Welcome to EverybodyWiki 😃 ! Nuvola apps kgpg.png Log in or ➕👤 create an account to improve, watchlist or create an article like a 🏭 company page or a 👨👩 bio (yours ?)...

Renato Cirell Czerna

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki


Renato Cirell Czerna (São Paulo, 26 de janeiro, 1922 - 19 de março, 2005) foi um professor e jurista Ítalo-Brasileiro.

Biografia[editar]

Nasceu em São Paulo, no dia 26 de janeiro de 1922, de descendência Italiana. Cresceu na Itália e na Áustria, onde completou seus estudos primários e secundários. Emigrou ao Brasil durante a Segunda Guerra Mundial, e radicou-se no Brasil, onde concluiu seus estudos de direito nas Faculdades de Direito da Bahia e de São Paulo. Tornou-se professor desta última na Cadeira de Filosofia do Direito, então regida por Miguel Reale, e chegou a ministrar aulas nas Universidades de Roma e Nápoles, além de ter colaborado em diversas revistas sobre filosofia e filosofia do direito. Em 1981, assumiu a titularidade da cadeira do professor Reale, da qual aposentou-se logo depois. Embora não tenho voltado a lecionar na Europa, continuou ativo por meio de suas publicações em Revistas Européias e Brasileiras (tais como a Revista Brasileira de Filosofia e a Revista da Faculdade de Direito de São Paulo). [1][2]

Foi um dos membros fundadores da Academia Brasileira de Filosofia. Em 1958, contratou a renomada arquiteta Italiana Lina Bo Bardi para construir sua casa em São Paulo, hoje conhecida como "Casa Valéria Cirell" (em homenagem à sua esposa), atraindo turistas, curiosos, e alunos de arquitetura por sua singularidade arquitetônica.

Renato Cirel Czerna faleceu no dia 19 de março de 2005.

Obras[editar]

Em 1949, publicou seu primeiro livro, Natureza e Espírito, que demonstra fortes exemplos de sua influência neokantiana, “Mas a partir da década de cinquenta, volta-se para o neohegelianismo, numa certa fase seguindo a Benedetto Croce e Gentile e, mais tarde, dando curso à interpretação autônoma”.

Em 1999, publicou uma de suas obras mais bem-conhecidas, O Pensamento Filosófico e Jurídico de Miguel Reale, “não se limitando meramente a expor o pensamento filosófico-jurídico de Miguel Reale, mas também o seu próprio… sobretudo com referência a duas questões: a da relação entre natureza e espírito e o concernente ao tipo de dialética que preside o desenvolvimento do processo cultural nascido da conexão entre subjetividade e realidade. O autor dá mostra de sua compreensão perfeita do dualismo concreto de Miguel Reale, oferecendo bem elaborada síntese de, por assim dizer, um senso histórico comum, fruto da constante preocupação de ambos os filósofos com a unidade concreta do real e do pensado, embora sob perspectivas diversas”.[3]

Bibliografia[editar]

· Natureza e espírito. Prefácio Miguel Reale. São Paulo : Martins, 1949. 143 p.

· A dialética do “Faust”. São Paulo, 1950.

· Filosofia como conceito e história. São Paulo, 1950. (Tese).

· A filosofia jurídica de Benedetto Croce; situação e crítica do sistema no historicismo italiano contemporâneo. São Paulo : Revista dos Tribunais. 1955. 235 p. · Ensaios de filosofia jurídica e social. São Paulo : Saraiva, 1965. 236 p.

· O direito e o estado no idealismo germânico: posições de Schelling e Hegel. São Paulo, 1981. 250 p.

· Justiça e História; ensaios. Apresentação Ubiratan de Macedo. São Paulo : Convívio/Editora Universidade de São Paulo, 1987. 459 p. (Biblioteca do pensamento brasileiro, 7).

· O pensamento filosófico e jurídico de Miguel Reale. São Paulo : Saraiva, 1999. 190 p.

Referências[editar]


Este artigo "Renato Cirell Czerna" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Renato Cirell Czerna.