Welcome to EverybodyWiki 😃 ! Nuvola apps kgpg.png Log in or ➕👤 create an account to improve, watchlist or create an article like a 🏭 company page or a 👨👩 bio (yours ?)...

TV Gazeta-Marco Zero

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki
TV Gazeta-Marco Zero
Rede Marco Zero de Comunicação e Publicidade Ltda[1]
Rua Hildemar Maia, 2135, Buritizal[1]
Cidade de concessão Macapá,[1] AP[1]
Canais 📺
10[1] analógico
Rede Rede Record
Fundação 20 de dezembro de 2005 (15 anos)
Extinção 18 de junho de 2012 (8 anos)
Nome(s) anteriore(s) TV Marco Zero
Cobertura Macapá
Mazagão
Santana

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

A TV Gazeta-Marco Zero foi uma emissora de televisão brasileira em Macapá, capital do Amapá.[1] A emissora era sintonizada no canal 10 VHF analógico e afiliada ao Rede Record.[1] A sede da TV Gazeta-Marco Zero era localizada ao lado do prédio da TV Amazônia (SBT) e das rádios Marco Zero AM e FM.[2][3] A emissora entrou no ar em 2005 até ser extinta em 2012.

História[editar]

1988-2004: TV Marco Zero[editar]

O Ministério das Comunicações outorgou na segunda metade dos anos 80 a concessão do canal 10 VHF à Organizações José Alcolumbre. Na época, a então capital do Território Federal do Amapá tinha apenas dois canais: a TV Amapá (Globo) e TV Equatorial (Manchete).

A então TV Marco Zero entrou ao ar no dia 4 de maio de 1988 como afiliada ao Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) e se tornando a terceira emissora da capital, porém a quinta emissora no então Território Federal do Amapá, pois outras duas são a TV Oiapoque (Oiapoque) e a TV Cabralzinho (Amapá).

Em 1997, as Organizações José Alcolumbre inauguram a TV Amazônia no canal 13 VHF analógico, a segunda emissora de televisão do grupo na cidade como afiliada à Rede Record (atual RecordTV) que era então da Alvorada no canal 19 UHF analógico, que passou para Central Nacional de Televisão (CNT), depois a rede não renovar com a antiga afiliada.

Em 2000, ocorre troca de afiliação: a TV Amazônia passa ao sinal SBT e a TV Marco Zero passa a retransmitir o da Record.

2005: Venda da TV Marco Zero e mudança ao TV Gazeta-Marco Zero[editar]

Em julho de 2005, as Organizações José Alcolumbre vende 25% da TV Marco Zero para o Grupo Gazeta de Comunicação, de propriedade de Jorge Amanajás e Sillas Assis Júnior. O novo grupo controla o jornal A Gazeta, de propriedade do empresário Sillas Júnior.

No dia 20 de dezembro, a emissora muda seu nome TV Marco Zero para TV Gazeta-Marco Zero, que passa a transmitir seu sinal, também, para os municípios de Mazagão e Santana.[3] A mudança contou com as presenças do então presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, do então senador e ex-presidente José Sarney e do então presidente da Rede Record, Alexandre Raposo.[3]

2006-2012: TV Gazeta-Marco Zero[editar]

Em janeiro de 2006, os telejornais locais Gazeta na TV 1ª Edição e Gazeta na TV 2ª Edição passaram a serem transmitidas ao vivo. No entanto, em maio, os telejornais locais passaram a ser gravados devido às exigências da lei quanto às repetidoras de televisão.[3]

Em 18 de junho de 2012, a TV Gazeta-Marco Zero muda de nome para TV Equinócio.

Referências

Ver também[editar]

Precedido por
TV Marco Zero
Canal 10 VHF analógico de Macapá
2005 a 2012
Sucedido por
TV Equinócio




Este artigo "TV Gazeta-Marco Zero" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical.