You can edit almost every page by Creating an account. Otherwise, see the FAQ.

TV Coligadas

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki

TV Coligadas
Televisão Coligadas de Santa Catarina S/A
Cidade de concessão Ficheiro:Blumenau bandeira.jpg Blumenau, SC
Canais 📺
3 VHF analógico
Slogan A Menina dos Seus Olhos
Rede Rede Globo
Rede Tupi
Fundador 👨‍💼️ Wilson de Freitas Melro
Proprietário Rede Brasil Sul
Fundação 1 de setembro de 1969 (54 anos)
Extinção 1 de abril de 1982 (42 anos)
Sucessora RBS TV Blumenau
Cobertura Santa Catarina

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

A TV Coligadas foi uma emissora de televisão brasileira instalada na cidade de Blumenau, no estado de Santa Catarina. A emissora era sintonizado no Canal 3 VHF e foi a primeira emissora de TV oficialmente instalada no estado. Entrou no ar em 1969 e foi extinta em 1982.

História[editar]

Antes de 1969[editar]

Apesar da TV Coligadas ser a primeira emissora de televisão no estado de Santa Catarina, os sinais de TVs no Estado já existiam antes do surgimento das emissoras de TVs catarinense.[1]

Por volta de 1968,[quando?] a TV Paraná (pertencente à TV Tupi), que já havia instalado repetidoras no interior do Paraná, expandiu sinal da emissora para Santa Catarina (apesar do nome e do formato dos programas locais).[1]

As cidades Blumenau, Joinville e entre outras,[quais?] já recebiam imagens precariamente por repetidoras, menos de um ano antes do surgimento da Coligadas, que diferentemente das repetidoras, é teoricamente a primeira do Estado a surgir em 1969.[1]

Apesar da instalação, era possível sintonizar a TV Paraná (canal 6), apesar com alguma interferência causada pelos morros da região que deixaram o sinal com chuvisco. Os níveis de audiência vindos do nordeste de Santa Catarina motivaram a TV Paraná a fazer também curto noticiário na programação. No entanto começava a se tornar fixa a idéia de se implantar a TV em Santa Catarina.

De um lado o conglomerado paranaense da TV Paraná que já requereu instalação da emissora de TV em Santa Catarina (somente Paraná e o Rio Grande do Sul tinham suas emissoras na Região Sul) e de outro os empresários associados da mídia blumenauense, liderados pelo advogado Wilson de Freitas Melro, Caetano de Figueredo e Flavio Rosa (que ainda contavam com um grupo poderoso de 307 acionistas) a disputa findava com a vitória do grupo blumenauense que formou a razão social: “Televisão Coligadas de Santa Catarina S/A”. Explicação obvia para o nome, Coligadas se devia ao fato da emissora reunir entre si, num conglomerado, a TV, as emissoras de radio pertencentes ao grupo, e em 1971, o Jornal de Santa Catarina.

No mesmo ano, o desejo do novo veiculo de comunicação de TV era único dentre alguns empresários de Blumenau. Em Florianópolis começava lentamente a levantar a TV Cultura, cuja primeira transmissão oficial ocorre em 1970, mas de forma muito mais veloz, se formava a companhia que traria a televisão ao vale e a concorrência pela administração da emissora também foi um capitulo a parte.

Em 1969, o grupo liderados pelo Melro, Figueredo e Rosa contrataram diversos profissionais vindos da TV Gaúcha (atual RBS TV Porto Alegre) e TV Paraná, mas também em Blumenau, apesar alguns nunca tenham assistido ou ter conhecimento sobre TV. Inicialmente, a futura emissora chegou a querer afiliar-se à Rede Tupi, mas tinham opção da recém-inaugurada Rede Globo.

Inauguração da TV Coligadas em 1969[editar]

A TV Coligadas entrou no ar em 1º de setembro de 1969, às 18 horas, exibindo programas locais e VTs das TVs Tupi de São Paulo e Globo do Rio de Janeiro, encerrando às 21 horas. Suas transmissões regulares do Canal 3 englobavam a cidade de Blumenau e arredores, tornando-se a primeira emissora de TV comercial (ou seja, produzia programas locais e intervalos).

A primeira novela da Globo que a TV Coligadas levou ao ar foi “A Ponte dos Suspiros”, estrelada pelo casal que era a coqueluche do momento: Yoná Magalhães e Carlos Alberto, marido e mulher na vida real.

Pouco tempo depois da inauguração,[quando?] para expandir para litoral, a TV Coligadas aumentou potência do Canal 3 e instalou repetidora em Florianópolis, através do Canal 12, levando o sinal da emissora blumenauense para dois terços do Estado (mais ou menos 70%).

TV Coligadas: Rede Globo (1970 a 1974)[editar]

Em 1970, com a inauguração da TV Cultura, afiliada à Rede Tupi em Florianópolis, posteriormente com sinal de retransmissão em Blumenau, deixou exibir programas da Tupi e passou ser afiliada à Globo, deixando de ser emissora independente, inaugurando o sinal.

Quando a TV Coligadas completa um ano, em 1º de setembro de 1970, a emissora começou a transmitir o Jornal Nacional para todo o Estado catarinense, através transmissão via Embratel.

Curiosamente, a transmissão ocorre quando a emissora e o JN completaram seu primeiro ano de existência e também na mesma data em que a emissora entrou no ar. Após a apresentação do JN (com Cid Moreira e Hilton Gomes) entrava o bloco estadual, apresentado pelo Carlos Braga Mueller (de 1970 a 1974). Naquela época, cada emissora afiliada da Globo apresentava seu noticiário local com o mesmo cenário do JN (Jornal Nacional Edição Local). O diretor de jornalismo era Nestor Carlos Fedrizzi. Apesar do fato histórico coincidente, não é citado no livro Jornal Nacional, a Notícia faz História, lançado em 2004.

TV Coligadas: Declínio (1975 a 1978)[editar]

Após criação do Jornal de Santa Catarina em 1971, mas conhecido como "Santa" surgiram dificuldades a partir de 1975: o departamento de jornalismo se transferiu para a Rua São Paulo, onde ficava o jornal, as noticias chegavam em cima da hora aos noticiários da emissora, tantas dificuldades, somados aos custos tornaram instável a situação. Uma das provas era que a Loja Tevelandia, de propriedade da TV, tinha além de seus funcionários, os motoristas do jornal registrados em seu pagamento, a sociedade se abriu.

Em 1976, o grupo solido se desmontava em menos de 10 anos, foi colocado a venda. Mário Gonzaga Petrelli (futuro fundador da TV Independência em Paraná e Santa Catarina) assumiu a direção da emissora.

TV Coligadas: Rede Catarinense de Televisão (RCTV) e Tupi (1979)[editar]

Em 1979, a situação financeira do grupo ficou pior com dupla perda no mesmo ano: a primeira foi quando TV Coligadas teve que vender concessão do Canal 12 de Florianópolis para e Rede Brasil Sul (futuro Grupo RBS), quando a então retransmissora muda de modalidade de repetidora para geradora da TV Catarinense (atual RBS TV Florianópolis) para manter sede em SC; a segunda foi quando a emissora perdeu afiliação pela Globo, quando a rede resolveu assinar com a TV Catarinense.

O grupo Coligadas vendeu diversas empresas de lojas de Blumenau e encontrou como única solução comprar a TV Cultura de Florianópolis (a 2ª surgir no estado) e ficar com a programação da Tupi, formando a Rede Catarinense de Televisão (RCTV), afiliada à Rede Tupi.

Após afiliação com a Tupi, a crise persiste e a emissora chegou a ponto a anunciar que pode fechar, quando antes do fim de 1979, a Rede Brasil Sul se apresenta pra comprar a TV Coligadas (na época administrada por Mário Petrelli) e todo sistema Coligadas, entre eles o Jornal de Santa Catarina.

TV Coligadas: Fim da RCTV (1980 a 1982)[editar]

Em março de 1980, as empresas do RCTV (Emissora e o Jornal) foram postas à venda, sendo comprada pelo Grupo RBS em 1º de julho do mesmo ano, passando a administrar e fazer transição de antigo para novos proprietários.

Depois da extinção das emissoras da Tupi, passou transmitir os programas da TV Studios que mais tarde passa se chamar SBT.

A RCTV continuou a existir até abril de 1982, quando a TV Coligadas virou RBS TV Blumenau, a RCTV, terminou seus dias com 2 emissoras: TV Cultura de Chapecó (atual RBS TV Chapecó); e a TV Cultura Florianópolis ambas foram vendidas para à Rede de Comunicações Eldorado, liderada pela TV Eldorado de Criciúma dando início a RCE TV, e a de Chapecó para à RBS.

Slogans[editar]

  • 1969: A Emissora da Integração Catarinense
  • 1972: Sucesso em Tôda[2] Linha (anúncios)
  • 1970 a 1979: A Menina dos Seus Olhos

Referências

  1. 1,0 1,1 1,2 José Wille (14 de junho de 2011). «Memória: Como a TV chegava ao interior no passado». CBN Curitiba. Consultado em 12 de agosto de 2012 
  2. A grafia Tôda ao invés de Toda, era escrita correta para época.
Precedido por
Emissora Inexistente.
Canal 3 VHF de Blumenau
1969 a 1982
Sucedido por
RBS TV Blumenau

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).


Este artigo "TV Coligadas" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical.




Este artigo "TV Coligadas" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical.



Read or create/edit this page in another language[editar]