You can edit almost every page by Creating an account. Otherwise, see the FAQ.

Tereza Souza Campos

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki

Tereza Souza Campos
 Edit this InfoBox
Nome completo Tereza Souza Campos
Nascimento 17 de janeiro de 1929
Ubá, Minas Gerais
Morte 27 de junho de 2020 (91 anos)
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Nacionalidade  Brasil
Cônjuge Carlos Eduardo de Souza Campos

João Maria de Orléans e Bragança (1990 - 2005)

Filho(s) Diduzinho Souza Campos
Alma mater
Ocupação socialite
Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

Tereza Souza Campos, posteriormente chamada de Tereza de Orleans e Bragança[nota 1], (Ubá, 17 de janeiro de 1929 - Rio de Janeiro, 27 de junho de 2020) foi uma socialite brasileira.[1] Foi casada com João Maria de Orléans e Bragança por mais de vinte anos.[2]

Biografia[editar]

Tereza Souza Campos, nasceu no município de Ubá, localizado no interior de Minas Gerais.[3][4] Filha de pai comerciante, mudou-se para Petrópolis, no interior do estado do Rio de Janeiro, para estudar no Colégio Sion da cidade.[5] Posteriormente, mudou-se para o Rio de Janeiro, então capital federal do país.[3] No Rio, tornou-se um dos principais nomes da alta sociedade carioca, estando presente em diversos bares, boates e restaurantes frequentados pela elite carioca.[5][6] Segundo o escritor e jornalista, Ruy Castro, era uma das principais personas da noite carioca, sendo olhada com admiração pelas mulheres que frequentavam aqueles ambientes.[5] Juntamente com nomes como Lourdes Catão, Dolores Guinle e Therezinha Muniz Freire, eram dos principais nomes da vida boêmia nas décadas de 1940 e 1950.[7]

Casou-se aos dezessete anos com Carlos Eduardo de Souza Campos, conhecido popularmente como Didu, sendo considerados um dos casais mais notórios da alta sociedade do Rio de Janeiro.[5][8] Funcionário do Banco do Brasil (BB), Didu complementava sua renda das reservas econômicas deixada por seu pai, Vilobaldo de Sousa Campos, antigo diretor do banco estatal.[9] O casal teve apenas um filho, Diduzinho Souza Campos, que posteriormente tornou-se um dos principais playboys da noite do Rio na década de 1970.[10] O casal viveram num casarão com vinte cômodos construído por Vilobaldo localizado em Copacabana e recebiam personalidades como Ali Khan e Rita Hayworth.[11]

Sua influência na noite carioca era tamanha que levou Tereza ser capa da revista Manchete - principal revista nacional em seu contexto - em duas oportunidades. Em 1956, foi escolhida pelo júri da revista como a mulher mais bem vestida no ano anterior.[12] No ano de 1968, voltou a ser capa da revista estampando a primeira edição da revista do ano.[13][14] Também figurou em revistas internacionais, com a revista estadunidense Life classificando Tereza como a "mulher mais bem vestida do Rio de Janeiro".[15][16]

No ano de 1990, casou-se pela segunda vez, desta vez com João Maria de Orléans e Bragança, membro da família real do Brasil e neto da Princesa Isabel.[10][17] O casamento civil foi realizado em Petrópolis, em 29 de abril de 1990, e, 16 dias depois, no Rio de Janeiro, houve o casamento religioso.[18] Na ocasião passou a ser chama de Tereza de Orleans e Bragança, passando a integrar a família real.[18]

Ficou viúva de João Maria no ano de 2005, vítima de um acidente vascular cerebral (AVC).[19][20]

Morte[editar]

Tereza morreu no ano de 2020, aos 91 anos de idade, na cidade do Rio de Janeiro.[21][15] Passou por seu último ano de vida, muito abatida pela morte de seu único filho, Diduzinho, morto em 2019.[2]

Notas

  1. A grafia do nome de Tereza altera-se através das fontes. Jornais como o G1 e o O Globo utilizam a grafia de Thereza, enquanto, o escritor Ruy Castro e a Piauí utilizam Tereza, sem acréscimo do H. Considerando a revisão de inúmeros profissionais na confecção do livro "A noite do meu bem" de Castro, optou-se por adotar a grafia de Tereza.

Referências

  1. «Adeus a Princesa Tereza de Souza Campos de Orleans e Bragança». Revista Fácil. Consultado em 10 de agosto de 2022 
  2. 2,0 2,1 Meireles, Claudia (29 de junho de 2020). «Viúva de neto da princesa Isabel, Thereza de Orleans e Bragança morre no RJ». Metrópoles. Consultado em 10 de agosto de 2022 
  3. 3,0 3,1 Angel, Hildegard (13 de julho de 2020). «Thereza de Souza Campos e a Dinastia das Therezas da sociedade carioca». Hildegard Angel. Consultado em 10 de agosto de 2022 
  4. «Ubá». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 10 de agosto de 2022 
  5. 5,0 5,1 5,2 5,3 CASTRO, Ruy (2015). A noite do meu bem. São Paulo: Companhia das Letras. p. 127 
  6. Joyce Pascowitch (24 de setembro de 1995). «Lota ia na contramão da sociedade da época». Folha de S. Paulo. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  7. Chuk (18 de julho de 1958). «Gatos pardos». Correio da Manhã. Consultado em 12 de agosto de 2022 
  8. Escarlate, José (22 de maio de 2016). «De quando a noite era noite e Copacabana perdeu seu status». Notibras. Consultado em 12 de agosto de 2022 
  9. Araujo, Andre Motta (29 de junho de 2020). «O Rio das dez mais elegantes, por Andre Motta Araujo». Jornal GGN. Consultado em 12 de agosto de 2022 
  10. 10,0 10,1 Antonia Pellegrino (2006). «O príncipe de Copacabana». Piauí. Consultado em 12 de agosto de 2022 
  11. Lima, Roni (9 de junho de 1994). «Casarão em Copacabana vai a leilão hoje». Folha de S.Paulo. Consultado em 13 de agosto de 2022 
  12. «As 10 mais elegantes do Brasil em 1955». Manchete. 1956. Consultado em 12 de agosto de 2022 
  13. Justino Martins (6 de janeiro de 1968). «Expediente». Manchete. Consultado em 12 de agosto de 2022 
  14. Santori, Jorge (1 de abril de 2019). «Teresa Sousa Campos . Revista Manchete . 1968». Antiguinho. Consultado em 12 de agosto de 2022 
  15. 15,0 15,1 Astor, Michael (14 de julho de 2020). «Thereza de Orléans e Bragança, Brazilian Society Doyenne, Dies at 91». The New York Times (em English). ISSN 0362-4331. Consultado em 12 de agosto de 2022 
  16. Lu Lacerda (15 de julho de 2020). «Além de Felipe Neto, o New York Times deu outro destaque ao Brasil esta semana: a carioca Thereza de Orléans e Bragança». iG. Consultado em 13 de agosto de 2022 
  17. Lacerda, Lu (28 de junho de 2020). «Amiga de Thereza de Orleans e Bragança, que morreu nesse sábado (27/06), comenta: "A grande dúvida social era saber quem era a mais elegante"». iG. Consultado em 12 de agosto de 2022 
  18. 18,0 18,1 «Major João Maria de Orléans Bragança e Dobrzensky de Dobrzenicz, Principe de Orléans e Bragança». The Peerage. Consultado em 12 de agosto de 2022 
  19. «Thereza de Orleans e Bragança morre no Rio». G1. 27 de junho de 2020. Consultado em 12 de agosto de 2022 
  20. «Morre príncipe D. João de Orleans e Bragança». Perfil News - Notícias de Três Lagoas e região. 27 de junho de 2005. Consultado em 12 de agosto de 2022 
  21. «Morre, aos 93 anos, Thereza de Orleans e Bragança, ícone da elegância carioca». O Globo. 27 de junho de 2020. Consultado em 10 de agosto de 2022 



Outros artigos dos temas Biografias E MulheresLêda Boechat Rodrigues, Carla Prata, Isabel do Brasil, Flávia Joana Brito, Gisela de Aragão Umbuzeiro, Mônica Calazans, Sueli Chan Ferreira

Outros artigos dos temas Biografias E Minas GeraisChico Xavier, Reis (futebolista), Rodrigo Muniz Carvalho, Nardyello Rocha, Sérgio Santos Rodrigues, Mc_Didizin, André Luís da Costa Alfredo

Outros artigos dos temas Biografias E BrasilArmando Percival, Queiroz (futebolista), Gabriel José Ferreira Mesquita, Wrias Moura, Café Filho, Valeska Zanello, Iury Lírio Freitas de Castilho

Outros artigos dos temas Mulheres E BrasilZoo (cantora), Isabel do Brasil, Camilla Rocha, Marjorie Estiano, Sienna Belle, Daniela Abravanel, Joelma

Outros artigos dos temas Minas Gerais E BrasilCâmara Municipal de Ipatinga, Pelé, TV Montes Claros (Montes Claros), Márcio Seixas, Chico Xavier, Taquaral de Minas, Kartódromo Internacional de Betim

Outros artigos do tema Biografias : Jonas Henrique Pessalli, Pabllo Vittar, José Clébson de Lima, Andreas Lienkamp, Garrincha, Simon Cruz, Advogados da Bahia

Outros artigos do tema Mulheres : Glória Maria, Moa Sandberg, Laura Pausini, Mônica Calazans, Yaprak Özdemiroğlu, Lêda Boechat Rodrigues, Isabel II do Reino Unido

Outros artigos do tema Minas Gerais : André Luís da Costa Alfredo, Brasão de Bocaiuva, Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas do Sul de Minas, Joaquim Ferreira da Silva Chaves, Pouso Alegre, Capela do Souza, Jair Antônio da Silva

Outros artigos do tema Brasil : TV Verdes Campos Sat, Desportos radicais do Brasil, TV Brasil 2, Relações entre Brasil e Japão, Dirceu Aparecido Longhi, Universidades federais do Brasil, Laboratório de Teoria Social, Filosofia e Psicanálise


Erro Lua em Módulo:Controle_de_autoridade na linha 131: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).Erro Lua em Módulo:Taxonbar na linha 147: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).Erro Lua em Módulo:Medbar na linha 131: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).


Este artigo "Tereza Souza Campos" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Tereza Souza Campos.



Read or create/edit this page in another language[editar]