Welcome to EverybodyWiki 😃 ! Nuvola apps kgpg.png Log in or ➕👤 create an account to improve, watchlist or create an article like a 🏭 company page or a 👨👩 bio (yours ?)...

TV Rio Balsas

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki
TV Rio Balsas
Rádio Rio Balsas Ltda.
TV Rio Balsas.jpg
Balsas, Maranhão
Brasil
Tipo Comercial
Canais 📺 06 VHF analógico
Outros canais ver cobertura
Sede Balsas, MA
Rede Globo
Proprietário Francisco Coelho
Fundação 1 de dezembro de 1989[nota 1]
Extinção 2 de setembro de 2013
Sucessora TV Mirante Balsas
Prefixo ZYA 652
Emissoras irmãs Rádio Rio Balsas AM
Cobertura Balsas e áreas próximas
Potência 1000 kW[1]
Página oficial 🌐 tvriobalsas.com.br[ligação inativa]

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

TV Rio Balsas foi uma emissora de televisão brasileira sediada em Balsas, no estado do Maranhão. Operava no canal 6 VHF e era afiliada à Rede Globo. Foi substituída em 2013 pela TV Mirante Balsas. Era a única afiliada maranhense da Globo que não pertencia à Rede Mirante, que tem controle principal na região. A emissora era alvo de críticas pela população balsense, pois os problemas de transmissão eram constantes. Além de produzir os próprios programas, ela retransmitia de São Luís o Bom Dia Mirante, Globo Esporte MA e o Mirante Rural.

A TV Rio Balsas seguia normalmente a programação da Rede Globo gerada diretamente do Rio de Janeiro, porém quando entrava em vigência o Horário de Verão no centro-sul brasileiro, a emissora passava a seguir a programação da Rede Fuso. Durante os domingos, a programação era transmitida em tempo real devido ao fato dos programas desse dia terem em sua maioria classificação livre ou para maiores de 10 anos.

História[editar]

Antecedentes (1979-1989)[editar]

A emissora foi inaugurada originalmente em 1979, tornando-se a primeira emissora de TV na cidade de Balsas e do sul do Maranhão. Afiliou-se a TV Difusora de São Luís do Maranhão, que por sua vez era afiliada à Rede Globo.

Nos primeiros anos de inauguração, a emissora funcionava com pequeno transmissor e único VT para reprodução das fitas u-matic, principalmente de capítulos de novelas e edições do Jornal Nacional, que eram exibidas em Balsas uma semana depois, quando as fitas chegavam de São Luís transportadas de ônibus, sob responsabilidade da TV Difusora, que depois voltava para capital maranhense para fazer o mesmo trajeto e trazer a mesma programação.

Na época da inauguração da TV Rio Balsas, Maranhão tinha três afiliadas à Globo (a própria Rio Balsas, a Difusora e a TV Imperatriz) e dezenas de retransmissoras delas que cobriam parte do estado. A TV Clube (também afiliada à Globo) era localizada em Teresina, capital do Piauí, que apesar ter retransmissoras piauiense, tinha também no leste do Maranhão.

Nessa mesma época da inauguração da emissora, a cidade começava receber novos moradores no final dos anos 70, vindos do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, onde futuramente a cidade virasse a "capital da soja". Em 2 de dezembro de 1980, pouco mais de um ano depois da primeira emissora ser levada ao ar, a cidade foi autorizada a ter primeira emissora de rádio da cidade, a Rádio Rio Balsas AM.[2][3][4]

Em 1982, quando chegaram as primeiras antenas parabólicas na cidade, a emissora passou a utilizar novo equipamento, quando toda programação da Globo passou ser transmitida em via satélite, acabando assim as viagens de ônibus de São Luís até Balsas e vice-versa, inclusive deixou exibir programação da TV Difusora, para retransmitir somente a Globo.

Em 19 de junho de 1987, em publicação do Decreto nº 94.501, o antigo Ministério das Comunicações outorgou concessão da emissora para explorar o serviço de radiodifusão de sons e imagens na mesma cidade pelo prazo de 15 anos, que foi renovada em 19 de junho de 2002 para mais 15 anos (até 2017). O Decreto foi publicado pelo Diário Oficial da União (DOU) em 22 de junho do mesmo ano na Seção 1, Página 9617.[5]

Inauguração da geradora (1989)[editar]

Em 1 de dezembro de 1989, a emissora foi novamente inaugurada, desta vez como geradora de TV na cidade e mantendo-se afiliada à Globo. Na época, a cidade se tornou conhecida a "capital da soja" (título que mantém até hoje).

No início dos anos 90, depois de atuar sozinha por mais de 10 anos na região, a cidade de Balsas ganhou novas concessões de estações de televisão, acabando com o monopólio da TV Rio Balsas no Sul do Maranhão.

Nos anos 90 e 2000, promovia anualmente três eventos de grande participação da população: Domingão da Mamãe (desde 1998, que em 2009 completou 12 edições com sucesso e conta com a participação de 4.000 mães com sorteios de brindes doados pelo comércio); Miss Copão (desde[quando?]) que tem desfile de lindas garotas de Balsas; Copão Rio Balsas de Futebol (desde 2003), maior evento esportivo da região sul do estado que conta com participação de equipes dos bairros da cidade, 38 equipes participam do evento esportivo que dura em torno de três meses com competições realizadas aos domingos.

Em 2001 e em 2011 (como geradora), tornou-se a mais antiga afiliada da Globo no Maranhão, superando a antiga afiliada TV Difusora, que foi de 1968 à 1991 (22 anos).

Durante os anos 2000, a emissora não exibia partidas de futebol da mesma forma que a Rede Mirante.[6]

Declínio e extinção (2013)[editar]

No dia 19 de março de 2013, o jornalista José Martin Varão anuncia que a TV Rio Balsas foi vendida ao Sistema Mirante de Comunicação, presidida pelo empresário Fernando Sarney, filho do político e senador José Sarney.[7]

Segundo o jornalista José Varão, a emissora que pertencia ao ex-prefeito de Balsas, Francisco Coelho, mais conhecido como Chico Coelho, fez administração desastrosa de 2005 a 2013 (o que culminou a volta da Família Rocha no comando municipal depois de 12 anos, com Luiz Rocha Filho, filho do falecido Luiz Rocha), acumulando dívidas no município e da Família Coelho.[7]

O jornalista Varão afirmou que a venda coincidiu com ultimato da Rede Globo dado ao empresário Coelho, para que a emissora se adequasse ao sistema de transmissão digital, que venceria no final do mês de março. Como a compra desses equipamentos são caros e que Chico Coelho não tinha capital para investir nessa compra, perderia afiliação da Globo no final de março.[7]

Segundo Varão, para não perder o sinal da Globo, o que entregaria para adversários políticos (que já estavam interessados), principalmente à Família Rocha (que tem duas concessões de TVs na cidade), preferiu vender a concessão ao Sistema Mirante de Fernando Sarney, que segundo o jornalista, foi de R$ 8 milhões de reais.[7]

Umas das primeiras providências de Fernando Sarney foi que a emissora transmitisse todos programas da TV Mirante de São Luís, menos os telejornais de noite.

No final da tarde do dia 3 de abril, às 17 horas e 9 minutos, durante forte chuvas na cidade, a torre da emissora partiu quase no meio, mas não caiu e ficou pendurada, quase a derrubar torre. Em consequência, o sinal saiu do ar de imediato.[8]

No dia 4 de abril, técnicos foram deslocados na cidade pra recolocar a emissora no ar.[9][8]

No dia 8 de abril, a emissora voltou ao ar, durante o Mais Você.

No dia 2 de setembro de 2013, dia de segunda-feira, a emissora passou ter novas vinhetas e programas locais, com a substituição dos programas RB Notícia, RBTV 1ª Edição e RBTV 2ª Edição por Mirante Notícia, JMTV 1ª Edição e JMTV 2ª Edição, que foram exibidas no final de agosto. A única alteração foi que a emissora terá JMTV 2ª Edição local, não mais exibido RB, que identificava antiga emissora.[10][11][12][13][14][15]

Com isso, passa ter participação diária nos telejornais (Bom Dia Mirante e JMTV 1ª Edição) e duas edições do Mirante Notícia. A equipe de jornalismo passa ser composta pelas repórteres Alzira Coelho e Suzane Oliveira, além dos repórteres-cinematográficos Marcus Vinícius e Clésio Rocha. Eles serão coordenados pelo também repórter Gil Santos (ex-TV Mirante de Imperatriz), que conta com edição própria do JMTV 2ª Edição, com edição e apresentação de Ana Paula Cardoso.[10][11][12][13][14][15]

Com alteração dos programas locais e da equipe de jornalismo, a TV Rio Balsas foi extinta para dar lugar à TV Mirante Balsas, que passou cobrir 15 municípios da região Sul do Estado.[10][11][12][13][14][15]

Programas[editar]

Além de retransmitir a programação nacional da Rede Globo, a TV Rio Balsas produzia os seguintes programas:

  • RBTV
  • RB Notícia
  • Plantão TV Rio Balsas (esporádico)

ademais, a emissora também retransmitia os programas gerados da TV Mirante São Luís:

  • Bom Dia Mirante
  • Globo Esporte MA
  • Mirante Rural

Apresentadores[editar]

  • Francisco Garcia (apresentador do RBTV 1ª Edição)
  • Ana Paula (apresentadora do RBTV 2ª Edição)

Cobertura[editar]

A emissora cobria somente a cidade de Balsas e arredores, já que não possuía um sinal de satélite próprio ou enlaces (links) de microondas. Os demais municípios que fazem parte da área de cobertura oficial que recebiam provisoriamente a TV Mirante de São Luís são:[16]

  • Alto Parnaíba
  • Benedito Leite
  • Carolina
  • Fortaleza dos Nogueiras
  • Lajeado Novo
  • Loreto
  • Nova Colinas
  • Riachão
  • Sambaíba
  • São Domingos do Azeitão
  • São Félix de Balsas
  • São João do Paraíso
  • São Pedro da Água Branca
  • São Raimundo das Mangabeiras
  • Tasso Fragoso

Notas e referências

Notas

  1. Entre 1979 e 1989, o canal 6 VHF de Balsas operava como um pequeno transmissor de VT. A partir de 1989, a emissora ganha título de geradora.

Referências

  1. «Consulta Entidades». ANATEL. 2013. Consultado em 15 de setembro de 2013 
  2. Casa Civil (Subchefia para Assuntos Jurídicos) (2 DE DEZEMBRO DE 1980). «DECRETO Nº 85.445». Presidência da República. Consultado em 3 de setembro de 2013  Verifique data em: |data= (ajuda)
  3. DECRETO DO EXECUTIVO (2 DE DEZEMBRO DE 1980). «DEC 85.445/1980». Legislação (Presidência da República). Consultado em 3 de setembro de 2013  Verifique data em: |data= (ajuda)
  4. «Decreto nº 85.445, de 02 de dezembro de 1980.». Senado Federal. 2 DE DEZEMBRO DE 1980. Consultado em 3 de setembro de 2013  Verifique data em: |data= (ajuda)
  5. «Decreto nº 94.501, de 19 de Junho de 1987». Diário Oficial da União. 19 de Junho de 1987. Consultado em 2 de setembro de 2013 
  6. «Sobre a divisão dos jogos nas praças III». Papo de Bola. 2 de agosto de 2010. Consultado em 26 de agosto de 2010 [ligação inativa]
  7. 7,0 7,1 7,2 7,3 José Martin Varão (19 de março de 2013). «SISTEMA MIRANTE DE COMUNICAÇÃO COMPRA A TV RIO BALSAS POR R$ 8 MILHÕES DE REAIS». Blogue do Varão 
  8. 8,0 8,1 http://i48.tinypic.com/ndo19g.png
  9. Vários (4 de abril de 2013). «TV Rio Balsas saiu do ar. O que esperam disso?». Portal BSD [ligação inativa]
  10. 10,0 10,1 10,2 «TV Mirante Balsas estreia programação na segunda-feira (2)». Portal G1. 31 de agosto de 2013, 12h13, atualizado às 13hs24. Consultado em 2 de setembro de 2013  Verifique data em: |data= (ajuda)
  11. 11,0 11,1 11,2 «TV Mirante Balsas estreia programação nesta segunda-feira (2)». Globo.tv. 2 de setembro de 2013. Consultado em 2 de setembro de 2013 
  12. 12,0 12,1 12,2 Por Redação (2 de setembro de 2013, 8h21, atualizado às 9h59). «TV Mirante Balsas estreia nova programação». Globo.tv. Consultado em 2 de setembro de 2013  Verifique data em: |data= (ajuda)
  13. 13,0 13,1 13,2 «TV Mirante Balsas estreia programação nesta segunda-feira». Globo.tv. 2 de setembro de 2013. Consultado em 2 de setembro de 2013 
  14. 14,0 14,1 14,2 «TV Mirante Balsas estreia nova programação». TV Magazine. 2 de setembro de 2013, 8h42. Consultado em 2 de setembro de 2013  Verifique data em: |data= (ajuda)
  15. 15,0 15,1 15,2 Portal G1 (31 de agosto de 2013, 12h13, atualizado às 13hs24). «TV Mirante Balsas estreia programação na segunda-feira (2)». Portal Soma. Consultado em 2 de setembro de 2013. Arquivado do original em 3 de março de 2016  Verifique data em: |data= (ajuda)
  16. «Cobertura da TV Mirante São Luís Canal 10 na Rede Globo». Consultado em 23 de março de 2013. Arquivado do original em 27 de setembro de 2013 

Ligações externas[editar]

Precedido por
Transmissor de VT
Canal 6 VHF analógico de Balsas
1989 — 2013
Sucedido por
TV Mirante Balsas

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

  • Portal da televisão
  • Portal do Maranhão



Outros artigos dos temas Televisão E MaranhãoTV Caxias, TV Guará (São Luís), TV Mirante Imperatriz, TV Mirante São Luís, TV Leste (Caxias), TV Alternativa (Paço do Lumiar), Rede Mais Família

Outros artigos do tema Televisão : Lista de programas infantis exibidos no SBT, Space Ghost Coast to Coast, TV Liberdade (Juína), TV Tropical (Boa Vista), TV Serra Dourada, TV Cachoeira, TV Boa Vista

Outros artigos do tema Maranhão : TV Tapuio (Alto Alegre do Maranhão), Sociedade do Maranhão, Gardênia Ribeiro Gonçalves, TV Maracu, Timon, Maranhão, Carutapera


Este artigo "TV Rio Balsas" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical.