Welcome to EverybodyWiki 😃 ! Nuvola apps kgpg.png Log in or ➕👤 create an account to improve, watchlist or create an article like a 🏭 company page or a 👨👩 bio (yours ?)...

TV Codó

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki
TV Codó
Prefeitura Municipal de Codó
Logotipo TV Codó.jpg
TV Codó
Codó, Maranhão
Brasil
Tipo Empresa privada
Canais 📺
13 VHF analógico
36 UHF e 13.1 Virtual (em implantação) digital
Sede Codo bandeira.jpg Codó, MA
Avenida João Ribeiro, s/n
Slogan A imagem da gente
Rede Rede Meio Norte
Fundador 👨‍💼️ Zito Rolim
Pertence a Prefeitura de Codó
Proprietário Prefeitura de Codó
Fundação 18 de fevereiro de 2011 (9 anos)
Cobertura Codó e áreas próximas
Potência 0,1 kW

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

TV Codó é uma emissora de televisão brasileira sediada em Codó, cidade do estado do Maranhão. Opera no canal 13 VHF, e é afiliada a Rede Meio Norte. A emissora foi criada em 2011, fruto de uma parceria entre a Prefeitura de Codó (na época sob o comando do prefeito Zito Rolim) e o empresário Paulo Guimarães, que cedeu a antiga sede da TV Mirante Cocais em Codó para a prefeitura implantar a emissora.

História[editar]

Antecedentes[editar]

Na manhã do dia 20 de novembro de 2010, o empresário timonense Paulo Guimarães esteve em Codó para visitar a antiga sede da TV Mirante Cocais na Avenida João Ribeiro, que estava fechada e abandonada desde que a emissora havia se mudado para Caxias.[1]

O empresário Paulo Guimarães iniciou a negociação do prédio com a Prefeitura de Codó, na época sob a gestão do prefeito Zito Rolim. O local pertencente ao empresário passou por uma reforma e foi locado para que a prefeitura pudesse executar o projeto de criação da TV.

Segundo a imprensa, o nome da nova emissora da cidade será TV Codó e que iria tornar-se afiliada da TV Meio Norte de Teresina, que na época estava deixando a Rede Bandeirantes (da qual era afiliada) para se tornar uma emissora independente, o que ocorreu a partir de 1º de janeiro de 2011.[1]

Criação da emissora[editar]

A emissora entrou no ar em 18 de fevereiro de 2011, como afiliada a Rede Meio Norte, além de tornar-se a primeira afiliada da rede no Maranhão e no Brasil. A solenidade de inauguração da emissora contou com a participação de vários políticos da região e de comunicadores codoenses. A TV Codó também foi apresentada aos telespectadores da Rede Meio Norte durante um link feito com a rede para o programa Agora, apresentado por Silas Freire.[2][3]

No dia 21 de fevereiro, às 12h30, estreou o primeiro programa local da emissora, o Jornal dos Cocais, apresentado pelo jornalista Alberto Barros.

Programas[editar]

  • Esporte Mais
  • Jornal dos Cocais
  • Tele Compras
  • Rota do Povão
  • Programa do Mãozinha na TV
  • Codó Feliz

Controvérsias[editar]

A emissora, por ser de propriedade da Prefeitura Municipal e ser a emissora de TV oficial do município é acusada de não agir com isenção e imparcialidade. Os críticos apontam os assuntos: oposição política, críticos à administração municipal, até uso pra chantagem política e econômica pelo prefeito Zito Rolim e os partidários.[4]

Em agosto de 2011, na edição do programa Caxias da Gente, apresentado por Jonas Filho, provocou polêmica. Em reportagem exibida no programa, a cena em que a mulher, identificada apenas como Dalva, da a luz a um bebê foi gravada e sem saber que estava, foi instigada por Alberto Barros (que é assessor de comunicação) a dizer tudo que a equipe queria para prejudicar a imagem do radialista César Santos (mais conhecido como Cesinha), após a exibição da matéria, o apresentador fez duros ataques contra a vida pessoal do radialista. Alguns dias depois, a TV Palmeira do Norte (afiliada à Rede Bandeirantes) deu destaque ao caso, quando o programa Codó Acontece entrevistou a professora, a mãe de Santos e o radialista, respectivamente Raimundinha do PT, Eduarda Guilhom e Santos, que revelaram outra versão: Raimundinha disse que a Dalva, mostrada por Barros, apenas deu luz à Santos e abandonou o bebê; a mãe diz que criou radialista desde primeiros anos até adulto; Cesinha mostrou carteira de identidade onde realmente não consta o nome da genitora usada por Barros, mas tão somente o sobrenome de sua mãe de criação, Guilhom. Raimundinha ficou tão indignada com atitude injusta da emissora contra Cesinha, o apresentador e a senhora identificada apenas como Dalva, que chegou a chorar na entrevista. Cesinha falou por alguns minutos e nenhum momento não fez ataques ao assessor de comunicação da emissora, dando a entender que levou este problema para prefeito Zito. No final da reportagem, a emissora exibiu defesa do prefeito Zito Rolim dizendo que a TV Codó "jamais seria usada para atacar quem quer que seja" e que "jamais se veria alguém atacando ou respondendo A ou B em sua emissora", apesar das declarações semelhantes, dando a entender que o prefeito não ter feito contra incidentes anteriores por seus funcionários e o assessor de comunicação.[5]

No final de setembro do mesmo ano, na edição do programa Caxias da Gente, apresentado por Jonas Filho, surgiu uma nova polêmica. O apresentador fez alguns comentários negativos (chulos, irônicos e ofensivos) contra o diretor do Sistema FC Oliveira de Comunicação (que controla a FC TV), o professor Cícero de Sousa, por este ser adepto do uso de boné. Enquanto o criticava, Jonas utilizava um boné na cabeça para zombar do empresário. No dia 29 de setembro, a mãe do diretor do grupo de comunicação, mais conhecida como Dona Amparo, ligou pra emissora para falar ao apresentador em defesa a Cícero de Sousa. Durante o telefonema, Jonas ficou calado e nervoso enquanto Dona Amparo lhe criticava, chegando ate à mencionar que sua esposa havia lhe largado porque não lhe suportava mais. Segundo o site do Rádio Eldorado AM, o próprio apresentador revelou que foi duramente criticado pelos codoenses:

Em 2013, o apresentador Jonas Filho se envolveu em mais uma polêmica. Em um vídeo publicado no YouTube, o apresentador aparece trocando socos e pontapés dentro da emissora com o repórter Marco Silva.[7] Ainda no mesmo ano, o programa Caxias da Gente mostrou uma briga de dois homens se esfaqueando no município de Timbiras (MA), em plena hora do almoço. Tal fato foi duramente criticado pela imprensa local.[8]

Referências

  1. 1,0 1,1 Redação do Gterra (23 de novembro de 2010). «PG faz acordo com prefeitura e abre TV em Codó». Gterra. Consultado em 14 de maio de 2013 
  2. «Rede Meio Norte abre filial em Codó, no Maranhão e pode virar HD e até 3D». Portal 180 Graus. 18 de fevereiro de 2011. Consultado em 14 de maio de 2013 
  3. Acélio Trindade (20 de fevereiro de 2011). «Jornal da Imprensa – TV Mirante realiza Encontro Gramatical». Portal do Acélio. Consultado em 14 de maio de 2013 
  4. «TV Codó pode está usando poder de mídia para chantagear o empresário Reginaldo Carvalho». Correio Codoense. 15 de abril de 2013. Consultado em 6 de janeiro de 2014 
  5. «Caso César-Sociedade codoense repudia a atitude da televisão da prefeitura». Rádio Eldorado AM. 29 de agosto de 2011. Consultado em 15 de maio de 2013 
  6. «Mais uma família desrespeitada pela TV da prefeitura. Até quando?». Rádio Eldorado AM. 29 de setembro de 2011. Consultado em 15 de maio de 2013 
  7. «TV Codó vira ring de luta livre – repórter é espancado por apresentador». Correio Codoense. 16 de julho de 2013. Consultado em 6 de janeiro de 2014 
  8. «Desrespeito e falta de ética fazem TV Codó mostrar briga de faca em pleno meio dia». Rádio Eldorado AM. 22 de julho de 2013. Consultado em 6 de janeiro de 2014 

Ver também[editar]

Ícone de esboço Este sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

  • Portal da televisão
  • Portal do Maranhão



Outros artigos dos temas Televisão E MaranhãoTV Leste (Caxias), VTV (Santa Rita), TV Rio Balsas, TV Açailândia, RedeTV! Açailândia, TV Liberdade (Balsas), TV Alternativa (Paço do Lumiar)

Outros artigos do tema Televisão : TV Sergipe, TV Tapuio (São Mateus do Maranhão), TV Viçosa, Diretores de televisão do Brasil, Urban Vermin, TV Rondônia, TV Miramar (João Pessoa)

Outros artigos do tema Maranhão : TV Liberdade (Balsas), TV Educadora (São Luís), TV Alternativa (Paço do Lumiar), Rádio Timbira, TV Buriti, Rádio Difusora AM (São Luís), TV Tocantins (Imperatriz)


Este artigo "TV Codó" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical.