio Galvao[3]. Pela República de Porto Claro já passaram mais de 600 cidadãos desde 1992[4].

História[editar | editar código-fonte]

A história de Porto Claro é geralmente dividida normalmente em duas partes[5]: história fictícia e história real.

História fictícia

Porto Claro foi descoberto pelo navegador francês Louis de La Bêtise, que no ano de 1516 chegou ao território que hoje conhecemos como Porto Claro. Porto Claro já foi um território brasileiro entre os anos de 1809 e 1817, quando o país foi anexado por D. João VI. Entretanto, durante a maior parte da história, Porto Claro pertenceu à França, de onde se tornou independente em 8 de dezembro de 1900.

História real

Os cidadãos da República de Porto Claro são um grupo de pessoas que se uniram para criar uma nova opção de nação. Um país onde não houvesse tanta desigualdade social, tanto desemprego e miséria, e o governo pudesse ser democrático e exercido pelo povo, com o povo e para o povo. Assim surgiu a ideia de criar este novo país, mais como brincadeira - no início - do que como coisa séria. Nasceu em 1992, no Rio de Janeiro. Um grupo de amigos desenhou uma cidade num papel e escolheu quem seria o rei, a rainha, os príncipes, o primeiro-ministro, o prefeito e outros. Porém quando vieram as férias, Porto Claro acabou ficando esquecida. Foi quando a coisa toda ficou nas mãos de Pedro Aguiar, que tinha sido o principal criador de Porto Claro em 1992, ele passou a criar dezenas de novos personagens, todos imaginários (paples). Quando viu, em 1996, que não estava só em sua brincadeira de criar nações e que havia muitas micronações, principalmente na Internet, Pedro passou a dialogar com eles. Só a partir então é que muitas pessoas resolveram participar de novo, a maioria por meio da Internet. São os chamados "cidadãos online" que participam via rede mas possuem os mesmos direitos e deveres daqueles que se conhecem pessoalmente. Dois anos depois (1998), foi realizado um plebiscito que transformou a micronação em uma república.

Território[editar | editar código-fonte]

O território portoclarense é limitado a leste pelo rio Oiapoque, o mesmo que faz fronteira com o Brasil, ao sul pela Guiana Francesa, e ao norte pelo Oceano Atlântico. Apesar de pequeno, é muito rico. Na verdade, não há nenhum portoclarense vivendo lá, mas a escolha daquele ponto do planeta se deu como uma referência comum para a cultura, história e sociedade da micronação. O território portoclarense, tem clima equatorial semiúmido, com altas temperaturas e grandes índices pluviométricos. Ao norte, há belas praias. Ao sul, serras e florestas exuberantes. A Capital Nacional é a Cidade de São Herculano, que fica no Distrito Nacional, e também é conhecida como Porto Claro City.[6]

Distritos[editar | editar código-fonte]

O país tem seis regiões políticas, denominadas distritos.

Distrito Nacional[editar | editar código-fonte]

Localizado numa enseada próxima à foz do rio Approuague, é no Distrito Nacional que está a Cidade São Herculano, capital do país. Sede dos Três Poderes, dos partidos políticos, e de várias embaixadas estrangeiras.

Campos Bastos[editar | editar código-fonte]

O distrito rural de Porto Claro situa-se ao sul. Além das fazendas baseadas na agricultura e pecuária, é notável por sediar o mais tradicional jornal portoclarense: a Folha de Porto Claro.

Danielle[editar | editar código-fonte]

Paraíso turístico, Danielle fica no extremo norte de Porto Claro, onde há o Forte de D. João I (Rei de Porto Claro). A presença da indústria de construção é forte e o distrito também é conhecida por suas belas e limpas praias e pelo seu forte apelo turístico dentro do país, além das animadas festas, com muita música à beira mar. Danielle é atualmente o distrito com o maior número de cidadãos de Porto Claro. Possui o melhor hotel da nação, Duchamps Plaza Hotel, além de outras empresas, como a Bacardi Advogados Associados, a Art Desenvolvimento, e as sedes dos jornais humorísticos Macabella e O Chorume.

Comidinne[editar | editar código-fonte]

É quase como um subúrbio da capital, marcado por casas em estilo europeu e seus longos jardins. Boites underground, grupos místicos, astrólogos, você pode encontrar aproveitando a tranquilidade e o clima de Comidinne. O distrito é atualmente o que mais cresce no País. Sede de importantes empresas, como a LogoWeb, Webkey, e Grupo OTri.

Nouvelle Rouen[editar | editar código-fonte]

Antes apelidado de "Québec Portoclarense", pois abrigava quase todos os francófonos do país, hoje Nouvelle Rouen é um distrito totalmente lusófono, conhecido como o ditrito cultural portoclarense.

Pirraines[editar | editar código-fonte]

O maior dos distritos de Porto Claro em extensão, Pirraines (PI) tem cerca de 55% de seu território apenas de floresta. A capital é Lorraine Blanche (Lorena Branca). Pirraines é conhecida pelas fazendas com plantações de ervas e pelas adegas onde se fabrica o melhor vinho da região. Não é a toa que é exatamente lá onde ficam as grandes fazendas do Grupo Silva, nas quais são produzidos os famosos Vinhos Madre Cecília e os Sucos Del Serra.

Datas comemorativas[editar | editar código-fonte]

A história de Porto Claro é marcada por vários acontecimentos. O país foi fundado em 1992, mas apenas passou a se tornar uma micronação na Internet em 1996, o que faz com que Porto Claro tenha uma parte de sua história como sendo fictícia (a anterior a 1996) e outra como sendo real, tendo sido desenvolvida pelos cidadãos que estiveram ou ainda estão no país.

Algumas datas históricas comemorativas e outros feriados portoclarenses:

  • 1 de janeiro - Confraternização Universal
  • 11 de fevereiro - Dia da Vitória (saída de Pedro Aguiar do país)
  • 10 de abril - Dia da Conscientização Democrática (plebiscito república)
  • 1 de maio - Dia Internacional do Trabalho
  • 5 de agosto - Aniversário do 2º boom populacional
  • 25 de setembro - Aniversário de Porto Claro
  • 8 de dezembro - Dia da Independência
  • 25 de dezembro - Natal

Referências


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este sobre micronacionalismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Este artigo "Porto Claro" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical.


Compte Twitter EverybodyWiki Follow us on https://twitter.com/EverybodyWiki !