Thiago Marín

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki
Thiago Marín
Informações pessoais
Nome completo Thiago Marín Martir
Data de nasc. 3 de novembro de 1984 (37 anos)
Local de nasc. Itaquera, (SP),  Brasil
Nacionalidade brasileira,espanhola
Altura 1,74 m
Canhoto
Apelido Thiaguinho
Informações profissionais
Clube atual Brasil Caldense
Número por anunciar
Posição Meia
Clubes de juventude
2001–2002 Brasil Atlético Paranaense
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2003–2004
2005
2006
2006–2009
2008
2009
2009
2010
2010
2011
2011
2011-2012
2012
2012-2013
2012
2012
2013
2014
2015
2016–
Brasil Atlético Paranaense
Brasil Futebol Portuguesa-PR
Brasil Operário-MS
Brasil Botafogo
Brasil Itumbiara (emp.)
Brasil CFZ-RJ (emp.)
Brasil Anápolis (emp.)
Brasil Londrina
Brasil Uberaba
Brasil Náutico
Brasil Noroeste
Grécia Epanomi
Brasil Uberaba
Brasil Araxá
Brasil Marcílio Dias (emp.)
Bahrein Al-Muharraq (emp.)
Brasil Vila Nova
Brasil Guarani
Brasil Nacional-AM
Brasil Caldense
0011 0000(0)
00? 0000(?)
00? 0000(?)
0023 0000(0)
00? 0000(?)
00? 0000(?)
00? 0000(?)
00? 0000(?)
004 0000(0)
004 0000(0)
008 0000(1)
008 0000(1)
009 0000(2)
0015 0000(8)
009 0000(1)
000 0000(0)
0033 0000(24)
0010 0000(3)
0015 0000(0)
000 00000


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 2015.

Thiago Marín Martir, mais conhecido como Thiago Marín ou Thiaguinho (Itaquera, São Paulo, 3 de novembro de 1984), é um futebolista brasileiro naturalizado espanhol que atua como meia. Atualmente, joga pelo Caldense.[1]

Carreira[editar]

Thiago Marín foi revelado nas divisões de base do Atlético Paranaense, mas viu a oportunidade de ser profissional atuando pelo Portuguesa Londrinense-PR em 2005. Em 2006, atuou pelo Operário, do Mato Grosso do Sul. Realizou contra o Botafogo duas partidas válidas pela Copa do Brasil, logo, chamou a atenção dos dirigentes do clube carioca e foi contratado.

No Botafogo, o jogador nunca se firmou e, ao final de 2007, foi emprestado ao Itumbiara de Goiás, onde foi campeão estadual de 2008.

Integrou o Botafogo B em junho de 2008, que disputou amistosos e o torneio OBI Cup na Suíça, mas logo foi emprestado ao CFZ. Sem chances e com contrato vigente com o Botafogo, Thiago Marín foi voltou ao futebol goiano por empréstimo ao Anápolis em 2009 e, posteriormente, foi para o Londrina. Foi contratado pelo Uberaba em 2010 para a disputa do campeonato mineiro. Ali obteve destaque, chegando a marcar um gol de bola parada contra o Cruzeiro, desta forma chamando a atenção de alguns clubes para seu futebol, terminando por se transferir para o Náutico, para a disputa da série B do Campeonato Brasileiro . Em 2011 chegou ao Noroeste e depois partiu à Grécia. Em 2012 jogou no Uberaba,no Araxá,no Marcílio Dias e no Al-Muharraq do Bahrein. Em 2013 voltou ao Araxá e foi vendido ao Vila Nova,onde foi destaque marcando 24 gols em 33 jogos,entre eles um gol do meio-de-campo contra o Rio Verde no Goianão 2015,que manteve o time na 1.ª divisão. Em 2014 jogou no Guarani de São Paulo. Atuou em 2015 no Nacional do Amazonas. Em 2016,jogará pela Caldense.

Históricos de lesões[editar]

No final de 2006, sofreu uma grave contusão no tornozelo e ficou afastado do futebol por cinco meses. Em 2007, enquanto realizava um trabalho à parte na academia, sofreu um forte sangramento no nariz e teve que ser levado a um hospital em Botafogo. O treinador Cuca, que participava do treino recreativo no gramado, abandonou a atividade para ficar com o jovem apoiador. Thiago havia passado por uma cirurgia no nariz para correção de um desvio de septo. Por sorte, nada de grave aconteceu.

Botafogo
  • Rio de Janeiro Taça Rio: 2007
Itumbiara
  • Goiás Campeonato Goiano de Futebol: 2008
Uberaba
Araxá
  • Minas Gerais Campeonato Mineiro Módulo II: 2012
Nacional
  • Amazonas Campeonato Amazonense: 2015

Referências

  1. «O Gol» 🔗. ogol.com.br 

Ligações externas[editar]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Este artigo "Thiago Marín" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:Thiago Marín.