Welcome to EverybodyWiki ! Nuvola apps kgpg.png Sign in or create an account to improve, watchlist or create an article like a company page or a bio (yours ?)...

UAB Motors

Fonte: EverybodyWiki Bios & Wiki
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


UAB Motors
Razão social Uab Motors Participações Ltda
Atividade Automóveis
Gênero Sociedade Limitada
Fundação 1999 (21 anos)
Sede Brasil Brasil
Pessoas-chave André Ribeiro e Lincoln da Cunha Pereira Filho
Produtos Veículos
Empresa-mãe Group 1 Automotive, Inc.
Posição no Alexa Erro Lua em package.lua na linha 80: module 'Módulo:Wikidata/i18n/Testes' not found.
Website oficial group1auto.com.br

Erro Lua em Módulo:Categorização_AD_e_AB_de_outras_wikis na linha 173: attempt to index field 'wikibase' (a nil value).

Fundada em 1999[1], originalmente como Penske Ribeiro Comércio e Serviços, a UAB Motors é uma empresa concessionária de veículos automotivos leves e comercializa veículos novos e usados, peças e serviços.

Em 2013, classificada em 287º lugar entre as 1000 maiores do Brasil[2], foi adquirida pelo Group 1 Automotive (Fortune 500) (NYSE-GPI), o terceiro maior grupo de concessionárias de veículos dos Estados Unidos da América[3][4][5][6].

O foco de atuação da empresa se concentra nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país, com concessionárias espalhadas em 12 diferentes cidades nos estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul.

Origem[editar]

Surgiu em 1999, através da associação entre a United Auto Group, de Roger S. Penske e seu então piloto da Fórmula Indy, André Ribeiro da Cunha Pereira.[1][7]

Inicialmente foram adquiridas as Concessionárias Toyota e General Motors Chevrolet instaladas dentro do Auto Shopping Aricanduva, em São Paulo. Em seguida, receberam autorização para instalação também no mesmo Shopping de uma concessionária de veículos Honda, todas denominadas André Ribeiro.

Em 2004, ingressaram na sociedade novos investidores, incluindo o grupo japonês Mitsui & Co., que passou a participar do capital social em 2007. A UAB expandiu suas operações para 17 concessionárias nos estados de São Paulo e Paraná, adicionando as marcas BMW, Jaguar Land Rover, Renault, Nissan e Peugeot.

Em 2007, UAB protocolou pedido de registro de oferta pública de ações junto à CVM (Comissão de Valores Mobiliários), coordenado pelo Banco Credit Suisse.[8][9]  O processo de abertura de capital foi interrompido em 2008, por não considerarem um momento propício, em função da crise financeira que atingiu os mercados globais.[10]

Em 2012, a UAB Motors era formada por 23 concessionárias de várias marcas e uma das maiores vendedoras de veículos leves no mercado brasileiro.

Aquisição pela Group 1[editar]

Em 2013, a UAB Motors foi adquirida integralmente pelo Group 1 Automotive, Inc., empresa norte-americana de capital aberto, listada na Bolsa de New York (NYSE-GPI) e, na época, o quarto maior grupo de concessionárias dos Estados Unidos, por aproximadamente US$146 milhões de dólares e 1,45 milhões de ações ordinárias do Group 1 Automotive.[3][4][5][6][11] A operação da UAB esperava gerar US$ 650 milhões de receita anual para o Group 1 naquele ano.

Atualmente, o Group 1 Automotive, Fortune 500, ocupa o cargo de terceiro maior grupo de concessionárias de veículos leves dos Estados Unidos da América. Possui operações também no Reino Unido.

Marcas[editar]

  • Toyota
  • Mercedes Benz
  • Nissan
  • BMW
  • BMW Motorrad
  • MINI
  • Renault
  • Peugeot
  • Jaguar
  • Land Rover

Parceria com Harvard[editar]

O Grupo UAB Motors, em 2016, consolidou uma parceria com a Harvard Business School[12][13] com o objetivo de investir em qualificação e olhar estratégico sobre o negócio em troca de experiência de mercado para os estudantes. Se tornou um dos 156 Parceiros Globais de Campo da Harvard Business School, espalhados em 13 países ao redor do mundo.

Referências

  1. 1,0 1,1 «G1 Economia e Negócios - Tempo Participações, da GP, e rede de concessionárias UAB». g1.globo.com. G1 Economia e Negócios. 24 de outubro de 2007. Consultado em 14 de agosto de 2018 
  2. «Valor Econômico». www.valor.com.br. Consultado em 16 de janeiro de 2019 
  3. 3,0 3,1 Da Redação (25 de janeiro de 2013). «Group 1 compra brasileira UAB Motors por US$146 mi | EXAME». exame.abril.com.br. Consultado em 14 de agosto de 2018 
  4. 4,0 4,1 Siddiqui, Zeba (25 de janeiro de 2013). «Group 1 compra brasileira UAB Motors por US$146 mi». Group 1 compra brasileira UAB Motors por US$146 mi 
  5. 5,0 5,1 Editorial, Reuters (25 de janeiro de 2013). «REFILE-Group 1 Automotive rolls into Brazil with UAB Motors buy». U.S. (em English) 
  6. 6,0 6,1 O Estado de S.Paulo (26 de janeiro de 2013). «Grupo americano compra rede de revendas no Brasil - Economia - Estadão». O Estado de S.Paulo 
  7. «Company Overview of UAB Motors Participacoes S.A.». www.bloomberg.com. Consultado em 14 de agosto de 2018 
  8. «PressReader.com - Connecting People Through News». www.pressreader.com. Consultado em 14 de agosto de 2018 
  9. Valor Online (24 de outubro de 2007). «Tempo Participações, da GP, e rede de concessionárias UAB vão à Bovespa - 24/10/2007 - Valor Online». economia.uol.com.br. Valor Online - UOL Economia. Consultado em 14 de agosto de 2018 
  10. Estado, Agência (12 de dezembro de 2008). «CVM: LocarAlpha interrompe pedido de IPO; 42 cias desistiram no ano - Home - iG». Economia 
  11. «Group 1 compra brasileira UAB Motors por US$146 mi». Reuters. 25 de janeiro de 2013 
  12. «Grupo UAB Motors é Parceiro Global de Campo da Harvard Business School - Willy Schumann». www.tribunapr.com.br. Consultado em 14 de agosto de 2018 
  13. «Harvard's grand experiment: Send 900 biz students abroad». Fortune (em English) 

Ligações externas[editar]


Ícone de esboço Este sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Este artigo "UAB Motors" é da wikipedia The list of its authors can be seen in its historical and/or the page Edithistory:UAB Motors.



Compte Twitter EverybodyWiki Follow us on https://twitter.com/EverybodyWiki !