Welcome to EverybodyWiki 😃 ! Nuvola apps kgpg.png Log in or ➕👤 create an account to improve, watchlist or create an article like a 🏭 company page or a 👨👩 bio (yours ?)...

Rebellion

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki


Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2020). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Rebellion
Informação geral
País  Alemanha
Gênero(s) heavy metal
power metal
Período em atividade 1999 - atualmente
Gravadora(s) Massacre Records
Integrantes Michael Seifert
Tomi Göttlich
Oliver Geibig
Stephan Karut
Timo Schneider
Ex-integrantes Uwe Lulis
Randy Black
Björn Eilen
Gerd Lücking
Simone Wenzel
David Faifer
Matthias Karle
Página oficial www.rebellion.st

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

Rebellion é uma banda de power metal formada na Alemanha em 2001 por ex-integrantes do Grave Digger. A banda faz um heavy/power metal tradicional, calcado em influências oitentistas e muito metal germânico.

O primeiro trabalho da banda foi o “Shakespeare’s Macbeth – A Tragedy in Steel”, lançado em 2002. O álbum foi um grande sucesso. Em 2003 Rebellion realizou seu segundo álbum “Born a Rebel”, destacando-se a faixa título “Born a Rebel”, “One For All”, “Queen of Spades”, e a balada “Iron Flames”. No terceiro álbum da banda, Rebellion iniciou uma trilogia contando a história medieval sobre Vikings e suas conquistas, religiões, o primeiro da saga foi denominado “Sagas Of Iceland - The History Of The Vikings - Volume I”, lançado em 2005, quando o baterista Gerd Lücking se juntou à banda, o ex-baterista Randy Black teve que abandonar seu trabalho com Rebellion, a banda fez um turnê bem sucedida pela Alemanha, Suíça, Bélgica, além de outros lugares, e no final de 2005 o guitarrista Bjorn Eilen foi forçado a sair da banda devido a problemas de saúde, fazendo com que Simone Wenzel umas das melhores guitarristas do sexo feminino na Alemanha foi convidada a tocar com a banda. Em 2007 lançaram o segundo da trilogia “Miklagard - The History Of The Vikings Vol. II” com riffs um pouco mais pesado dos outros lançados anteriormente. E na mesma onda de peso do álbum anterior Rebellion lançou o terceiro disco finalizando a trilogia dos vikings “Arise – From Ginnungagap to Ragnarök – The History of the Vikings – Volume III“ na Massacre Records.

Em dezembro de 2010 os guitarristas Uwe Lulis, Simone Wenzel, juntos com o baterista Gerd Lücking, deixaram a banda, fazendo com que tempos depois os guitarristas Oliver Geibig, Stephan Karut e o baterista David Faifer (que teve uma breve passagem pela banda) serem contratados, e logo após a saída de David Faifer, Rebellion recruta Matthias Karle.

Integrantes[editar]

Formação Atual[editar]

  • Michael Seifert - vocais (2000 - presente)
  • Tomi Göttlich - baixo (2000 - presente)
  • Oliver Geibig - guitarra (2011 - presente)
  • Stephan Karut - guitarra (2011 - presente)
  • Timo Schneider - bateria (2013 – presente)

Ex-membros[editar]

  • Björn Eilen - guitarra (2001 - 2005)
  • Randy Black - bateria (2001 - 2003)
  • Uwe Lulis - guitarra(2000 – 2010)
  • Simone Wenzel - guitarra (2005 – 2010)
  • Gerd Lücking - bateria (2003 – 2010)
  • David Faifer - bateria (2011)
  • Matthias Karle - bateria (2011 – 2013)

Discografia[editar]

  • A Tragedy in Steel - 2002
  • Born a Rebel - 2003
  • Sagas of Iceland - History of the Vikings volume I - 2005
  • Miklagard - History of the Vikings Volume II - 2007
  • Arise - The History Of The Vikings Part III - 2009
  • Arminius: Furor Teutonicus - 2012
  • Wyrd bið ful aræd - The History of the Saxons - 2015

Ligações externas[editar]

Flag of Germany.svgGuitarra masc.png Este sobre uma banda ou grupo musical da Alemanha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  • Portal da música



Outros artigos do tema Música : 3.º Capítulo, Músicos de Sergipe, GPKism, El Movimiento, Malishkin Andrey, A Vida É Doce (álbum), Stand My Ground


Este artigo "Rebellion" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Rebellion.